browser icon
You are using an insecure version of your web browser. Please update your browser!
Using an outdated browser makes your computer unsafe. For a safer, faster, more enjoyable user experience, please update your browser today or try a newer browser.

A farsa final da morte de Bin Laden em 01/05/2011…

Posted by on 03/11/2014

A Farsa da captura e morte de Osama Bin Laden no Paquistão em 1º de MAIO DE 2011 !!!

• Os e-mails descrevem como o corpo de Osama bin Laden foi preparado, lavado, enrolado em um lençol branco e jogado ao mar após orações religiosas proferidas em árabe;

• O DoD-Departamento de Defesa dos EUA declara que não pode encontrar imagens ou vídeos do corpo de Bin Laden a bordo do USS Carl Vinson;…

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Fonte: http://www.dailymail.co.uk/

  • … O Pentágono não conseguiu produzir um relatório da autópsia, uma certidão de óbito ou resultados de testes de DNA;
  • As autoridades militares dos EUA se referiram ao corpo de Bin Laden como “o pacote” nos e-mails e correspondências codificados;
  • O lançamento público desses e-mails marcam a divulgação pública de informações sobre a (pretensa) morte de Osama Bin Laden em ataque dos EUA em 1º de Maio de 2011.

Revelada a verdade: e-mails de Militares dos EUA mostram que nenhum marinheiro norte americano testemunhou o dito enterro secreto de Osama bin Laden, quando seu corpo teria sido jogado no mar. 

By Daily Mail Reporter –  Pelo repórter do Daily Mail

O Inimigo nº 1: Os e-mails internos trocados entre militares dos EUA divulgados pelo Departamento de Defesa demostram que não existem marinheiros norte americanos que tivesse testemunhado o sepultamento de Osama bin Laden no mar a bordo do USS Carl Vinson.

Esses e-mails internos entre os oficiais militares dos Estados Unidos não indicam nenhum marinheiro norte americano que tivesse assistido ao sepultamento de Osama bin Laden no mar desde o navio USS Carl Vinson e que os procedimentos tradicionais islâmicos foram seguidos durante a cerimônia secreta.

Os e-mails, obtidos pela AP-Associated Press através do Freedom of Information Act, são fortemente borrados, mas é a primeira divulgação pública de informações do governo dos EUA sobre a “morte do líder da Al-Qaeda”. Os e-mails foram divulgados na quarta-feira (dia 21/11)  pelo DoD-Departamento de Defesa dos EUA.

Bin Laden foi morto em 1 de maio de 2011, por uma equipe SEAL Team 6 da Marinha que atacou o seu (pseudo) complexo fortaleza em Abbottabad, no Paquistão. Um e-mail carimbado como Top Secret e enviado em 2 de maio por um oficial da Marinha sênior descreve brevemente como o corpo de Bin Laden foi lavado, enrolado em um lençol branco, e em seguida colocado em um saco para enterro.

De acordo com outra mensagem do diretor de assuntos públicos do navio USS Carl Vinson, apenas um pequeno grupo de liderança do navio foi informado do enterro.

Os procedimentos tradicionais para um enterro islâmico foram seguidos“, num e-mail do contra-almirante Charles Gaouette de 02 de maio se lê o seguinte: ‘O corpo do falecido foi lavado (limpo), em seguida colocado em uma lençol branco. O corpo em seguida foi colocado num saco.

Um oficial militar leu orações religiosas islâmicas preparadas, que foram traduzidas para o árabe por um falante nativo. Após as palavras da oração serem finalizadas, o corpo foi colocado em uma placa preparada plana, inclinada para cima, ao que o corpo do falecido deslizou para o mar.

O porta aviões USS Carl Vinson

Destino final: o corpo de Bin Laden foi levado para ser jogado no oceano em um local desconhecido a bordo do USS Carl Vinson (acima) e foi jogado no mar, mas o DoD-Departamento de Defesa dos EUA diz que não tem como encontrar todas as imagens que mostram os restos do corpo do líder terrorista a bordo do navio.

Caiu o “mentor terrorista”: Nesta imagem de arquivo acima, sem a data de vídeo, apreendido a partir do condomínio da pretensamente fortaleza  murada de Bin Laden em Abbottabad, no Paquistão, o líder da Al Qaeda prosaicamente assiste televisão.

Fortaleza: Membros do esquadrão anti-terrorismo do Exército dos EUA são vistos ao redor do complexo onde pretensamente Bin Laden foi morto pelos membros do SEAL Team 6 da Marinha dos EUA em Abbottabad, em 04 de maio de 2011. O e-mail também incluiu uma referência enigmática ao sigilo intenso em torno da missão.

“A escassez de provas documentais em nossa posse é um reflexo da ênfase dada à segurança operacional durante a execução desta fase da operação”, se lê na mensagem do contra-almirante Charles Gaouette.

A “tão esperada notícia: o presidente dos EUA, Barack Obama é retratado depois de anunciar ao vivo e direto na televisão a morte de Osama bin Laden, desde a Sala Leste da Casa Branca, em Washington 01 de maio de 2011.

Os destinatários do e-mail incluíam o almirante Mike Mullen, o presidente do Joint Chiefs of Staff, e o general James Mattis, o oficial superior no Comando Central dos EUA. Mullen se aposentou do exército em setembro de 2011.

Mais cedo, Gaouette, em seguida, o vice-comandante da Quinta Frota da Marinha, e outro oficial usaram palavras em código para discutir se os helicópteros carregando os SEALs e o corpo de Osama Bin Laden tinha chegado no navio USS Carl Vinson.

Alguma notícia sobre o pacote para nós?, perguntou o almirante Samuel Perez, comandante do Porta aviões do grupo de ataque, que incluiu o USS Carl Vinson. FEDEX entregou o pacote, Perez respondeu. “Ambos os caminhões estão na rota com base segura .”

Embora a administração Obama se comprometesse a ser a mais transparente da história americana, ele está mantendo um esquema apertado de sigilo sobre as matérias relacionadas com o ataque e a morte de Osama Bin Laden.

Em resposta a pedidos separados da AP para obter informações sobre a missão, o DoD-Departamento de Defesa disse em março que não conseguiu localizar quaisquer fotografias ou vídeo feitos durante o ataque ou mostrando o corpo de Bin Laden. O DoD também disse que não poderia encontrar quaisquer imagens do corpo de Bin Laden enquanto ele esteve no navio USS Carl Vinson.

O Pentágono também disse que não poderia encontrar qualquer certidão de óbito, um relatório da autópsia ou resultados de exames de DNA para identificação de Bin Laden, ou de qualquer material pré-ataque discutindo como o governo dos EUA pretendia se livrar do corpo de Bin Laden se ele estivesse morto.

O Departamento de Defesa também se recusou a confirmar ou negar a existência de registros de manutenção de helicópteros e relatórios sobre o desempenho do equipamento militar usado no ataque.

Um dos helicópteros stealth que levaram os SEALs de Abbottabad caiu durante a missão e seus destroços foram deixados para trás. As pessoas que moravam perto do condomínio/fortaleza de Bin Laden tiraram fotos deficientes do helicóptero.

A CIA, que comandou o ataque contra a fortaleza de Bin Laden e tem autoridade legal especial para manter as informações do ataque sob segredo, de nunca torná-las de conhecimento público, não respondeu ao pedido da AP para acessar os registros sobre a missão.

Para saber mais sobre FARSAS dos EUA e sobre “terrorismo:

http://thoth3126.com.br/a-guerra-ao-terrorismo-dos-eua-e-uma-farsa/
http://thoth3126.com.br/a-farsa-sobre-a-al-qaeda/
http://thoth3126.com.br/osama-b-ladentim-osman-um-agente-treinado-pela-e-da-cia/
http://thoth3126.com.br/bin-laden-foi-hospitalizado-em-dubai-em-2001-em-hospital-dos-eua/
http://thoth3126.com.br/osama-bin-laden-em-uma-entrevista-esclarecedora/
http://thoth3126.com.br/a-morte-de-osama-bin-laden/
http://thoth3126.com.br/dezembro-de-2001-funeral-de-osama-bin-laden/
http://thoth3126.com.br/a-familia-bush-eua-e-o-nazismo/
http://thoth3126.com.br/os-eua-hoje-e-o-eixo-do-mal/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

3 Responses to A farsa final da morte de Bin Laden em 01/05/2011…