‘Big Pharma Vende’ Medicamentos para ‘Curar Lesões’ (efeitos colaterais graves) Causadas pelas suas vacinas Covid-19

Grandes empresas farmacêuticas agora fabricam e vendem medicamentos para “curar” as lesões causadas pelas vacinas mRNA Covid-19 que elas mesmas fabricaram e venderam para bilhões de desavisados, obrigados pelos políticos corruptos dos seus governos. Em 12 de janeiro, a congressista Marjorie Taylor Greene realizou, em nome do Subcomitê Selecionado da Câmara sobre a Pandemia do Coronavírus, uma audiência sobre eventos adversos graves, incluindo taxas crescentes de miocardite, pericardite e coágulos sanguíneos pós-vacinação contra a Covid-19.

‘Big Pharma Vende’ Medicamentos para ‘Curar Lesões’ (efeitos colaterais graves) Causadas pelas suas vacinas Covid-19

Fonte: NaturalNews

Os Drs. Peter McCullough, Ryan Cole e Kirk Milhoan, que foram os profissionais médicos que mais falaram sobre a ineficácia e insegurança da inoculação de injeções mRNA, as pseudo vacinas da Big Pharma, apresentaram os seus testemunhos no congresso naquele dia.

Nos últimos anos, eles foram cancelados pelas companhias de seguros, foram despedidos dos seus empregos, sofreram pesada censura e enfrentaram um escrutínio público massivo pelas Pre$$tituta$ e o perigo de perderem as suas licenças.

A certa altura dos depoimentos, Greene levantou uma preocupação além do fato dado e comprovado de que as “injeções” mRNA continham proteínas spike estranhas que prejudicam os sistemas do corpo e criam coágulos sanguíneos.

Os três médicos citaram vários estudos que provavam que isto é verdade, é fato, mas lamentaram como as agências governamentais do senil e demente presidente Joe Biden os ignoraram. Outro ponto é que as grandes empresas farmacêuticas Big Pharma parecem ter fabricado medicamentos e vacinas que “curariam” as reações adversas provocadas pela vacina SARS-CoV-2.

Em 25 de fevereiro de 2009, durante uma reunião [Council of Eugenics] da OMS, o judeu khazar Henry Kissinger declarou: “Uma vez que o rebanho (os bovinamente zumbis) aceita as vacinas obrigatórias, o jogo termina. Eles aceitarão qualquer coisa – doação forçada de sangue ou órgãos – para um bem maior, NÓS PODEMOS MODIFICAR GENETICAMENTE E ESTERILIZAR CRIANÇAS, para um bem maior – Controle as mentes das ovelhas e você controla o rebanho. Os fabricantes de vacinas devem ganhar bilhões. E muitos de vocês nesta sala são investidores. É uma grande vitória para todos. Nós reduzimos o rebanho e o rebanho nos paga pelos serviços de extermínio“.

Green até citou as empresas farmacêuticas por primeiro “Venderem a doença e depois venderem a cura. E os seus amigos no Congresso, por sua vez, forçam os americanos a pagar por isso. É assim que Washington funciona em muitos casos”.

“É justo dizer então que estes fabricantes de vacinas criaram estas injeções com mRNA sintético que criaram doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, problemas neurológicos e tudo o que você falou, será que esses mesmos fabricantes vendem as curas para as doenças que eles consciente e propositalmente criaram?” ela perguntou.

Cole, um patologista anatômico e clínico certificado, não respondeu diretamente, mas disse achar irônico que a grande fabricante de medicamentos Pfizer tenha acabado de gastar US$ 40 bilhões em uma empresa de tratamento de câncer.

Segundo relatos, desde o início da imposição tirânica das injeções mRNA COVID-19, houve um aumento sem precedentes nas mortes de jovens entre 2021 e 2022 devido a câncer terminal e de rápida metástase, de acordo com dados do Gabinete de Estatísticas Nacionais do Reino Unido.

Além disso, descobriu-se que a vacina mRNA da Pfizer estava contaminada com fragmentos de DNA causadores de câncer. (Relacionado: Dr. Robert Malone alerta que a vacina COVID-19 da Moderna pode causar CÂNCER .)

McCollough, um internista e cardiologista, concordou dizendo que após o lançamento das vacinas de mRNA, “nunca prescrevi tantos anticoagulantes em minha carreira. Isso é extraordinário. Durante todo o dia, sou confrontado com coágulos sanguíneos de diferentes cenários”, disse ele.

Em outra parte da reunião, o defensor do tratamento precoce para o coronavírus também revelou como os preços dos procedimentos médicos estão disparando. Recentemente, ele tem solicitado cada vez mais imagens de ressonância magnética (RM) cardíaca e eletrocardiogramas (ECG ou EKG) e visto visitas recorrentes ao pronto-socorro, principalmente de militares.

Armas do governo médico obtidas da Big Pharma

No meio da audiência de duas horas no congresso, a palavra foi passada ao congressista Andy Biggs, que citou algumas das 1.246 condições médicas únicas que surgiram desde que as campanhas de vacinação foram obrigatórias. Ele lembrou a todos os participantes que antes da Pfizer ser obrigada por uma solicitação da Lei de Liberdade de Informação (FOIA) a divulgar os resultados de seus ensaios clínicos, a empresa farmacêutica pretendia manter esses efeitos colaterais em segredo por 75 anos.

Ele perguntou aos médicos o que levou o establishment a basicamente ignorar isso. “Isso é por causa de dinheiro? Há propinas disponíveis para funcionários do governo?” Biggs perguntou.

Cole respondeu primeiro dizendo: “Se voltarmos historicamente, infelizmente, muitas leis que foram aprovadas ao longo do tempo construíram esta máquina que é quase imparável”, disse ele citando a Lei de Prontidão Pública e Preparação para Emergências (Lei Preparatória) e a Lei Bayh-Dole, anteriormente conhecida como Emendas à Lei de Patentes e Marcas Registradas, que permitiu às universidades ganhar bilhões de dólares com suas patentes.

“O governo trabalha para o povo ou o governo trabalha para a indústria farmacêutica? Essa é a grande questão e você sabe que há muito dinheiro para lobby”, ressaltou. “A FDA [Food and Drug Administration] é capturada pelas empresas farmacêuticas em termos da porcentagem de seu orçamento que elas recebem da indústria farmacêutica para aprovação e aceleração da aprovação dos seus medicamentos”.

Ele também mencionou a Fundação CDC, que também ganha bilhões de dólares com patentes de vacinas. Agora detém as patentes de até 58 vacinas. Outra agência governamental são os Institutos Nacionais de Saúde (NIH), que têm funcionários que ganham 150 mil dólares por ano durante o resto das suas vidas se tiverem uma patente sobre um medicamento que vai para o mercado.

“Há interesses financeiros e corruptos entrelaçados, certamente. Quando nós, como nação, valorizamos o dinheiro em vez da nossa liberdade e quando valorizamos o nosso próprio interesse em vez de ter uma constituição que seja importante para cada um de nós, então estamos no caminho errado. “, enfatizou Cole.

Assista abaixo a cobertura completa e não editada da audiência do Congresso dos EUA sobre os graves efeitos colaterais causados ​​pelas injeções mRNA Covid-19.

Visite  VaccineInjuryNews.com para ler mais histórias sobre os graves efeitos colaterais adversos das injeções COVID-19.

As fontes deste artigo incluem: Rumble. comExpose-News.com


SEJA UM ASSINANTE DO BLOG: Para os leitores do Blog que ainda não são assinantes e desejam acessar as postagens em seus endereços de E-Mail, solicitamos, por favor, que façam a sua inscrição aqui neste LINK: https://linktr.ee/thoth3126

Convidamos também a conhecerem e seguirem nossas redes sociais:
Instagram: https://www.instagram.com/th.oth3126/
Facebook: https://www.facebook.com/thoth3126.blog
X (antigo Twitter): https://twitter.com/thoth3126_blog
Youtube: https://www.youtube.com/@thoth3126_blog

Siga o canal “Blog Thoth3126” no WhatsApp: https://www.whatsapp.com/channel/0029VaF1s8E9Gv7YevnqRB3X


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.328 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth