Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Ucranianos começam a se ‘Desesperar’ com o Sangrento Fracasso da Contra-Ofensiva

De acordo com o  Washington Post [sim, eles não tem como esconder mais], muitos cidadãos da Ucrânia estão adotando um humor mais sombrio sobre a guerra com a Rússia, e a unidade nacional está começando a ser afetada e se desgastar. A mudança de sentimento ocorre quando a tão badalada contra-ofensiva de primavera de Kiev não consegue retomar um território significativo, apesar do enorme aumento de baixas e armamentos. 


Ucranianos começam a se ‘Desesperar’ com o Sangrento Fracasso da Contra-Ofensiva

Fonte: LibertarianInstitute.org

“Os ucranianos, que precisam muito de boas notícias, simplesmente não estão recebendo nenhuma” a não ser soldados mortos, feridos e amputados, informou o Washington Post na quinta-feira. 

Um soldado ucraniano, Alla Blyzniuk, entrevistado pela agência, disse: “[antes] as pessoas estavam unidas.” Agora, ele descreveu haver uma sensação de “decepção coletiva”.

A sensação de impotência e desespero é impulsionada pelas baixas maciças na contra-ofensiva de Kiev. Blyzniuk disse que a maioria dos soldados enviados para o front morre em apenas dois ou três dias.

Na semana passada, o Politico informou que Kiev havia  comprometido cerca de 150.000 soldados para lutar  em três frentes na contra ofensiva. No entanto, o Pentágono admite que as forças ucranianas não conseguiram obter nenhum ganho significativo. 

Washington afirma publicamente que forneceu a Kiev tudo o que a Ucrânia precisa para travar uma contra-ofensiva bem-sucedida. No entanto, as autoridades ocidentais  admitiram ao Wall Street Journal  que as forças ucranianas careciam de equipamentos críticos [blindados, artilharia e poder aéreo].

Você sabe que as coisas estão indo mal para a Ucrânia, pois até a [pre$$titute$] CNN tem que admitir que as forças armadas da Ucrânia estão falhando em sua contra-ofensiva”.

“Quando a Ucrânia lançou sua grande contra-ofensiva nesta primavera, as autoridades militares ocidentais sabiam que Kiev não tinha todo o treinamento ou armas – de projéteis a aviões de guerra – necessários para desalojar as forças russas.” O relatório continuou: “Mas eles esperavam que a coragem e a desenvoltura ucranianas vencessem. Eles não o fizeram acontecer.”

Anna Oliinyk, uma soldado ucraniana, disse ao Post que esperava que as perdas valessem o preço… “Temos todos esses caras voltando da linha de frente sem membros”, disse ela. “Quero que o preço que eles pagaram seja razoável. Caso contrário, é inútil o sofrimento que eles passaram“.

O marido de Anna, outro soldado ucraniano que perdeu uma perna, disse ao Post que não se alistaria se pudesse fazer a escolha novamente, acrescentando que Kiev está enviando soldados não treinados para as linhas de frente.

“Eles estão pegando todo mundo e mandando para a linha de frente sem o devido preparo”, disse. “Não quero estar na companhia de pessoas desmotivadas e despreparadas.”


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *