As trapaças da Quadrilha do Clã Biden estão chegando ao fim

Apesar de anos de desinformação da família Biden, das pre$$tituta$, e dos meios de comunicação social, estamos finalmente sabendo que (‘Dementia’ Joe) Biden realmente demitiu o procurador ucraniano Viktor Shokin por investigar a corrupção estatal envolvendo a empresa petrolífera Burisma e seu filho Hunter Biden – e, em última análise, o próprio Joe Biden. Como vice-presidente, Biden, nas suas próprias palavras [gravadas], gabou-se de ter ameaçado cancelar a entrega de ajuda externa americana à Ucrânia, a menos que Shokin fosse demitido.

O alcóolatra, pedófilo e drogado Hunter Biden ainda está fora de controle e pode levar a ‘Famiglia’ com ele para a cadeia.

Fonte: AmericanGreatness

Então, o que é que o Congresso deve fazer agora – anular o impeachment e exonerar um inocente Donald Trump acusado de impeachment e, em vez disso, acusar um (‘Dementia’ Joe) Biden culpado essencialmente pelas mesmas acusações imputadas à Trump?

Afinal, a esquerda redefiniu a barreira do impeachment em 2019 como alavancar a ajuda externa à Ucrânia para beneficiar a carreira política de alguém. E foi exatamente isso que (‘Dementia’ Joe) Biden fez para garantir que o seu filho pudesse continuar a angariar milhões para a Famiglia Biden junto de governos estrangeiros, ao mesmo tempo que estava protegido das consequências políticas.

Um Trump acusado de impeachment também foi acusado de usar o poder do governo para perseguir seu provável rival presidencial em 2020, sugerindo que Joe Biden e sua família eram corruptos e deveriam ser investigados por autoridades ucranianas por fraude e suborno. Apesar das negativas de Joe Biden, Trump tinha razão: havia muitas provas que ligavam os pagamentos injustificados da Ucrânia aos cofres da família Biden.

Assim, Trump, em 2019, tinha boas razões para garantir que nenhum dos Biden ainda estivesse profundamente enfiado na máquina de recompensas ucraniana. Em contraste, Joe Biden tinha muito menos motivos para liberar todos os poderes do governo contra o seu provável rival em 2024, o ex-presidente Trump.

O promotor especial Jack Smith não está acusando Trump de suborno do tipo Biden. Ele não alega que Trump deu preferências especiais de política externa aos estrangeiros que pagaram à sua família por tais serviços. Em vez disso, Smith argumenta que Trump retirou ilegalmente documentos presidenciais confidenciais da Casa Branca – embora Joe Biden tenha feito quase e exatamente o mesmo.

Biden manteve silêncio sobre a vasta remoção de documentos confidenciais por mais de uma década. Só quando Trump estava sendo investigado é que Biden notificou subitamente o governo das suas remoções ilegais. Em contraste, um Trump combativo e turbulento lutou aberta e constantemente com os arquivistas federais sobre quais dos seus documentos na sua propriedade em Mar-a-Lago eram verdadeiramente confidenciais.

Vazamentos do Ministério Público divulgaram todo tipo de agendas nefastas não comprovadas que provocaram as disputas de Trump sobre seus documentos presidenciais. Mas ninguém até hoje perguntou seriamente por que o senador e então vice-presidente Biden removeu e guardou secreta e estranhamente material tão sensível durante anos.

Relatórios recentes alegam que Hunter Biden pode ter sido tratado com luvas de pelica pelos promotores, em parte porque os advogados de Hunter ameaçaram chamar (‘Dementia’ Joe) Biden para depor como testemunha favorável.

Os procuradores do governo, sob pressão da Casa Branca, aparentemente recusaram o pesadelo de um confuso, senil e demente presidente dos Estados Unidos testemunhando sob juramento sobre a suposta inocência do seu muito culpado filho Hunter Biden.

Na verdade, o “ex-viciado” em drogas Hunter já jogou muitos jogos estranhos com sua própria família. Nas suas comunicações em seu laptop, Hunter reclamou que ninguém na família apreciava seu trabalho árduo nas fraudes familiares. Ele parecia petulante porque seu pai o forçou a desembolsar mais da metade de sua renda para a família de Joe e Jill Biden.

Numa época de escrutínio universal de Hunter, a última coisa que qualquer primeiro filho sensato poderia fazer seria vender as suas próprias pinturas infantis a preços exorbitantes àqueles que desejassem comprar influência junto do seu pai, o atual presidente.

Na verdade, Hunter estava quase desafiando a Casa Branca a parar com seu flagrante talento artístico. Em vez disso, os Biden transferiram Hunter para a Casa Branca, aparentemente para mantê-lo sob vigilância mais próxima.

Hunter ainda está fora de controle. Ele poderia levar a família consigo, a menos que o presidente Biden continue a protegê-lo de processos judiciais. Ironicamente, o duplo padrão usado por Biden e pelos meios de comunicação social para perseguir Trump apenas levantou novas questões de justiça.

Porque é que a família Biden – com a sua exposição jurídica muito maior – nunca enfrentou tais acusações em série?

Uma Câmara dos Representantes republicana encerrou a proteção democrata anterior dada aos Bidens. E a guerra na Ucrânia voltou novamente a chamar a atenção para a ligação Biden-Burisma e para a extorsão de autoridades ucranianas por parte de Hunter.

Finalmente, Joe Biden não pode mais trabalhar um dia inteiro. Ele murmura. Ele tropeça. Ele dorme, Ele mente em série. Ele aproveita ocasiões solenes que comemoram tragédias nacionais, tentando superar o luto com suas próprias histórias egocêntricas – a maioria delas meias-verdades irrelevantes, idiotas e narcisistas.

Se um Biden com problemas cognitivos, senil, demente e criminais não conseguir terminar o seu mandato, finalmente conheceremos a história completa de 15 anos de corrupção da família Biden.

Os Biden perderão o único impedimento – as maquinações políticas de Joe Biden – que ficou no caminho de uma investigação criminal honesta e completa sobre aquela que é provavelmente a família presidencial mais corrupta da história americana.


Estamos executando o nosso blog com as doações e contribuições de nossos leitores. Como a receita de anúncios foi  “cancelada” há bastante tempo, agora você não é apenas um leitor, mas uma parte integrante do processo que constrói este site. Obrigado pelo seu apoio, ele é muito importante.  Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (CEF)”.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.326 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth