Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Rússia inicia produção em massa de ROBÔS DE GUERRA autônomos de alta tecnologia

Em breve, as forças militares russas serão equipadas com robôs de guerra autônomos, capazes de agir de forma independente no campo de batalha, disse o ministro da Defesa, Sergey Shoigu, acrescentando que Moscou lançou a produção em massa dessas máquinas. “Estes não são apenas alguns protótipos experimentais, mas robôs que podem realmente ser mostrados em filmes de ficção científica, já que podem lutar por conta própria”, disse o ministro à emissora russa Zvezda durante o fórum ‘Novo Conhecimento’, na sexta-feira. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Rússia inicia produção em massa de ROBÔS DE GUERRA autônomos de alta tecnologia

Fonte:  Rússia Today

Realizado em várias cidades russas de 20 a 22 de maio, o fórum é uma série de eventos educacionais apresentando os principais especialistas em uma variedade de áreas.

“Um grande esforço” foi feito para desenvolver “as armas do futuro” , disse Shoigu, referindo-se aos robôs de guerra equipados com inteligência artificial (IA). Os bots, que seriam capazes de acessar independentemente uma situação de combate, fazem parte do novo arsenal de última geração em que os militares russos estão atualmente concentrados.

FOTO DO ARQUIVO. © Sputnik / Ministério da Defesa Russo / Vadim Savitsky. Drone Uran-9

Shoigu não citou nenhum sistema de armas específico quando falou sobre os bots. No entanto, a Rússia já revelou uma variedade de máquinas autônomas e semiautônomas, algumas das quais fizeram sua estreia em situação de combate.

Um é o Uran-9, um sistema de armas robóticas multiuso que se parece com um pequeno tanque equipado com uma automática calibre 30 mm, vários lança-chamas e quatro mísseis antitanque teleguiados. Projetado para reconhecimento e suporte de fogo, pode ajudar os soldados em um campo de batalha para minimizar as vítimas potenciais.

Outro modelo da série ‘Uran’ é uma unidade de desminagem autônoma chamada Uran-6. Um robô semelhante a uma escavadeira, pesando até seis toneladas, foi projetado para criar passagens seguras para soldados através de campos minados. Ambas as unidades ‘Uran’ foram usadas com sucesso pelos militares russos durante a campanha anti-terrorista na Síria.

State Department fears Russian underwater nuclear drones could unleash ‘radioactive tsunami’ on US
The Poseidon multipurpose ocean system. A screenshot from a video provided by the Russian Defense Ministry © Sputnik / Russian Defense Ministry

O arsenal marítimo da Rússia está prestes a ser reforçado com drones Poseidon – enormes minissubmarinos robóticos com capacidade nuclear e um reator nuclear em miniatura que é capaz de transportar ogivas nucleares. Os militares tornaram públicos seus primeiros testes do drone subaquático em 2019.

O submarino autônomo pode se aproximar lentamente do território inimigo nas profundezas da água em baixa velocidade. Se detectado, ele pode aumentar muito sua velocidade e ultrapassar seus perseguidores antes de voltar ao modo furtivo. A revelação do Poseidon levou um funcionário do Departamento de Estado dos EUA a expressar suas preocupações sobre sua capacidade potencial de desencadear um “tsunami radioativo” nas costas americanas.

Os robôs não são a única tecnologia de ponta à disposição dos militares russos. De acordo com Shoigu, Moscou também planeja desenvolver armamento a laser. “Isso era apenas ficção há cerca de 20 anos”, disse o ministro, acrescentando que, embora na época as armas a laser fossem material de ficção científica, “agora isso é realidade”.

Embora possamos não ver soldados russos empunhando sabres de luz tão cedo, o exército russo tem uma arma a laser em seu arsenal. ‘Peresvet’, um canhão laser altamente secreto, foi uma das armas reveladas pelo presidente Vladimir Putin em 2018. Pouco se sabe sobre este sistema de armas, mas dizem que é capaz de derrubar aeronaves inimigas e mísseis em aproximação. O exército já recebeu o canhão, confirmou Shoigu, acrescentando que ainda tem um grande potencial para melhorias.

Putin says Russia developing high-tech nuclear & laser weapons, warning ‘provocateurs’ will regret crossing country’s red lines
Peresvet (laser weapon) © Wikipedia; (inset) Vladimir Putin © Sputnik / Mikhail Klimentyev

“Tiramos uma dúzia e meia de sistemas de armas de nosso arsenal e não os estamos mais produzindo”, disse Shoigu.

Apesar do progresso da digitalização da guerra, os soldados ainda são um elemento básico das forças armadas da Rússia, embora estejam se adaptando a uma nova função no campo de batalha, disse o ministro. Ele acrescentou que os requisitos para recrutas em potencial de fato aumentaram em certos campos.

“Gostaríamos de criar uma força reserva de mobilização … de um novo tipo”, disse Shoigu. “Essa reserva precisa ter um bom treinamento e educação” , explicou ele, acrescentando que o exército moderno precisa de “profissionais” e não de “mão de obra”.


Nosso trabalho no Blog é anônimo e não visa lucro, no entanto temos despesas fixas para mantê-lo funcionando e assim continuar a disseminar informação alternativa de fontes confiáveis. Desde modo solicitamos a colaboração mais efetiva de nossos leitores que possam contribuir com doação de qualquer valor ao mesmo tempo que agradecemos a todos que já contribuíram, pois sua ajuda manteve o blog ativo. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 00001756-6 – TIPO: 013 [poupança] e pelo PIX 211.365.990-53 (Caixa). 


“Quando o conhecimento científico e a tecnologia aplicada atingirem um nível crítico de avanço, sem estarem informados por verdades espirituais e guiados pela  autoridade moral , esta civilização planetária deixará de existir [em bases falsas]. Uma vez que certos limites sejam ultrapassados em áreas proibidas de perigosas pesquisas científicas e desenvolvimento tecnológico, o destino da raça humana será abruptamente e para sempre alterado. – Grupo de Pesquisa de Convergência Cósmica (Fonte: HUGE Changes Coming To Planet Earth )


Muito mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

0 resposta

  1. O mundo anda cada vez mais bizarro. Antes eu ficava muito preocupado com o que poderia acontecer com o mundo, como irromper uma guerra ou algo do tipo, hoje em dia eu nem ligo mais pra isso. Kkkkkkkk

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *