Rússia destrói Depósito de Armas ucraniano na Maior Explosão de toda a Guerra

Rússia destrói depósito de armas ucraniano, esta é provavelmente a maior explosão de toda a guerra ucraniana levando a especulações de graves consequências para o lado da Ucrânia. Moscou diz que suas forças destruíram um grande depósito de munições na cidade de Khmelnytskyi, no oeste da Ucrânia. “Um depósito de munição da AFU [Forças Armadas da Ucrânia] foi destruído perto de Khmelnytskyi”, afirmou o Ministério da Defesa da Rússia em seu briefing diário de 14 de maio.

Rússia destrói Depósito de Armas ucraniano, esta é a Maior Explosão de toda a guerra

Fonte: The Epoch Times

O Ministério da Energia da Ucrânia confirmou que uma “enorme” barragem de mísseis da Rússia danificou uma instalação de energia na cidade na madrugada de 13 de maio. Segundo o ministério, o fornecimento de energia local não foi afetado pelos mísseis.

A administração militar local da cidade também relatou que vários drones tinham como alvo a “infraestrutura crítica”. O prefeito de Khmelnytskyi, Oleksandr Symchyshyn, disse que escolas, prédios residenciais e instalações industriais foram danificados no que ele descreveu como um “ataque terrorista”.

Falando no aplicativo de mensagens Telegram, Symchyshyn afirmou que os ataques russos deixaram vários residentes civis feridos.

No mesmo dia, uma barragem de mísseis russos destruiu uma instalação de armazenamento na cidade ucraniana de Ternopil , localizada a oeste de Khmelnytskyi .

Preocupações com “Chuva Radioativa”

Após o ataque em Khmelnytskyi, imagens de vídeo começaram a circular em contas de mídia social russas que supostamente mostram imagens de CCTV da explosão. A filmagem mostra uma instalação – cuja natureza não é clara – sendo abalada por uma gigantesca explosão, enviando uma enorme bola de fogo para o céu .

Esta é provavelmente a maior explosão de toda a guerra ucraniana. O depósito de Khmelnytskyi deve ter uma enorme quantidade de combustível/munição para ter várias grandes explosões recorrentes

O Epoch Times não pôde verificar a autenticidade da filmagem ou se a mesma retratava o recente ataque russo em Khmelnytskyi.

No entanto, o escopo da explosão – e suas consequências ardentes – supostamente gerou especulações on-line de que a instalação destruída abrigava munições fornecidas pelo Ocidente [UK} contendo urânio empobrecido .

Em março, o Reino Unido anunciou planos para fornecer a Kiev projéteis de urânio empobrecido para seus tanques de combate Challenger 2, 14 dos quais já foram enviados para a Ucrânia.

Devido à sua densidade extremamente alta, os projéteis de urânio empobrecido são capazes de penetrar em armaduras pesadas. Mas eles também podem representar riscos à saúde de humanos, animais e ecossistemas dentro e ao redor das áreas de impacto .

Após o anúncio de Londres, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia alertou que os efeitos potenciais de munições contendo urânio empobrecido seriam “impossíveis de controlar”.

O presidente russo, Vladimir Putin, prometeu “responder de acordo” se essas munições forem empregadas no campo de batalha.

De acordo com Intel Slava Z, um agregador de notícias pró-Moscou, espalharam-se rumores nas mídias sociais ucranianas de que a recente e gigantesca explosão em Khmelnytskyi levou à dispersão de partículas de urânio empobrecido.

Em uma postagem no Telegram, afirmou que “já havia relatos” de que os níveis de radiação haviam subido nas proximidades da cidade. O Epoch Times não conseguiu verificar essas afirmações.

A Rússia tem uma vasta rede de inteligência de informantes na Ucrânia. Eles rastreiam todos os principais carregamentos de armas dos [países] membros da OTAN. Nas últimas 2 semanas, bilhões em suprimentos para a ‘contra-ofensiva’ [da Ucrânia] foram destruídos. Os dólares dos contribuintes americanos ardem em chamas.

Aliados prometem mais armas a Kiev

O ataque em Khmelnytskyi coincidiu com uma viagem do presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy a Berlim, onde se encontrou com o chanceler alemão Olaf Scholz. Foi a primeira visita de Zelenskyy à capital alemã desde que a Rússia lançou sua invasão à Ucrânia – Moscou a chama de “operação militar especial” – no início do ano passado.

Pouco antes da chegada do líder ucraniano, a Alemanha revelou um novo pacote de ajuda de US$ 3 bilhões para Kiev — sua maior contribuição até o momento.

Em 15 de maio, Zelenskyy visitou Londres, onde o primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, prometeu fornecer à Ucrânia mísseis adicionais de longo alcance e drones de ataque. Na semana passada, o Reino Unido anunciou que entregou mísseis de cruzeiro Storm Shadow, que possuem um alcance de mais de 150 milhas.

Falando a Sunak, Zelenskyy disse que o conflito em curso de seu país com a Rússia é uma questão de “segurança” para a Ucrânia e “toda a Europa”.

Logo depois, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, acusou o Reino Unido de “bombear armas” na Ucrânia. “Isso não mudará drasticamente o curso da operação militar especial”, disse ele. “Mas isso definitivamente levará a mais destruição.”

De acordo com o gabinete de Sunak, o primeiro-ministro do Reino Unido planeja exortar os outros aliados de Kiev a intensificar o apoio ao esforço de guerra da Ucrânia em uma próxima reunião dos líderes do G-7.


“O indivíduo é deficiente mentalmente [os zumbis], por ficar cara a cara, com uma conspiração tão monstruosa, que nem acredita que ela exista. A mente americana [humana] simplesmente não se deu conta do mal que foi introduzido em seu meio. . . Ela rejeita até mesmo a suposição de que as [algumas] criaturas humanas possam adotar uma filosofia, que deve, em última instância, destruir tudo o que é bom, verdadeiro e decente”.  – Diretor do FBI J. Edgar Hoover, em 1956


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.328 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth