Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

First Republic Bank: Ações batem Recorde de Baixa mesmo após injeção de US$ 30 bilhões

“Voce está certo, Sedgewick, isto não é um bom sinal!”

Por algumas breves horas ontem, alguns participantes do mercado deram um suspiro de alívio quando os ‘Grandes Bancos’ (To Big to Fail… ainda) jogaram $ 30 bilhões em depósitos para o ‘pequeno banco’ (especificamente o First Republic Bank) e salvaram o mundo, provisoriamente. Hoje o mercado destruiu esse sonho, pois as ações dos bancos regionais continuaram sua recente e rápida desvalorização com o First Republic Bank – que acabara de ser “salvo” – liderando a carga mais baixa no preço de suas ações.

First Republic Bank: Ações batem Recorde de Baixa mesmo após injeção de US$ 30 bilhões

Fonte: Zero Hedge

Agora, depois que o mercado fechou em uma noite de sexta-feira (nada menos que o Dia de São Patrício), o NY Times relata que o banco – recentemente recheado com $ 30 bilhões de dinheiro dos grandes bancos – está em negociações para levantar MAIS dinheiro de outros bancos ou empresas de private equity emitindo novas ações, em uma tentativa desesperada de fortalecer suas finanças.

Desejamos-lhes sorte em seus esforços, pois o analista da Wedbush, David Chiaverini – que baixou o First Republic para neutro hoje, alertou que é difícil “criar um cenário realista em que haja valor residual para os detentores de ações ordinárias da FRC no caso de uma venda.

Segundo três pessoas insiders com conhecimento do processo, os termos do negócio da venda são desconhecidos, mas a venda total do banco é aparentemente possível .

As ações do First Republic Bank estão ampliando as perdas no pós-mercado e o valor de mercado do banco agora é de pouco mais de US$ 4 bilhões (abaixo dos US$ 40 bilhões no final de 2021, uma “queda” de 90%)

Analistas do UBS (que esta negociando fusão com o moribundo Credit Suisse) disseram que as ações do setor bancário “realmente liquidarão apenas depois que o mercado sentir que há uma solução de longo prazo” para os problemas do First Republic Bank.

A injeção de depósito feita de US$ 30 bilhões é vista como um band-aid para ajudar o banco em dificuldades a cumprir suas obrigações de curto prazo. Em comparação, levantar dinheiro com a emissão de ações permitirá ao banco fortalecer os negócios subjacentes e reforçar sua capacidade de lidar com perdas.

“O mercado pode estar interpretando que os US$ 30 bilhões em novos depósitos que estão entrando podem ter evitado uma corrida de depositantes, mas não acrescentou nenhum novo patrimônio ao banco”, Arthur Wilmarth, professor emérito da faculdade de direito da Universidade George Washington. , disse em entrevista.

“Os acionistas sabem que certamente estão em risco.”

Como lembrete, antes do resgate de US$ 30 bilhões de ontem, o banco estava trabalhando com consultores em uma possível venda para um rival maior ou um resgate que poderia incluir uma rápida injeção de dinheiro para garantir que tivesse recursos o suficiente para pagar as retiradas dos clientes daqui para frente. 

O banco também tentou fortalecer suas finanças no fim de semana passado com até US$ 70 bilhões em empréstimos de emergência tomados do Federal Reserve e do JPMorgan.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é fim-dominio-eua-otan-nabucodonosor-fim-roma.jpg

{Nota de Thoth: A estrondosa queda da “Estátua de Nabucodonosor“, com o fim do Hospício e os psicopatas da civilização ocidental e a própria destruição da região da cidade de Roma [incluso a cloaca do Vaticano] estão bem próximos de acontecer. O Hospício Ocidental, o circo do G-7 os ditos “Países de Primeiro Mundo” vão fazer face ao seu carma “liberal“, “acordado” . . .}


Mais informações, leitura adicional:

Permitido reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *