Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Escassez de Alimentos está começando a se tornar Bastante Grave em todo o planeta

O pior cenário que muitos dos especialistas temiam está começando a se desenrolar bem diante de nossos olhos. Ao longo de 2022, alertamos repetidamente nossos leitores regulares de que havia todos os tipos de indicações de que a crise alimentar global emergente atingiria um nível totalmente novo em algum momento de 2023, e é exatamente isso que está acontecendo. Em resposta ao aperto na oferta de alimentos, os preços estão subindo em todo o planeta e o número de pessoas desesperadamente famintas está explodindo. 

Escassez de Alimentos está começando a se tornar Bastante Grave em todo o planeta

Fonte: TheEconomicCollapseBlog.com

Infelizmente, esta crise não será apenas temporária. Como explicaremos no final deste artigo, o pesadelo global que estamos enfrentando inevitavelmente se intensificará nos próximos anos.

A maioria de nós no mundo [do Hospício] ocidental simplesmente não entende como as condições já se deterioraram em grande parte do planeta.

Por exemplo, a Reuters está admitindo que a crise da fome na África agora se tornou “maior e mais complexa do que o continente jamais viu”…

Em toda a África, de leste a oeste, as pessoas estão enfrentando uma crise alimentar maior e mais complexa do que o continente já viu, dizem diplomatas e trabalhadores humanitários.

Por favor, deixe isso se aprofundar em sua mente e coração por um momento. Houve muitas fomes na África no passado, mas as coisas nunca foram tão ruins quanto agora.

Uma mulher está deitada de lado em uma cama de hospital ao lado de sua filha, que tem curativos na mão e na cabeça e um tubo no nariz.  A marca das costelas da criança é visível através de sua pele.
A mãe deslocada somali Binti Moalim Hassan está deitada ao lado de sua filha Faduma, de 3 anos, desnutrida, em um hospital de Mogadíscio. 
REUTERS/Faisal Omar

Enquanto isso, no Oriente Médio, uma grave escassez de trigo está forçando muitos paquistaneses a esperar horas na fila “para receber um único saco” de farinha …

O Paquistão está atualmente sofrendo com a disparada dos preços e a escassez de farinha de trigo, com pessoas esperando na fila por horas para receber um único saco.

Você esperaria durante horas numa fila por um saco de farinha? Se você estivesse desesperadamente com fome, você o faria. Na América do Sul, a agitação civil aparentemente interminável intensificou a escassez muito séria que está acontecendo no Peru …

Como os protestos contra o governo no Peru não dão sinais de acabar, o país enfrenta atualmente uma escassez de produtos básicos, incluindo alimentos e combustível.

E do outro lado do globo, os australianos estão ficando cada vez mais frustrados com a dolorosa escassez de batata que atingiu aquela nação …

As batatas estão entre os vegetais favoritos da Austrália. No entanto, estamos enfrentando uma escassez de batatas processadas, especialmente de batatas fritas congeladas. A Coles introduziu um limite de dois itens para compradores que buscam produtos de batata congelada. Os negócios de peixe e batatas fritas estão sob pressão e alguns estão indignados com o lançamento de um novo produto de batata no meio de uma crise.

Nas décadas anteriores, houve momentos em que houve fomes localizadas em várias partes do mundo. Mas o que estamos enfrentando agora esta se tornando global e generalizado. De acordo com o New York Times, a escassez de alimentos está “causando dor intensa em toda a África, Ásia e Américas”

“Estamos lidando agora com uma enorme crise de insegurança alimentar”, disse Antony J. Blinken, o secretário de Estado dos EUA, no mês passado em uma cúpula com líderes africanos em Washington. “É o produto de muitas coisas, como todos sabemos”, disse ele, “incluindo a agressão da Rússia contra a Ucrânia”.

A escassez de alimentos e os altos preços estão causando dor intensa na África, Ásia e Américas. As autoridades americanas estão especialmente preocupadas com o Afeganistão e o Iêmen, devastados pela guerra. O Egito, Líbano e outros grandes países importadores de alimentos estão encontrando dificuldades para pagar suas dívidas e outras despesas porque os custos dispararam. Mesmo em países ricos como Estados Unidos e Grã-Bretanha, a alta da inflação impulsionada em parte pelos distúrbios da guerra deixou as pessoas mais pobres sem o suficiente para comer.

Já esta convencido? Falamos à respeito apenas para alertá-los de que Isso é muito sério. Nos Estados Unidos, os preços dos alimentos continuam subindo a níveis assustadores. Por exemplo, o preço do suco de laranja disparou para um novo recorde porque está sendo projetado que a produção de frutas cítricas na Flórida atingirá o nível mais baixo desde 1945 …

Os contratos futuros de suco de laranja atingiram uma nova alta, subindo 10 centavos ou 4,56%, para US$ 2,292/lb, superando o recorde de 2016 de US$ 2,2585, devido à oferta limitada.

O USDA prevê que a produção de frutas cítricas da Flórida chegará a 44,5 milhões de caixas este ano, o que pode resultar na menor colheita de laranja do estado desde 1945. Isso se deve à “doença do esverdeamento” e os grandes danos causados ??por furacões nos pomares de frutas cítricas da Flórida.

Em 1945, havia 139 milhões de pessoas vivendo nos Estados Unidos [o Brasil tinha cerca de 42 milhões de habitantes]. Hoje, a população dos EUA aumentou para 329 milhões. Portanto, agora há muito menos laranjas por pessoa.

“”Você Não Possuirá Nada e Será Feliz” e ainda vai COMER INSETOS . . .

O tamanho do rebanho bovino nacional também está diminuindo …

Os números mais recentes do relatório de inventário de gado do Departamento de Agricultura dos EUA na terça-feira mostraram 89,3 milhões de cabeças de gado em 1º de janeiro, uma queda de 3% em relação ao ano anterior. O declínio não foi inesperado e estava de acordo com uma pesquisa da Bloomberg.

Isso significa que os preços da carne bovina e seus derivados continuarão subindo cada vez mais. Você pode tentar mudar para frango ou peru, mas, graças à pandemia de gripe aviária H5N1, eles certamente também não estão baratos.

A essa altura, a “gripe aviária” já matou  mais de 58 milhões [muitos foram sacrificados !!!] de frangos e perus nos Estados Unidos. Se isso já não fosse ruim o suficiente, agora muitos criadores de frango em todo o país estão relatando que suas galinhas pararam repentinamente de botar ovos. Isso é algo que Tucker Carlson discutiu recentemente…

Agora galinhas saudáveis ??põem ovos regularmente, a cada 24 a 26 horas. Mas, de repente, proprietários de galinhas em todo o país – não todos, mas muitos deles – estão relatando que não estão recebendo nenhum ovo ou houve diminuição acentuada. Então, o que está causando isso? Claramente, algo está causando isso. Alguns concluíram que as rações para as frangas pode ser o responsável.

Os preços dos ovos já dispararam a um nível que a maioria das pessoas nunca sonhou que seria possível, e isso está criando um pouco de pânico. Mais americanos do que nunca estão repentinamente interessados ??em criar suas próprias galinhas, e isso provocou um frenesi de compras nos incubatórios locais…

O interesse de pesquisa do Google em “criar galinhas” aumentou significativamente em relação ao ano anterior. A mudança faz parte de um fenômeno mais amplo: uma fatia pequena, mas em rápido crescimento, da população americana se interessou em criar animais para consumo de proteína e cultivar alimentos em casa, uma tendência nascente antes da pandemia e que foi revigorada pela escassez que gerou.

“Como há cada vez mais escassez de quase tudo, isto está levando mais pessoas a querer criar e cultivar a sua própria comida”, observou a Sra. Stevenson em uma tarde de janeiro, enquanto 242 pessoas ligavam para o incubatório, presumivelmente esperando para estocar seus próprios pintinhos. e acessórios adjacentes ao pintinho para construir um pequeno galinheiro.

Infelizmente, tudo o que compartilhamos neste artigo até agora é apenas a ponta do iceberg. Isso ocorre porque os suprimentos globais de alimentos continuarão a ficar mais escassos nos próximos anos, não importa o que façamos agora.

Se de repente parássemos de usar todos os fertilizantes imediatamente, para atender as mudanças apregoadas pelos malucos de Davos, só seríamos capazes de alimentar cerca de metade do mundo. Portanto, a produção de fertilizantes é absolutamente crítica.

Infelizmente, quase todo o fósforo que usamos em nossos fertilizantes vem de “rocha de fosfato não renovável”, e 85% do suprimento restante está localizado em apenas cinco países …

Sem fósforo, os alimentos não podem ser produzidos, pois todas as plantas e animais precisam dele para crescer. Simplificando: se não houver fósforo, não há vida vegetal. Como tal, os fertilizantes à base de fósforo – é o “P” no fertilizante “NPK” – tornaram-se críticos para o sistema alimentar global.

A maior parte do fósforo vem de rocha fosfática não renovável e não pode ser sintetizada artificialmente. Todos os agricultores precisam, portanto, acessá-lo, mas 85% das rochas fosfáticas de alta qualidade remanescentes no mundo estão concentradas em apenas cinco países (alguns dos quais são “geopoliticamente complexos”): Marrocos, China, Egito, Argélia e África do Sul.

À medida que os suprimentos de rocha fosfática não renovável continuam a ficar cada vez mais escassos, os suprimentos globais de alimentos continuarão a ficar cada vez mais apertados. Eventualmente, simplesmente não haverá rocha de fosfato não renovável suficiente para todos, e nesse ponto estaremos com todos os tipos de problemas.

O tipo de fome global terrível sobre a qual alertamos incansavelmente tornou-se inevitável. É só uma questão de tempo. Gostaríamos de encorajá-los a aprender como cultivar sua própria comida agora, porque estamos entrando em tempos que serão extremamente “interessantes”, de fato.

Some-se a tudo que foi descrito acima o grande número de “INCÊNDIOS SUSPEITOS” em dezenas de grandes indústrias de processamento de todos os tipos de alimentos que vem ocorrendo nos últimos meses, como o de duas industrias/fazendas, grandes produtoras de ovos e carne de frango, uma na Nova Zelândia e a outra nos EUA, quando cerca de 150 mil aves morreram agravando ainda mais a escassez de ovos . .


E ouvireis de Guerras e de rumores de Guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMES, e PESTES, e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio das dores. Mateus 24:6-8


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *