Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

EUA: Padres católicos abusaram sexualmente de mais de 600 crianças na Arquidiocese de Baltimore

Um relatório contundente afirmou que mais de 150 líderes da igreja na Arquidiocese de Baltimore cometeram crimes sexuais contra menores de idade. A Arquidiocese Católica de Baltimore encobriu décadas de abuso sexual infantil por padres e outros líderes da igreja desde a década de 1940, afirmou a Procuradoria-Geral de Maryland em um relatório contundente após uma investigação de quatro anos.

EUA: Padres católicos abusaram sexualmente de mais de 600 crianças na Arquidiocese de Baltimore

Fonte: Rússia Today

Mais de 600 crianças foram abusadas sexualmente nas mãos de mais de 150 clérigos, freiras, seminaristas e diáconos, segundo o relatório, divulgado na quarta-feira. A investigação alegou uma  “história incontestável” de “abuso generalizado, pernicioso e persistente”, que foi permitido continuar enquanto os funcionários da diocese optaram por proteger a instituição em vez de proteger as crianças em suas congregações e escolas.

“Este relatório ilustra o fracasso sistêmico e depravado da arquidiocese em proteger os mais vulneráveis ??– as crianças que ela foi encarregada de manter seguras”, disse o procurador-geral Anthony Brown em um comunicado. 

O relatório observou que “o grande número de abusadores e vítimas, a depravação da conduta dos abusadores e a frequência com que abusadores conhecidos tiveram a oportunidade de continuar atacando crianças são surpreendentes”.

Na verdade, o abuso foi supostamente tão generalizado que algumas igrejas e escolas tinham mais de um infrator na equipe ao mesmo tempo. Uma paróquia em Catonsville, Maryland, teve 11 agressores separados entre 1964 e 2004.

Estavas vendo isto, quando uma pedra foi cortada, sem auxílio de mão, a qual feriu a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou. Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como pragana das eiras do estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a Terra”. Daniel 2:34,35

A arquidiocese, a mais antiga diocese católica romana nos Estados Unidos, não protegeu as vítimas quando surgiram alegações de abuso sexual, de acordo com o relatório estadual. Por exemplo, ao saber em 1987 que um clérigo havia abusado sexualmente de uma menina de 14 anos e admitiu ter ficado “excitado por algumas meninas”, a diocese disse à vítima que ele receberia terapia e seria afastado das crianças. 

A diocese não tomou nenhuma outra ação até que novas vítimas surgiram em 1994. Até então, disse o relatório, nove outras meninas haviam sido abusadas e havia indícios de outras vítimas que optaram por não denunciar seus casos.

A investigação se concentrou em abusos anteriores a 2002, quando uma reportagem bombástica da mídia sobre o encobrimento de alegações de abuso sexual pela Arquidiocese de Boston levou a reformas da igreja, incluindo a proibição vitalícia de infratores. 

No entanto, o gabinete do procurador-geral alegou que a Arquidiocese de Maryland falhou em implementar totalmente as reformas necessárias. Por exemplo, falhou em listar publicamente todos os abusadores que conhecia e permitiu que alguns se aposentassem com pensões, em vez de serem demitidos.

O relatório recomendou eliminar o estatuto de limitações de Maryland para alegações de abuso sexual infantil, permitindo que as vítimas entrem com ações civis por seus danos. Os legisladores estaduais aprovaram essa legislação na quarta-feira, aprovando um projeto de lei que encerraria a atual restrição que impede supostas vítimas de processar depois de atingirem os 38 anos.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não receberam o reino, mas receberão poder como reis por uma hora, juntamente com a BESTA (Inteligência Artificial). Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à BESTA (Inteligência Artificial). Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; Vencerão os que estão com Ele, Chamados, e Eleitos, e Fiéis. E disse-me: As águas que viste, onde se assenta a prostituta [VATICANO-ROMA], são povos, e multidões, e nações, e línguas“. – Apocalipse 17:12-15


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *