Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Compra Excessiva pela UE das ‘vacinas’ Covid é o ‘Maior Escândalo de Corrupção da História da Humanidade’

Membro do Parlamento Europeu diz que compra excessiva pela U.E. das “vacinas” Covid equivale ao “maior escândalo de corrupção da história da humanidade” : Mislav Kolakusic, um croata membro do parlamento na União Europeia (UE), lançou uma bomba esta semana ao chamar a compra de 4,5 bilhões de doses das “vacinas” por Bruxelas para apenas 450 milhões de habitantes da UE de “o maior escândalo de corrupção da história da humanidade”.

Deputado do Parlamento Europeu chama as compras de vacinas da UE contra o Covid de “o maior ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO da história”

Fontes: EuroWeeklyNews.comNaturalNews

O eurodeputado croata Kolakusic, brincando, chamou a presidente da Comissão Europeia (CE) Ursula von der Leyen de “Sra. 4,5 Bilhões de doses” porque ela é a responsável por essa enorme fraude contra o povo europeu, muitos dos quais nem sabem ainda que isso aconteceu.

“Hoje, 10 de nós, eurodeputados, fizeram a seguinte pergunta à presidente da Comissão europeia, Ursula Von Der Leyen : vai apresentar-nos, aos deputados do Parlamento Europeu, bem como aos cidadãos da UE, que supostamente representa, a comunicação que teve com a Pfizer durante a aquisição de 4,5 bilhões de doses de vacinas em uma época em que não havia absolutamente nenhuma prova da eficácia e, principalmente, da nocividade desse produto?” disse Kolakusic.

“Imagine quatro bilhões e meio de doses para 450 milhões de pessoas.”

Com base nesse número, e excluindo a Grã-Bretanha, uma vez que não faz mais parte da UE, isso significa que Von Der Leyen e seus comparsas esperavam injetar em todas as crianças da Europa 10 doses separadas de “algo que ninguém no mundo, exceto talvez, duas ou três pessoas sabem o que contém”, disse Kolakusic.

“Trata-se de segredos, patentes protegidas”, acrescentou.

As “vacinas” COVID apagam a imagem de Deus de uma pessoa?

No início deste ano, como você deve se lembrar, Kolakusic ganhou as manchetes por se manifestar contra as políticas obrigatórias de vacinação, comparando-a à “uma pena de morte”.

Kolakusic apontou na época que as mesmas pessoas que se opõem à pena de morte para criminosos parecem não ter problemas com as “dezenas de milhares de cidadãos” da época que “morreram dos efeitos colaterais das vacinas” – e muitos mais morreu nos meses seguintes.

“As vacinas obrigatórias representam a pena de morte e resultarão na execução de muitos cidadãos”, proclamou Kolakusic.

Desde então, Kolakusic continuou a dizer a verdade sobre como ninguém, exceto alguns selecionados no topo da pirâmide do hospício europeu, sabe o que essas injeções de mRNA realmente contêm, ou o que elas estão realmente fazendo com os corpos das pessoas e, mais importante, seu DNA e a imagem de Deus.

Há especulações de que o conteúdo dos frascos adiciona outro filamento de DNA aos injetados, apagando a imagem dada por Deus e tornando-o um híbrido humano com alguma outra imagem (talvez a dos anjos caídos?).

“Não acho que qualquer tipo de governo ou agência europeia saiba exatamente o que está nesse produto”, disse Kolakusic perante os outros eurodeputados. “Ninguém sabe disso. E ninguém te diz isso.”

Até o momento, ele revelou que nenhuma pesquisa médica credível foi entregue a ele ou a qualquer outro deputado europeu para revisão, nem foi entregue ao comitê COVID do Parlamento da UE ou à Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

“Como isso é possível?” ele perguntou. “Estamos falando de corrupção aqui.”

“A aquisição de 4,5 bilhões de produtos com a intenção de injetá-los nas pessoas, sem que ninguém saiba o que está dentro, é certamente o maior caso da corrupção na história da humanidade, não apenas na história da UE”, concluiu o eurodeputado croata.

A compra de 4,5 bilhões de doses da vacina covid-19 para 450 milhões de residentes da UE é o maior ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO da história da humanidade”.

Acontece que a Austrália, uma “filial do hospício europeu”, fez a mesma coisa, sabemos agora, comprando 280 milhões de doses das injeções mRNA para apenas 25 milhões de habitantes.

Essa notícia vem depois de que uma política francêsa SURPREENDEU a Comissão Européia sobre o escândalo de texto do CEO da Pfizer .

A política francesa Virginie Joron disse à ombudsman europeia, Emily O’Reilly, que denunciou a “atitude escandalosa” da Comissão Europeia em relação ao escândalo do texto de Ursula von der Leyen com o CEO da Pfizer.

Denunciamos unanimemente ao Provedor de Justiça Europeu a atitude escandalosa da Comissão Europeia que protege as mensagens de texto trocadas entre a senhora deputada von der Leyen e o CEO da Pfizer. Mas ainda hoje não há solução concreta: a instituição faz o que quer”!

Falando sobre o escândalo do texto von der Leyen/Pfizer CEO através de um post no Twitter na quarta-feira, 7 de setembro, Joron escreveu: Leyen e o CEO da Pfizer. “Mas ainda hoje não há solução concreta: a instituição faz o que ela quer!” ela disse.


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é fim-dominio-eua-otan-nabucodonosor-fim-roma.jpg

{Nota de Thoth: Em breve haverá um novo papa, será um francês, e será o ÚLTIMO  . . .  A estrondosa queda da “Estátua de Nabucodonosor“, com o fim do Hospício e os psicopatas da civilização ocidental e a própria destruição da região da cidade de Roma [incluso a cloaca do Vaticano] estão bem próximos de acontecer. O Hospício Ocidental, o circo do G-7 [do qual dois marionetes já caíram, Mario Draghi e Boris Johnson], os ditos “Países de Primeiro Mundo” vão fazer face ao seu carma “liberal“}


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1

Artigos Relacionados:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *