Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Tucker Carlson muda seu Programa para o Twitter; Musk diz que eles não fecharam acordo

“Estamos de volta” De acordo com o proprietário e CEO do Twitter, Elon Musk, o Twitter e Carlson não assinaram “nenhum tipo de acordo”, o que presumimos significar que Tucker encontrou uma maneira inteligente [e legal] de contornar seu contrato com a Fox , que estipulava que ele deveria ficar fora do ar até 2025 no que diz respeito a trabalhar em outras redes de comunicação.

Tucker Carlson muda seu Programa para o Twitter; Musk diz que eles não fecharam acordo: “Estamos de volta”

Fonte: Zero Hedge

“Recompensas significam assinaturas e divisão de receita de publicidade (ainda trabalhando no software necessário para o último), que é uma função de quantas pessoas se inscrevem e das visualizações de publicidade associadas ao seu conteúdo”, tuitou Musk sobre a iniciativa de Carlson ao usar sua plataforma.

Nesta plataforma, ao contrário da via de mão única da transmissão, as pessoas podem interagir, criticar e refutar tudo o que é dito. E, claro, qualquer coisa enganosa receberá @CommunityNotes . Também quero deixar claro que não assinamos nenhum tipo de acordo. Tucker está sujeito às mesmas regras e recompensas de todos os criadores de conteúdo. Recompensas significa assinaturas e compartilhamento de receita de publicidade (em breve), que é uma função de quantas pessoas se inscrevem e das exibições de publicidade associadas ao conteúdo. Espero que muitos outros, principalmente de esquerda, também optem por ser criadores de conteúdo nesta plataforma”.

Conforme sugerido em um relatório do Sunday Axios , o ex-apresentador da Fox News, Tucker Carlson , anunciou na terça-feira que está mudando seu programa para o Twitter.

Não restam muitas plataformas que permitem a liberdade de expressão. A última grande que resta no mundo é o Twitter“, disse Carlson em um monólogo – no qual ele atirou na Fox, dizendo “Se você esbarrar nos limites [no negócio de -fabricar- notícias] você será demitido por isso.”

“A regra do que você não pode dizer define tudo”, disse ele, acrescentando “Você não pode ter uma sociedade livre se as pessoas não puderem dizer o que acham que é verdade … Não restam muitas plataformas que permitem a liberdade de expressão. O último grande… é o Twitter, onde estamos agora.”

“O Twitter serviu por muito tempo como o lugar onde nossa conversa nacional incuba e se desenvolve”, continuou ele, acrescentando que outras redes são “vias de propaganda mal disfarçadas”.

“Estamos de volta”.

“Você vê isso no noticiário da TV a cabo, você fala sobre isso no Twitter”, disse Carlson. “O resultado pode parecer um debate, mas na verdade os porteiros ainda estão no comando. Achamos que é um sistema ruim. Sabemos exatamente como funciona e estamos cansados ??disso.”

A mudança para o Twitter pode contornar cláusula do contrato da Fox com Carlson, que efetivamente impede o jornalista de mudar de rede até janeiro de 2025. Para trabalhar na disputa contratual, Carlson contratou o poderoso advogado de Hollywood Bryan Freedman, que disse ao Axios:

“A ideia de que alguém vai silenciar Tucker e impedi-lo de falar com seu público está além do absurdo.”

O último programa de Carlson na Fox News foi ao ar no final de abril, após o qual a rede agradeceu a Carlson por seu serviço. Desde então, ele recebeu ofertas de até US$ 100 milhões para mudar para várias redes.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


“O indivíduo é deficiente mentalmente [os zumbis], por ficar cara a cara, com uma conspiração tão monstruosa, que nem acredita que ela exista. A mente americana [humana] simplesmente não se deu conta do mal que foi introduzido em seu meio. . . Ela rejeita até mesmo a suposição de que as [algumas] criaturas humanas possam adotar uma filosofia, que deve, em última instância, destruir tudo o que é bom, verdadeiro e decente”.  – Diretor do FBI J. Edgar Hoover, em 1956


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *