Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Casa Branca, NIH, CDC, estavam conscientes que a vacina mRNA da Pfizer provocaria Graves Efeitos Colaterais

Em abril e maio de 2021, o presidente Biden, toda a Equipe de Resposta à Covid da Casa Branca (Andy Slavitt & Co) e todos no escritório de comunicações da Casa Branca, o Cirurgião Geral dos EUA (Vivek Murthy), altos funcionários do CDC, incluindo a diretora Rochelle Walensky, Francis Collins, chefe do NIH, e o Dr. Anthony Fauci do NIAID estavam todos enlouquecidos, realizando reuniões de crise e enviando uma série de e-mails entre si depois de serem informados por um relatório de segurança da Pfizer de que a milagrosa e experimental nova vacina mRNA Covid produziram casos significativos de miocardite e anomalias na coagulação sanguínea.

A Casa Branca, o NIH, o CDC, estavam plenamente conscientes de que a vacina “milagrosa” de mRNA Covid da Pfizer resultaria em Graves Efeitos Colaterais

Fonte: James Howard Kunstler Blog

Todos os funcionários começaram a elaborar uma campanha para dizer ao público que esta miocardite era passageira… Rochelle Walensky continuou a promover as vacinas como “seguras e eficazes” até que renunciou em Junho de 2023.

Todos estes [ir]responsáveis ​​começaram a elaborar uma campanha para dizer ao público que esta miocardite era ligeira, extremamente rara e auto resolvível (não era), e instaram todos os americanos com mais de doze anos a continuarem a tomar as injecções mRNA. Mais tarde, expandiram o programa de vacinas para incluir crianças até aos seis meses de idade, um absurdo.

Em 2022, todas as autoridades de saúde pública dos EUA tinham de saber que as vacinas também eram ineficazes na prevenção da infecção e transmissão da Covid.

A substituta do CDC, Mandy K. Cohenainda está promovendo as últimas injeções de reforço de mRNA diante de relatos (principalmente do Reino Unido e de outros países estrangeiros) de um aumento chocante nas mortes por todas as causas e incapacidades por doenças cardíacas e sanguíneas, lesões neurológicas. e cânceres. O CDC recusou-se este mês a divulgar informações atualizadas sobre o número de casos de miocardite e pericardite nos EUA.

O registro desses atos frenéticos de 2021 na Casa Branca e no CDC veio de um despejo de documentos motivado por um pedido da FOIA de Edward Berkovich, um advogado associado à organização de notícias Daily Clout de Naomi Wolf.

Ele solicitou todos os e-mails do governo entre fevereiro e junho de 2021 que incluíam o termo “miocardite”. O CDC enviou 472 páginas, seguidas de 46 páginas adicionais (que se acredita terem sido enviadas por um insider denunciante) que incluíam e-mails entre funcionários da Casa Branca e o presidente. Dos 47, 37 foram totalmente editados (as páginas em branco, e não em preto, ou seja, páginas totalmente em branco, foram apagados todos os textos).

Apenas duas páginas das 46 não continham edições. As edições foram feitas, disse o CDC, de acordo com as Isenções 5 e 6 do código 5 USC §552, que protege os documentos recebidos pelo presidente.

Isso foi muito para percorrer. Desculpas. Qual é o resultado?

Desde cedo o nosso governo mentiu sobre a segurança das vacinas, ao mesmo tempo que mentiu e confabulou sobre as origens do vírus Covid-19.

Eles continuam mentindo sobre tudo isso até hoje, mesmo quando parecem estar se preparando para uma repetição de uma nova pandemia. Agora que o fim de semana acabou, você não lerá nada disso no The New York Times.

Por que é assim? Apresentarei a minha teoria: o modelo de negócio das pre$$tituta$ da mídia de massa, baseado em páginas e páginas de publicidade impressa, está completamente falido e depende do apoio financeiro da CIA e/ou da DARPA, provavelmente facilitado por cortes do setor privado que lavam o dinheiro. É assim que é desonroso o carro-chefe da mídia noticiosa dos EUA, apenas uma máquina de propaganda dos poderosos interesses corporativos e do governo.

Em 25 de fevereiro de 2009, durante uma reunião [Council of Eugenics] da OMS, o judeu khazar Henry Kissinger declarou: “Uma vez que o rebanho (os bovinamente zumbis) aceita as vacinas obrigatórias, o jogo termina. Eles aceitarão qualquer coisa – doação forçada de sangue ou órgãos – para um bem maior, NÓS PODEMOS MODIFICAR GENETICAMENTE E ESTERILIZAR CRIANÇAS, para um bem maior – Controle as mentes das ovelhas e você controla o rebanho. Os fabricantes de vacinas devem ganhar bilhões. E muitos de vocês nesta sala são investidores. É uma grande vitória para todos. Nós reduzimos o rebanho e o rebanho nos paga pelos serviços de extermínio“.

E, claro, há uma camada adicional de censura dirigida pelo governo, também através de recortes do setor privado, nas mídias sociais que visa suprimir a verdade sobre a Covid de todos os ângulos, especialmente as vacinas.

Tudo isso não parece bastante sinistro? Escolha uma das duas explicações possíveis:

1) o episódio da Covid-19 desde o início foi um fiasco fantástico de incompetência desajeitada de centenas de funcionários de muitas agências, além de líderes eleitos, e em todas as fases foi agravado por ações incompetentes adicionais destinadas a ocultar cadeias massivas de delitos anteriores, produzindo mais delitos resultando no colapso total da autoridade em nosso país. 

Ou, algo muito mais plausível:

2) Todo o episódio da Covid é uma cadeia de crimes cometidos deliberada e intencionalmente com intenção maliciosa de matar e ferir o maior número de pessoas, ao mesmo tempo que planeja privar os sobreviventes das suas liberdades básicas e dos seus bens e viver sob uma tirania.

Dado que o modus operandi e eventos idênticos são observados em todas as outras nações da Civilização [do Hospício] Ocidental, seria razoável inferir algum tipo de profunda coordenação gerida por uma força ou entidade supervisora. O que vemos é uma coligação globalista formada pelo Fórum Económico Mundial (WEF), pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a União Europeia (UE), as Nações Unidas (ONU), a indústria farmacêutica Big Pharma, os militares, judeu khazara aliança de inteligência “Cinco Olhos”, o sistema bancário global, o Partido Democrata e dezenas de agências e organizações não governamentais bem dotadas, como a constelação de conselhos e fundações de George Soros, de Bill Gates, et caterba. O que mais não é visto?

Um elemento visivelmente estranho de todo esse quadro é a liderança fantasma da suposta hegemonia mundial dos EUA na figura de proa, (de ‘Dementia’ Joe) Biden”. Nunca na história tal movimento rumo à tirania foi liderado por um recipiente tão vazio, tão embaraçosamente pouco carismático. Nunca na história do nosso país os nossos assuntos giraram num fluxo tão misterioso de forças desconcertantes.

Até a nossa Guerra Civil em 1861 foi um choque de interesses mais direto. Os eventos estão acontecendo rapidamente agora. Eles estão preparando a mesa para esse banquete de consequências que vai ser apresentado à eles.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *