browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

The Dulce Book – Base subterrânea Reptilianos e Greys (27)

Posted by on 27/05/2020

O Livro Dulce (THE DULCE BOOK) – A Base subterrânea de Dulce Novo México & A Conexão Draconiana, Reptiliana e Grey: Muitas das informações deste livro são de natureza incrível e, alguns podem até dizer, inacreditável. Decidi NÃO reter QUALQUER informação ou reivindicação sobre o enigma de DULCE e os cenários relacionados, a razão disso é que as anomalias subterrâneas ou terrestres estão sempre lá para quem estiver interessado ou for ousado o suficiente para sondar e investigar.  Eventos UFO freqüentemente aparecem e desaparecem [junto com a evidência] quando o objeto ou objetos partem. Anomalias subterrâneas ou terrestres, por outro lado, não podem e não ‘desaparecem’ à vontade, e por isso elas são muito mais vulneráveis ​​de serem expostas – legítimas ou não.


“Não entregues às feras a tua alma; não te esqueças para sempre da vida dos teus aflitos. Atende a tua aliança; pois os LUGARES TENEBROSOS DA TERRA estão cheios de moradas de crueldade. Oh, não volte envergonhado o oprimido; louvem o teu nome o aflito e o necessitado”.  Salmos 74:19-21


Tradução, edição e imagensThoth3126@protonmail.ch

Base Subterrânea Dulce, Novo México e a Conexão Draconiana, reptiliana e Grey

Fonte:  http://www.thewatcherfiles.com/dulce/chapter27.htm

O Livro Dulce (THE DULCE BOOK

No entanto, ao longo deste volume, ofereci minhas próprias “opiniões” e “perspectivas” baseadas em evidências circunstanciais [dois ou mais relatórios de fontes diferentes que transmitem temas idênticos, e assim por diante].  Essas são, reconhecidamente, minhas próprias opiniões e podem ser recebidas ou descartadas de acordo com as próprias percepções dos leitores em relação à natureza da realidade que o “cerca”. 

Formei essas opiniões com base em minhas próprias percepções dos dados gerais e, como essas são minhas percepções, elas não são infalíveis, mas estão sujeitas a alterações ou revisões com a revelação de novas informações.  O leitor é livre para formar suas próprias conclusões e opiniões com base nos dados acumulados, exatamente como eu fiz. Se você considera as informações que seguem fatos científicos, ficção científica ou talvez um pouco de ambos [“facção científica”, você pode dizer], isso não deve prejudicar o fato de que esses relatórios – que chegaram de centenas de fontes diferentes e foram condensados ​​dentro deste volume – foi feito para uma leitura fascinante, de qualquer maneira que se olhe para ela. Portanto, com isso, não há mais nada para compartilhar no caminho das apresentações, além de dizer … Sente-se e aproveite o passeio! – Branton – outubro de 1996


O LIVRO DULCE – Capítulo 27 – Dulce e os arquivos secretos de um funcionário da inteligência dos EUA – Primeira parte AQUI

As informações a seguir foram divulgadas por Jefferson Souza, um contatado que teve repetidos encontros com os aliens do sistema estelar de Vega na Constelação de Lyra, que, segundo Souza, têm aparência semelhante aos “orientais de pele escura” da Índia. Souza também reivindica contatos com humanos de aparência nórdica de Iumma ou do sistema solar Wolf 424 [o povo ‘Ummo’. O sistema solat Wolf 424 é um sistema estelar binário que compreende duas estrelas anãs vermelhas a uma distância de aproximadamente 14,2 anos-luz do Sol. Ele está localizado na constelação de Virgem , entre as estrelas ε Virginis e ο Virginis ].

Ambas as culturas utilizam uma enorme base da ‘Federação’ localizada dentro de um vasto sistema de cavernas nas profundezas do Vale da Morte – Panamint Mts. na região do Vale da Morte na Califórnia. De fato, vários grupos da Federação utilizam a base de acordo com Souza, que contém áreas inteiras especificamente condicionadas às várias condições gravitacionais, atmosféricas e ambientais necessárias para atender às necessidades dos vários visitantes e dignitários de diferentes raças extraterrestres da Federação.

Os índios Paihute do sudoeste dos EUA afirmam que uma raça grega ou egípcia colonizou primeiro as enormes cavernas dentro do Panamint Mts. milhares de anos atrás [uma fonte afirma que a base foi estabelecida por volta de 2.500 a.C, que é incidentalmente cerca de 600 anos após o início da ascensão da cultura egípcia, mais ou menos nesta época – 3.100 a.C. surge a primeira dinastia egípcia] quando o Vale da Morte fazia parte de um mar interior conectado ao Oceano Pacífico. Quando o mar secou essas pessoas – que foram descritas como vestindo mantos esvoaçantes pendurados sobre o ombro, faixas de cabeça segurando seus longos cabelos escuros e pele bronzeada – por necessidade começaram a desenvolver seu conhecimento e intelecto coletivos e logo depois começou a construir “canoas voadoras prateadas”.

A princípio, essas máquinas [Vimanas?] voadoras possuíam asas, eram relativamente pequenas e voavam com um movimento de imersão e um barulho alto. Com o passar do tempo, as espaçonaves ficaram sem asas, aumentaram de tamanho e voaram cada vez mais suave e silenciosamente. Eventualmente, essas pessoas, os HAV-MUSUVS mudaram sua civilização para cavernas ainda mais profundas, que haviam descoberto mais dentro do subsolo, e começaram a explorar os planetas próximos e, eventualmente, outros sistemas estelares, enquanto sua própria explosão tecnológica começava a refinar todos os aspectos de sua sociedade.

Aparentemente, esses Hav-musuvs tiveram viagens interplanetárias ou interestelares por 3000-4000 anos desde que desenvolveram suas máquinas voadoras. Eles poderiam ter sido um dos muitos “astronautas antigos” terrestres nativos de civilizações que aparentemente colonizaram Lyra e outros sistemas? A história dos Montes Panamints foi relatada por um índio navajo chamado Oga-Make, que por sua vez ouviu de um velho curandeiro Paihute.

E a referência de Souza aos aliens de Vega, que têm aparência semelhante aos índios orientais? Acredito que a ÍNDIA é a chave principal para entender a história perdida de nosso planeta. Os textos védicos antigos falam de navios voadores chamados “vimanas”, bem como da tecnologia nuclear utilizada pelos antigos em conflitos em tempos remotíssimos. O próprio hinduísmo chegou à Índia como resultado da invasão pré-nórdica ‘ariana’ do norte [a região do deserto de Gobi?]. Alguns pesquisadores insistem que os maias e os egípcios eram originalmente navegadores da Índia, possivelmente explicando a semelhança na arquitetura e seus avanços na medicina, astronomia, matemática e assim por diante.

underground-ufo-base-himalayasO etno-arqueólogo suíço Yves Naud também cita textos antigos da Índia que afirmam que os líderes da Índia antiga mais tarde colaboraram com sociedades secretas gregas no desenvolvimento de “navios aéreos”. Então, os “hav-musuvs” podem ter sido representantes de qualquer uma dessas culturas [nórdicos-arianos, hindus orientais, egípcios, maias, gregos] ou uma combinação dessas antigas culturas. No entanto, uma coisa é certa: apenas uma porção MUITO PEQUENA da verdadeira história do planeta Terra, até a presente data, pode ser encontrada nos manuais históricos padrão determinadas como verdadeira pelo “establishment” da academia.

Jefferson Souza afirma que as seguintes revelações são de anotações pessoais e diários científicos de um cientista que foi contratado pelo governo dos EUA por um período de vários anos para visitar todos os locais de acidentes de espaçonaves aliens, interrogar os seres Alienígenas capturados e analisar todos os dados coletados desse empreendimento. Mais tarde, descobriu-se que essa pessoa mantinha anotações pessoais sobre suas descobertas e, portanto, estava programada para ser “terminado” [não apenas “término de trabalho”!] … … da qual escapou por pouco. Após 33 anos de investigações, ele se escondeu em 1990:

[O] PROJETO BLUE PLANET: PESQUISA TÉCNICA EXTRATERRESTRE – 25, CAMPO WESTCHESTER; ESCRITÓRIO DE PESQUISA CENTRAL Nº 3 – FORMAS DE VIDA ALIENÍGENA. CÓDIGO: ARAMIS III – ADR3-24SM – SEÇÃO: A BASE DO DULCE. CÓDIGO: JBIII

O material a seguir vem de pessoas que sabem que a base subterrânea de Dulce existe. São pessoas que trabalharam nos laboratórios; abduzidos levados para a base; pessoas que ajudaram na construção; pessoal de inteligência, [NSA, CIA, NHS, DIA, etc.] e alguns pesquisadores específicos de OVNIs. Esta informação é para aqueles que estão seriamente interessados ​​sobre a base Dulce. Para sua própria proteção, informo “Use com Cuidado” ao investigar este complexo. Uma investigação em andamento feita por JB III, [Código: SR24.3B7] …

(Nota: O autor está sem dúvida citando alguns dos escritos de um pesquisador e amigo seu verdadeiro, que esteve no centro das investigações de Dulce e se encontrou com Thomas Castello pessoalmente. JB III seria “Jason Bishop III”, mais conhecido nos meios ufológicos como Tal LeVesque- Branton) 

DE QUEM É ESTE PLANETA? – Esses estrangeiros específicos [greys, reptilianos] se consideram terráqueos nativos. Eles são uma raça antiga, descendentes de uma espécie humanóide reptiliana … Eles são agentes mercenários manipuladores não confiáveis ​​de outra cultura extraterrestre, os reptilianos Draco Royal White (da estrela Thuban, alfa da Constelação de Draco-Dragão) que estão retornando à Terra – que era seu antigo posto antes do surgimento do homem original. Uni-Terrestrials – para usar a Terra como uma área de preparação, o que não é nada fácil, porque faz com que todas as outras 170 espécies diferentes de alienígenas desejem sua parte nos segredos de Meta-gene (Nota: Estes 170 são na maioria dos casos, várias subespécies das espécies de raiz humanóide e reptilianos, embora várias outras espécies multidimensionais também estejam visitando a Terra, como os ‘ Insectóides, etc.

Isso também inclui várias espécies humanóides e reptilóides, que são produtos da integração genética com várias formas de vida bizarras de ‘animais’. O meta-gene é um gene consanguíneo dentro dos seres humanos na Terra, resultante da mistura de várias culturas no mundo “mãe” ou “gênese”, uma anomalia genética que pode produzir características e habilidades extraordinárias nos indivíduos, permitindo-lhes realizar o que ser considerado por muitos ETs como feitos extraordinários físicos e psíquicos. – Branton). Mas, essas culturas alienígenas estão em conflito sobre de QUEM será a agenda para este planeta. Todo o tempo o controle mental de nossa humanidade está sendo usado para manter os seres humanos sob controle, artificialmente, é claro, com início desde os anos 1940. O complexo de Dulce é uma base conjunta do governo dos EUA e de alienígenas (Greys e reptilianos). Não foi a primeira construído com os alienígenas, e outras estão localizados no Colorado, Nevada, Arizona, Alasca, etc …

A Represa Navajo é uma fonte principal de energia elétrica convencional, com a segunda fonte em ELVADA [que também é uma entrada subterrânea da base de Dulce]. NOTA: Se a empresa (do Complexo Industrial Militar) RAND Corporation é a mãe de “Think Tanks”, a “Fundação Ford” deve ser considerada o Pai. O sigilo da Rand não se limita a relatórios, mas ocasionalmente se estende a conferências e reuniões. Na página nº 645 do Projeto Rand, processo do Simpósio de Construção Subterrânea Profunda de março de 1959, lemos:

“Assim como aviões, navios e automóveis deram ao homem o domínio da superfície da Terra, as máquinas de perfuração de túneis lhe darão “acesso ao mundo subterrâneo.”

NOTA: A edição de setembro de 1983 da OMNI, página 80, tem um desenho colorido de “The Subterrene”, a máquina de túneis nucleares de Los Alamos, que explode na rocha, no subsolo profundo, aquecendo qualquer pedra encontrada em seu caminho transformando-a em rocha derretida [Magma ], que resfria depois que a máquina subterrene se move à frente. O resultado é um túnel com revestimento liso e vitrificado. Esses tubos subterrâneos são usados ​​por veículos sub-shuttle eletromagnéticos, que podem viajar em grandes velocidades. Eles conectam os chamados complexos de sub-cidades “Hidden Empire”. Além disso, o projeto ultrassecreto com o codinome “NOAH’S ARK” usava os ônibus espaciais em conexão com um sistema de mais de cem [100] bunkers e “orifícios para parafusos”, que foram estabelecidas em vários lugares da Terra (inclusive abaixo de quase todas as bases militares e muitos aeroportos da América do Norte. – Branton). Eles construíram o mesmo tipo de túnel subterrâneo nas bases ultra secretas existentes na Lua e em Marte. Muitas dessas cidades subterrâneas são completas com ruas, calçadas, lagos, pequenos carros elétricos, prédios, escritórios e shopping centers …

Seções profundas do complexo [Dulce] se conectam a sistemas de cavernas naturais. Uma pessoa que trabalhou na Base [CR-24 / ZM 35-Arquivo IV], que tinha uma autorização “Ultra 7-B”, informa o seguinte:

“Pode haver mais de sete níveis, mas eu só conheço sete. A maioria dos alienígenas está nos níveis 5, 6 e 7. A habitação alienígena está no nível cinco [5].”

SISTEMA DE TRANSPORTE SUBSHUTTLE SUBTERRÂNEO TRANSAMERICANO [TAUSS]:

PESQUISA ABERTA E SECRETA EM DULCE – Como o secretário de Energia dos EUA, John Herrington nomeou o Laboratório Lawrence Berkeley e o Laboratório Nacional Los Alamos do Novo México para abrigar novos centros avançados de pesquisa genética como parte de um projeto para decifrar o genoma humano. O Genoma contém as instruções geneticamente codificadas que orientam a transformação de uma única célula, um óvulo fertilizado, em um ser biológico (Nota: O contatado Alex Collier afirma que as espécies reptilianas de Alpha Draconis [Thuban] e Rigel na constelação de Orion, embora envolvidas em projetos de controle mental de curto prazo, também estão interessados ​​em controle genético de longo prazo, que está introduzindo informações genéticas em uma raça conquistada, a fim de manter as gerações seguintes sujeitas à vontade e controle da elite draconiana, sabotando certas forças genéticas (Branton). “O Projeto Genoma Humano [que tem interesse dos alienígenas] pode muito bem ter o maior impacto direto sobre a humanidade de qualquer iniciativa científica diante de nós hoje”, disse David Shirley, diretor do Laboratório de Berkeley.

Disfarçada e secretamente, essa pesquisa vem sendo realizada há décadas, nos laboratórios Dulce. O nível 6 de Dulce é chamado de “Nightmare Hall” [salão dos pesadelos] em particular, e detém os Laboratórios de experimentos Genéticos. Os relatórios dos trabalhadores [CR-24 / ZM 52-Arquivos VII], que viram experimentações genéticas bizarras, são os seguintes:

“Vi seres humanos de pernas múltiplas que parecem meio humanos, meio polvos. Também humanos répteis e criaturas peludas que têm mãos como seres humanos e choram como um bebê, imitam palavras humanas e também uma enorme mistura de lagartos [e vi] seres humanos em gaiolas “.

Existem peixes, focas, pássaros e ratos que mal podem ser considerados essas espécies. Existem várias gaiolas e cubas de humanoides alados, criaturas grotescas semelhantes a morcegos com cerca de um metro e meio a sete pés de altura. Seres do tipo gárgula e Draco-Reptilianos. O nível 7 (acessado apenas por aliens) é o pior, fila após fila de vários humanos e humanoides [centenas, talvez milhares] em armazenamento refrigerado. Aqui também estão as cubas de armazenamento de embriões e humanoides, em vários estágios de desenvolvimento …

NOTAS:

1 – Os seqüestros e abduções de seres humanos e a mutilação de animais, para obter sangue e outras partes (especialmente de glândulas), diminuíram em meados dos anos 80, quando os Laboratórios Livermore Berkeley começaram a produção de sangue artificial para Dulce e demais complexos subterrâneos semelhantes.

2: Sobre o confronto, Humano e Alienígena em Dulce, oitenta e duas [82] pessoas foram mortas entre cientistas e o National Recon Group (aparentemente 66 de forças especiais e 16 cientistas !? – Branton), o DELTA FORCE, que é responsável para segurança de todos os projetos conectados aos Aliens. Além disso, houve centenas de outras pessoas feridas e cento e trinta e dois [132] extraterrestres mortos …

A instalação de Dulce é o local mais conhecido em que essa atividade [de interação conjunta alien-humana] ocorre, embora existam pelo menos outras vinte e seis [26] bases subterrâneas nos Estados Unidos que possuem instalações semelhantes …

No livro “The Armstrong report: “Ets & UFO’s – they need us, we don’t need them“, de Virgil Armstrong, ele relata como seus amigos Bob e Sharon pararam para passar a noite em Dulce e saíram para jantar, eles sobrecarregam alguns moradores locais de maneira aberta e com voz discutindo seqüestros extraterrestres das pessoas da cidade para fins de experimentação. Os ETs estavam pegando porquinhos-da-índia humanos sem vontade da população geral de Dulce e implantando dispositivos [implantes] em suas cabeças e corpos. As pessoas da cidade ficaram assustadas e com raiva, mas não acharam que tivessem qualquer recurso, pois os ETs tinham o conhecimento e a aprovação do nosso governo [CÓDIGO: SR-24 / AK.5] …

Vários moradores de Dulce não são naturalmente desta área, pessoas solteiras e até casais com filhos acabam de chegar à cidade de Dulce desde 1948. Gerações de agentes congelados ocupados em posições suspeitas … trabalham em um posto de gasolina, farmácia, bar, Eles estão lá para ouvir e denunciar qualquer coisa que viole seu limite de segurança. Sempre na cidade de Dulce, você nunca sabe quem é quem! …

Cubas de desenvolvimento de embriões/engenharia genética nos subterrâneos da Base Dulce.

A Base Dulce é administrada por um Conselho: O Presidente do Conselho é John Herrington; Jim Baker, do Tennessee, é o link da NSA / CIA para Dulce; O orador da casa, Jim Wright, de Dallas Texas, o terceiro mais alto cargo da Nação, é o tesoureiro de Dulce. Atualmente, há uma luta pelo poder, como o deputado William Thomas, da Califórnia, afirmou: “Parte do problema de Jim Wright é que ele não consegue entender o que é eqüitativo e justo. É a arrogância do poder”. Mesmo entre seus colegas democratas, muitos acham Wright desconfortável, o estilo operacional de Wright o deixa vulnerável.

A maioria das reuniões dos Conselheiros de Dulce é realizada em Denver, Colorado e Taos, no Novo México. O ex-senador do Novo México Harrison Schmitt – conhecido publicamente como “Último Homem da Lua” – tem pleno conhecimento de Dulce. Ele foi um dos sete astronautas a visitar a base. Em 1979, ele realizou uma conferência sobre “Mutilação Animal” em Albuquerque, Novo México. Isso foi usado para localizar pesquisadores e determinar o que eles haviam aprendido sobre os vínculos entre as operações ‘Mute’ e os acordos de Alien / Governo.

O senador Brian de Nevada conhece os “Ultra Secrets at Dreamland [Área-51]” e Dulce. O mesmo acontece com muitos outros no governo: “Isto é o que os pesquisadores de OVNIs estão enfrentando”, ASSIM CUIDADO! Eles matam para manter essas informações em segredo e, lendo este documento, agora você sabe mais do que eles querem! … Afinal, um grupo fascista, dentro deste país, assassinou John F. Kennedy e seu irmão Robert Kennedy e se safaram. Olhe para os links dentro de um guarda-chuva maior, a ‘Teia’ de um Estado fascista totalitário da Polícia Secreta, dentro do Pentágono; JCS; DIA; Divisão Cinco do FBI; DISC / DIS e CIA.

Outras informações contidas no manuscrito BLUE PLANET PROJECT incluem informações sobre vários projetos secretos do governo, incluindo o seguinte:

  • OS PROJETOS ‘MAJI’ [Majestic Agency for Joint Intelligence]:
  • SIGMA – Projeto inicial envolvido com tentativas de estabelecer comunicação com inteligência alienígena.
  • PLATO – Responsável por estabelecer relações diplomáticas com os extraterrestres. Este projeto garantiu um tratado formal, ilegal sob a Constituição dos EUA, com os alienígenas Greys do planeta SERPO, que orbita o sistema estelar de sóis duplos Zeta Reticulum 1 e 2.
  • Serpo -Zeta Reticuli: Programa secreto de Intercâmbio EUA-ETs
  • Serpo -Zeta Reticuli-01-Programa secreto de Intercâmbio EUA-ETs
  • SERPO -Zeta Reticuli-2, 3 e 4- Programa de Intercambio EUA-ETs
  • AQUÁRIO – Preocupado em investigar a história da presença alienígena na Terra e interação com seres humanos. Uma conseqüência deste projeto é um enorme documento semelhante ao Tesauro, chamado LIVRO AMARELO, descrevendo as raças alienígenas, sua história em relação à humanidade e suas tecnologias. (Alguns acreditam que o LIVRO AMARELO está cheio de propaganda alienígena destinada a tornar agentes governamentais vulneráveis ​​à manipulação psicológica alienígena … por exemplo, isso incluiria o engano de que a humanidade é uma criação genética colocada neste planeta pelos reptilianos e assim por diante. .. e os possíveis resultados de tal propaganda, por exemplo: que, como eles são nossos ‘criadores’, não temos absolutamente nenhuma defesa contra eles e que podemos tentar negociar com eles e tentar apaziguar nossos ‘ criadores, dando-lhes o que eles quiserem. – Branton)
  • GARNET – Um projeto responsável pelo controle de todas as informações e documentos sobre os assuntos Alien e a prestação de contas de suas informações e documentos.
  • PLUTO – Um projeto responsável por avaliar todas as informações de OVNIs e IAC [Identified Alien Craft] pertencentes à tecnologia espacial.
  • POUNCE – Um projeto que foi formado para recuperar todas as naves e alienígenas abatidos e / ou acidentados e fornecer histórias de cobertura e operações para mascarar os verdadeiros empreendimentos sempre que necessário, ou seja, como histórias para encobrir as atividades “experimentais” de aeronaves, construção e mineração , etc.
  • NRO – National Reconnaissance Office, com sede em Fort Carson, Colorado. Responsável via DELTA FORCES pela segurança em todos os projetos de naves alienígenas ou alienígenas e em projetos de bases subterrâneas.
  • DELTA FORCE – O braço especial da NRO que é especialmente treinado e encarregado da SEGURANÇA de todos os projetos da MAJIC [a MAJI ou a MAJIC supervisionam o MAJESTIC-12]. Também codinome “MEN IN BLACK-MIB”, as Forças Delta são treinadas para fornecer projetos com tarefas Alien e segurança básica da LUNA, uma base na Lua.
  • BLUE TEAM – O primeiro projeto responsável pela reação e / ou recuperação de naves alienígenas abatidas e / ou acidentadas e / ou alienígenas. Este foi um projeto do Comando de Material da Força Aérea dos EUA. Também é sinônimo de projetos de colapso / recuperação da equipe ALPHA.
  • SIGN – O segundo projeto responsável por coletar informações e determinar se a presença de alienígenas constituía uma ameaça à segurança nacional dos EUA. O SIGN absorveu os projetos BLUE TEAM. Este foi um projeto conjunto da Força Aérea dos EUA e da CIA.
  • REDLIGHT – O projeto que envolve o vôo de teste e a engenharia reversa de naves alienígenas recuperadas na AREA 51 – Groom Lake – Dreamland, Nevada. Avistamentos de OVNIs de embarcações acompanhados por helicópteros negros sem identificação são ativos do projeto Redlight.
  • SNOWBIRD – Estabelecido como cobertura para o projeto Redlight. Este projeto é ativado de tempos em tempos quando é necessário fornecer matérias de cobertura para operações Redlight, etc., liberando ao público informações sobre aeronaves militares convencionais avançadas que são usadas para explicar avistamentos de OVNIs ‘inexplicáveis’.
  • PROJETO BLUE BOOK – Um projeto de coleta e desinformação da Força Aérea dos EUA, UFO e Alien Intelligence. Este projeto foi encerrado e suas informações e obrigações coletadas foram absorvidas pelo Projeto AQUARIUS. Um relatório classificado chamado “GRUDGE / BLUE BOOK, RELATÓRIO No. 13” é a única informação significativa derivada do projeto e, além das informações de fontes de segunda mão, não está disponível ao público. Os relatórios nº 1-12 e nº 14 estão disponíveis ao público. O Relatório Rancor / Livro Azul nº 13 menciona que muitos funcionários militares do governo e CIVIS foram “demitidos” [eliminados, assassinados sem o devido processo legal] quando tentaram revelar a interação alienígena com o governo SECRETO.

PROJETO BLUE BOOK: Entrevista com um Alienígena GREY… vindo do FUTURO DA TERRA ! :

ALGUMAS ARMAS SECRETAS DESENVOLVIDAS CONTRA OS EXTRATERRESTRES  INCLUEM:

GABRIEL – Um projeto para desenvolver armas geradoras de som pulsado de alta frequência que seriam eficazes contra embarcações alienígenas e armas de raios. O projeto também envolve o trabalho com emissão de microondas de alta frequência.

JOSHUA – O desenvolvimento de armas geradoras de som pulsado de baixa frequência. Esta arma foi desenvolvida e montada na Ling-Temco-Vought, em Anaheim, Califórnia. Foi descrito como sendo capaz de nivelar totalmente qualquer estrutura feita pelo homem a uma distância de duas milhas. Foi testado no White Sands Proving Grounds, no Novo México e desenvolvida entre 1975 e 1978. É um longo dispositivo em forma de chifre conectado a um computador e amplificadores. O projeto também envolve baixa frequência e projeção de microondas.

EXCALIBUR – Esta é uma arma projetada para destruir bases subterrâneas alienígenas [desenvolvidas e financiadas principalmente por agências de inteligência ligadas aos projetos da Marinha e da SDI [Strategic Defense Initiative] dos EUA que rejeitaram qualquer interação adicional com os Greys depois que eles se voltaram contra ‘nós’ durante o massacre de Groom Lake (Área-51) e as guerras de Dulce. Alguns elementos patrióticos do MJ12 e do MIC – Complexo Industrial Militar apoiam essa agenda de resistência, enquanto outros elementos ligados aos “imperialistas corporativos” da comunidade financeira internacional apoiam a colaboração contínua com o objetivo de adquirir mais tecnologia de controle mental para implantar sua ‘Nova Ordem Mundial’]. O Excalibur é um míssil capaz de penetrar cerca de 1.000 metros de solo compactado com Tufa / Duro, como o encontrado no Novo México, sem danos operacionais resultantes. O apogeu do míssil não deve exceder 30.000 pés (9 mil metros) acima do nível do solo [AGL] e o impacto não deve se desviar acima de 50 metros do alvo designado. O dispositivo carrega uma ogiva nuclear de um a dez megaton. O segredo para uma “broca” de míssil autônoma [um eixo vertical com mais de 1.000 metros de profundidade] consiste em um defletor de micro-ondas com sintetizador de energia na ogiva (“Missile Warhead”).

O MAJIC tem cinco outras armas principais a serem usadas contra os alienígenas, embora poucas ou nenhuma informação sobre elas esteja disponível. Também a partir do mesmo relatório, encontramos várias informações sobre as várias formas diferentes de alienígenas reptilianos.

De sangue frio como todos os répteis, o reptiliano floresce em um clima quente e tropical [normalmente artificial … grandes e úmidas cavernas]. Com a respiração imperfeita fornecendo oxigênio suficiente para oxigenar tecidos e manter o processamento de alimentos e combustão interna, sua temperatura pode ser elevada apenas alguns graus acima do ambiente [isso sugere que armas de ‘calor’, como lança-chamas etc. ser quase imediatamente eficaz e fatal para esta espécie em condições de batalha]. O sistema reprodutivo é ovoniparous, com ovos chocando no oviduto antes do nascimento. O Reptiliano subdesenvolvido [para atividades mais rápidas, atividades físicas] cerebelo resulta em uma capacidade de movimento mais lenta. O olho reptiliano é composto por milhares de facetas microscópicas, cada faceta com sua própria tampa protetora independente. O olho quase nunca é fechado completamente durante o horário de vigília; ao contrário, seções do órgão são fechadas em conjunto com a fonte de luz dominante. Os reptilianos sobreviveram e vivem ‘escondidos’ dentro da Terra em cidades subterrâneas construídas em Grandes sistemas de Cavernas Subterrâneas naturais. Sobre essas cidades subterrâneas dos reptilianos acesse os LINKS indicados a seguir:

(Nota: as tentativas atuais de criar uma raça genética híbrida de répteis-insetoides, como as espécies geneticamente mutantes que existem em Bellatrix, na Constelação de Orion, é o resultado do desejo dos reptilianos de aumentar sua vida útil? – Branton)

A retina insetóide é composta inteiramente de hastes sensíveis ao som e é incapaz de discriminação entre diferentes comprimentos de onda da luz. Portanto, a adição de ‘cor’ à visão dos insetoides é realizada pelas antenas duplas que, além de serem receptores auditivos, são constituídas por uma complexa rede de cones sensíveis ao comprimento de onda daluz. Devido à natureza altamente direcional da antena, a coroa da visão é percebida pelo sujeito nos tons de cinza. Devido a essa correlação de quatro órgãos receptores de luz independentes, a visão insetoide pode ser corretamente denominada ‘Quadroscópica’, resultando em uma percepção de profundidade relativamente superior.

As capacidades auditivas insetoides são altamente desenvolvidas, e os insetoides são capazes de distinguir entre uma gama mais ampla de frequências de áudio do que é normal para os humanóides. Por causa das antenas mono-direcionais, os insetoides (a maioria dos quais foram observados na forma de entidades gigantes do tipo louva-a-deus, gafanhotos ou gafanhotos – Branton) geralmente ouvem com a cabeça inclinada levemente para baixo. Eles também têm um exoesqueleto limitado.

Mais raças alienígenas mencionadas no relatório secreto:

  1. Tipo A: Rigel (Constelação de Órion) Greys
  2. Tipo B: Zeta-Retículum 1: Greys
  3. Tipo C: Zeta-Retículum 2: Greys
  4. Tipo D: Aglomerado estelar das Plêiades: Nórdico (Tall Whites)
  5. Tipo E: Bernards Star: Oranges

Informações sobre os rigelianos Greys/reptilianos e suas bases:

LUNA-1 é a base rigeliana (seres de Rigel [Órion]) no lado oculto da lua. Inclui uma base, uma operação de mineração usando máquinas muito grandes e embarcações alienígenas ou naves mães muito grandes. WAVENEST é uma base rigeliana no Oceano Atlântico e inclui uma base alienígena subaquática, mineração e grandes espaçonaves em forma de charuto.

Rigelianos fez e manteve contatos com certos membros do COMPLEXO INDUSTRIAL MILITAR-  de 1947 a 1971 … O ‘governo’ pensava que os Greys não significavam nenhum dano para nós, mas em 1982 e 1988 o quadro surgiu e foi constatado exatamente o oposto. A história agora é de grande decepção em vários níveis. A manipulação e a mentira ao estilo dos Cavalos de Tróia dos Greys envolveram as Forças MJ-12 / MAJIC (Os acordos atuais com os Greys nos níveis conectados a agência NSA,  o Complexo Industrial-Militar, sugeriram algumas fontes, continuam como resultado do grande nível de infiltração alienígena e controle da mente que existe em certos níveis da Comunidade de Inteligência e infiltrados dentro da estrutura de governo – Branton).

Informações sobre os seres oranges (os laranjas são supostamente humanoides com cabelos ruivos, são robustos e, em alguns casos, podem ter sido geneticamente adulterados e imputadas em vários níveis da genética reptiliana, tornando-as uma raça quase híbrida, embora aparentemente quase ‘humanos’ em muitos casos. Ao contrário dos répteis, porém, eles têm órgãos reprodutivos externos e aparentemente são capazes de se acasalar com outras raças ‘humanoides’. Eles vêm do sistema solar da estrela denominada Barnards Star [é uma estrela/sol  anã vermelha e fica à distância de apenas 6 anos luz longe da Terra na constelação de Ophiuchus. É a quarta estrela conhecida mais próxima ao nosso Sol]. Em certas raras ocasiões, eles foram vistos com pêlos faciais, barbas etc. (Branton):

Encerraremos esta seção citando mais uma parcela do PROJETO BLUE PLANET:

O METAGENE FACTOR: O Metagene é uma variante biológica que permanece adormecida em membros desenvolvidos da raça humana [especialmente no planeta Terra], até que um instante de extraordinário estresse físico e emocional o ativa. (Aparentemente, um “gene” de autopreservação latente capaz de produzir habilidades aparentemente “sobre-humanas” em seres humanos da Terra durante períodos de extremo estresse ou crise aguda. – Branton)

Isso é um termoquímico, em resposta a estímulos adversos. Uma combustão cromossômica ocorre, à medida que o Metagene toma a fonte de bioestimulante, seja química, radioativa ou qualquer outra coisa, e transforma a resposta potencial de energia em um catalisador de alterações genéticas. O foco principal do poder do catalisador é uma glândula no meio do cérebro humano chamada glândula PINEAL, e o nutriente para aumentar a ação da pineal é a adrenalina. O fator Metagene fornece a capacidade do poder psiônico [habilidades psíquicas, para melhor ou para pior].

O principal interesse dos alienígenas, especialmente os greys, é entender e controlar o Metagene para sua própria raça. Eles tentam fazer isso usando experimentos biológicos para produzir híbridos de humanos e alienígenas. Eles acreditam que talvez os homens da Terra sejam as criaturas mais mortíferas do universo. Porque APENAS na Terra as pessoas são aparentemente capazes de gerar o Fator Metageno, que significa habilidade Psiônica Natural, “Poder Real” (Nota: Poder para o bem OU para o mal, você pode dizer. Uma das razões pelas quais os seres humanos na Terra estão sendo controlados / aproveitados como é o caso das forças espaciais nazistas-NSA-Complexo Industrial Militar ou a tecnologia interplanetária avançada DENIED, como no caso daqueles que NÃO foram controlados, é simplesmente porque os alienígenas – especialmente os malévolos – ficam aterrorizados com o fato de que, se uma sociedade humana não coletivista e LIVRE da Terra se firmar no espaço, nós representariamos uma ameaça mortal às suas agendas alienígenas de conquista e manipulação ao longo da galáxia.

É por isso que eles tentam domesticar ou controlar o fator Metagene, como fizeram com as forças nazistas baseadas na Antártida por meio de um controle maciço da mente, para que essas forças possam ser canalizadas como ‘escudos humanos’ ou ‘guerreiros’ para travar suas batalhas no espaço contra culturas interestelares que resistiriam à conquista do coletivo draconiano. DEMANDAMOS do complexo Industrial-Militar que foi construído com nossos dólares de impostos – e que está sendo profundamente influenciado por forças alienígenas / nazistas – que eles CESSEM em vender-nos e compartilhem sua tecnologia interplanetária com o resto de nós, para que, como um todo, possamos acessar as estrelas em vez de apenas um núcleo de ‘elite’ super-rica e controlada pelos alienígenas terem essa capacidade através dos Programas Espaciais secretos. Se nós, como República Constitucional [e o Congresso], assumirmos o controle público de quaisquer projetos espaciais desenvolvidos secretamente que tenham e estejam sendo financiados por nossos dólares fiscais, a política de espaço aberto e a consciência pública em si impedirão que essas forças espaciais se envolvam em ações militares injustificadas contra mundos pacíficos que desafiariam a ética fundamental da Constituição dos EUA, por um lado; ou nos impedirá de nos aliarmos a qualquer força alienígena exploradora e manipuladora, por outro lado. – Branton).

As principais raças do universo são psicologicamente as mesmas. A lógica pura e fria é uma ordem normal para as raças mais importantes. A uniformidade básica contribui para a previsibilidade e a segurança, o inimigo que se conhece, é contra o qual você pode se proteger. Este não é o caso da humanidade [nossos inimigos se escondem são imprevisíveis].

Enquanto a maioria é uniformemente humana, alguns [muitos mais, aparentemente, do que se imaginava] possuem uma tendência latente para a super-humanidade, as Habilidades Psíquicas Naturais. Isso por si só poderia ser perigoso para qualquer ideia de domínio alienígena na Terra.

(Nota: por exemplo, alguns terráqueos têm a capacidade de ‘escanear’ o UPF ou o campo psiônico universal com suas mentes superconscientes, projetando e concentrando seu corpo ‘magnético’ em vários níveis, consciente ou inconscientemente, e qualquer ‘perigo’ subjetivo detectada por esse processo é convertida em consciência via “intuição”. Isso pode ser comparado à “visualização remota” [Remote Viewing], que é simplesmente a capacidade do cérebro humano de “sintonizar-se” e “montar” o Campo Psiônico Universal ou a ‘Linha de Fluxo’ temporal como um receptor de rádio bioquímico que examina as ondas psiônicas do ‘ar’ – e as ondas psiônicas são uma forma de energia tangível que pode ser medida da mesma forma que as ondas de rádio. A Grade eletromagnetica de qualquer planeta e, supostamente, os campos EMG que conectam os planetas e as estrelas em um nível sutil, através de todo o universo servem como uma “rede” de energia na qual as formas pensamentos estão presas e contidas. Os seres humanos são seres multidimensionais e, portanto, têm a capacidade de perceber os vastos ‘reservatórios’ de formas pensamentos dentro dessas grades interestelares em um nível intuitivo, por exemplo, quando estão sonhando.

Durante o estado de sonho, o cérebro opera com uma frequência mais baixa – e o que poderíamos chamar de ondas LONGAS psiônicas são produzidas que podem alcançar e conectar-se com as ondas ‘longas’ de outras pessoas na mesma frequência, ou conectar-se com o próprio campo psiônico e observar a ‘atmosfera psíquica’ residente em qualquer área, através da entrada no reservatório de ‘ formas de pensamento’ existentes. Isso explicaria por que as pessoas costumam ter sonhos “vívidos” perto de áreas de alta energia da rede, simplesmente porque essas áreas tendem a “prender” mais forma pensamentos, resíduo de energia psiônica ou psíquica do que outras áreas. Também formas de vida astrais, humanas ou animais que se tornaram ‘presas’ dentro dessas redes de energia psiônicas ao encontrar zonas EMG poderosas como as que existem na área do Triângulo das Bermudas – tendo essencialmente entrado ou se tornado parte de um “mundo de formas de pensamento”, uma densidade de dimensão em que eventos e objetos são mais ‘fluidos’ do que na terceira dimensão – podem ser contatados, para melhor ou pior, enquanto estão no estado de ‘sonho’. Nem todos os ‘seres’ ou mesmo ‘paisagens de sonhos’ que se encontra dentro do estado de sonho são os produtos exclusivos da própria mente subconsciente. – Branton)

Ao associar a beligerância inerente à humanidade ao fato de afetar o Metagene, cada humano é único e a Terra se torna um campo de desova para uma super raça imprevisível, “se tivermos a chance” para isso. Outros já demonstraram uma consciência do potencial do homem [ao longo] da história humana. Isso ocorre porque os alienígenas estão aqui para tentar controlar os terráqueos antes de dominá-los ABERTAMENTE, e eles querem o nosso segredo mais importante: o METAGENE FACTOR, que é a única esperança dos alienígenas.

– Continua


“A exposição à verdade muda a tua vida, ponto final – seja essa verdade uma revelação sobre a honestidade e integridade pessoal ou se for uma revelação divina que reestrutura o teu lugar no Universo. Por esse motivo é que a maioria das pessoas foge da verdade, em vez de se aproximar dela. (Caroline Myss)”.


“O medo é a emoção predominante das massas que ainda estão presas no turbilhão da negatividade da estrutura de crença da (in)consciência de massa. Medo do futuro, medo da escassez, do governo, das empresas, de outras crenças religiosas, das raças e culturas diferentes, e até mesmo medo da ira divina. Há aversão e medo daqueles que olham, pensam e agem de modo diferente (os que OUVEM e SEGUEM a sua voz interior), e acima de tudo, existe medo de MUDAR e da própria MUDANÇA.” Arcanjo Miguel


Mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.