Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

FSB da Rússia abre Processo Criminal contra Yevgeny Prigozhin após ‘Motim Armado’

Yevgeny Prigozhin, chefe da empresa militar privada Wagner Group PMC, está sob investigação por supostamente defender um motim armado contra o governo russo, disse o comitê antiterrorismo da Rússia na sexta-feira. Todas as alegações de Prigozhin são “totalmente infundadas”, disse o órgão em comunicado, acrescentando que o Serviço Federal de Segurança (FSB) “abriu uma investigação criminal contra Yevgeny Prigozhin por convocar uma rebelião armada”.

FSB abre processo criminal contra Yevgeny Prigozhin após chefe de Wagner Group PMC pedir ‘rebelião armada’ contra o governo e militares da Rússia

Fonte: Rússia Today

“Exigimos o fim imediato de todas as atividades ilegais”, afirmou o comitê antiterrorismo da Rússia.

Anteriormente, o Ministério da Defesa da Rússia acusou Prigozhin de espalhar falsidades sobre um vídeo que circulava nas redes sociais que afirmava que os militares russos haviam atacado uma base dos combatentes da Wagner.

“Um grande número de nossos combatentes morreu. Decidiremos como responderemos a essa atrocidade. O próximo passo é nosso”, disse Prigozhin em um comunicado comentando o suposto ataque. Ele então prometeu marchar sobre Moscou e responsabilizar os responsáveis, alertando os militares para ficarem fora de seu caminho.

O Ministério da Defesa descreveu as alegações de Prigozhin como “uma provocação informativa” e disse que os militares russos estavam lutando na linha de frente contra as tropas ucranianas.

Mensagem completa de Prigozhin “declarando guerra ao Ministério da Defesa da Rússia:

“O Conselho de Comandantes do PMC Wagner tomou uma decisão: o mal trazido pela liderança militar do país deve ser interrompido. Eles negligenciam a vida dos soldados. Esqueceram a palavra “justiça” e vamos trazê-la de volta. Aqueles que destruíram hoje nossos homens, que destruíram dezenas, dezenas de milhares de vidas de soldados russos, serão punidos. Eu pergunto: ninguém resiste. Todos que tentarem resistir, nós os consideraremos um perigo e os destruiremos imediatamente, incluindo quaisquer postos de controle em nosso caminho. E qualquer aviação que vemos acima de nossas cabeças. Peço a todos que mantenham a calma, não cedam às provocações e permaneçam em suas casas. O ideal é que aqueles que estão no nosso caminho não saiam. Depois de terminarmos o que começamos, voltaremos à linha de frente para proteger nossa pátria. Autoridade presidencial, governo, ministério de assuntos internos, Rosgvardia e outros departamentos continuarão operando como antes. Vamos lidar com aqueles que destroem soldados russos. E voltaremos à linha de frente. A justiça no Exército será restaurada. E depois disso, justiça para toda a Rússia.”

LEIA MAIS: Chefe da Wagner espalhando desinformação – MOD

A Procuradoria-Geral da República da Rússia disse que “este crime é punido com pena de prisão de 12 a 20 anos”. Segundo o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, o presidente russo, Vladimir Putin, foi informado sobre a situação envolvendo Prigozhin e a Wagner, e “todas as medidas necessárias”  estão sendo tomadas para resolver o assunto.

Wagner PMC ‘tentativa de golpe armado’ na Rússia: as últimas notícias e atualizações

Há alguma turbulência na Rússia depois que Evgeny Prigozhin, chefe da empresa militar privada do Grupo Wagner, foi acusado pelo governo de encenar uma insurreição armada. As acusações foram apresentadas na noite de sexta-feira, depois que Prigozhin acusou o ministro da Defesa, Sergey Shoigu, e o general Valery Gerasimov, chefe do estado-maior russo, de crimes graves.

Prigozhin afirmou ter ordenado que as tropas leais a ele se movessem em direção a Rostov-on-Don, uma grande cidade no sul da Rússia. As medidas de segurança também foram reforçadas em Moscou.

24 de junho de 2023:

  • 15:42 GMT – Uma operação antiterrorista foi lançada em Moscou, anunciou o prefeito da cidade, Sergey Sobyanin, descrevendo a situação atual como “difícil”. A próxima segunda-feira foi declarada um dia não útil para “minimizar os riscos”, acrescentou o prefeito. Sobyanin também pediu aos residentes da cidade que reduzam as viagens pela cidade, alertando que o tráfego rodoviário em certas áreas pode ser totalmente interrompido.
  • 15:27 GMT – Uma grande ponte sobre o rio Oka foi bloqueada por veículos pesados ??na cidade russa de Kolomna, 114 quilômetros a sudeste de Moscou. Uma grande coluna militar foi avistada na cidade indo para o sudeste em direção à cidade de Ryazan, imagens não verificadas circulando online mostraram.
  • 14:24 GMT – Teerã chamou a insurreição em andamento de um assunto interno da Rússia. “O Irã apóia o estado de direito na Federação Russa”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Nasser Kanaani, em comunicado.
  • 14:01 GMT – Combatentes da Akhmat, uma unidade de elite da Guarda Nacional da Chechênia russa, chegaram a Rostov-on-Don, segundo imagens não verificadas que circulam na internet. Vários veículos blindados e caminhões transportando pessoal podem ser vistos circulando nos arredores da cidade, que se tornou o foco da insurreição do Wagner PMC.
  • 13:54 GMT – As forças do Grupo Wagner estão se movendo pela região de Lipetsk, localizada a cerca de 370 quilômetros ao sul de Moscou, disse o governador local Igor Artamonov, pedindo aos civis que fiquem em suas casas e evitem viagens desnecessárias. “A situação continua sob controle”, disse o governador, acrescentando que a infraestrutura crítica da região continua operando sem incidentes.
  • 13:05 GMT – O aliado mais próximo da Rússia, a Bielorrússia, condenou o motim, com o conselho de segurança do país declarando que Minsk continua comprometida em permanecer ao lado da Rússia e apóia totalmente a operação militar em andamento na Ucrânia. O conselho também classificou a tentativa de golpe como um “presente para o Ocidente coletivo”.
  • 12:45 GMT – O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ligou para seu colega russo, Vladimir Putin, informou o serviço de imprensa do Kremlin.“O presidente russo informou [Erdogan] sobre a situação no país em meio à tentativa de insurreição armada. O presidente da Turquia expressou seu total apoio às medidas tomadas pela liderança russa”, disse o serviço de imprensa em um comunicado.
  • 12:32 GMT – O chefe do Serviço de Inteligência Estrangeira da Rússia (SVR), Sergey Naryshkin, denunciou o golpe em andamento como “traição”, rotulando-o de “o crime mais terrível, que não pode ser justificado por nenhum mérito passado”. Entretanto, disse que a tentativa de desencadear uma “guerra civil” no país já falhou, com a sociedade russa a demonstrar “maturidade cívica”.
  • 11:43 GMT – Uma forte explosão foi ouvida nas proximidades do quartel-general do distrito militar do sul da Rússia em Rostov-on-Don, informou o correspondente do RT Roman Kosarev, cobrindo a tentativa de golpe, no sábado. Ele postou um clipe de um minuto nas redes sociais mostrando uma multidão de pessoas fugindo de onde a explosão aparentemente ocorreu. Não há dados imediatos sobre vítimas ou se o prédio sofreu algum dano.

Tanques e homens armados vistos nas ruas de Rostov-on-Don em meio à tentativa de “golpe” de Wagner – vários vídeos postados nas mídias sociais demostram.

  • 11:11 GMT – O ex-presidente russo Dmitry Medvedev disse: “a coisa mais importante para derrotar o inimigo externo e interno que está com fome de despedaçar nossa pátria… é unir-se em torno do presidente e comandante supremo das forças armadas. A divisão e a traição levam à maior tragédia, a um desastre universal”, alertou ele em um post no Telegram, prometendo que as autoridades russas não permitirão que isso aconteça.
  • 10:40 GMT – O chefe da República Chechena da Rússia, Ramzan Kadyrov, chamou a insurreição do chefe de Wagner de “traição hedionda”, acrescentando que ela deveria ser reprimida para proteger a unidade da nação em meio ao conflito na Ucrânia. Membros chechenos do Ministério da Defesa e da Guarda Nacional já se dirigiram para as regiões onde as tensões são altas. “A insurreição deve ser reprimida e, se forem necessárias medidas duras, estamos prontos para elas!” Ele afirmou em um post no Telegram.
  • 08:56 GMT – O governador de Voronezh, Alexander Gusev, disse que os militares russos estão “realizando as medidas operacionais e de combate necessárias” na região como parte da operação antiterrorista em andamento, sem fornecer mais detalhes.
  • 08:15 GMT – O governador de São Petersburgo, Alexander Beglov, disse que a situação na cidade, que abriga o Wagner Center HQ, permanece estável, com o aumento das medidas de segurança implementadas. Ele também observou que “ações legais de agentes da lei, incluindo aquelas no prédio do Wagner Center, não têm impacto nas atividades em andamento na cidade”, aparentemente referindo-se a relatórios anteriores de que agentes estavam realizando buscas lá.
  • 07:54 GMT – A situação em Rostov-on-Don é tensa, mas sem desordem, relata um correspondente da Ria Novosti do local. No início do dia, vários meios de comunicação compartilharam clipes de tanques se movendo pela cidade, com soldados não identificados patrulhando as ruas.

Parece que Prigozhin assumiu o quartel-general do exército russo em Rostov on Don”.

  • 07:11 GMT – Todos os que conscientemente seguirem o caminho da traição receberão punição iminente, disse o presidente russo, Vladimir Putin, em seu discurso à nação. Ele acrescentou que as forças armadas do país receberam todas as ordens necessárias.
  • 06:35 GMT – O prefeito de Moscou, Sergey Sobyanin, cancelou todos os eventos públicos de massa, acrescentando que não há restrições ao movimento na capital.
  • 06:26 GMT – O Ministério da Defesa da Rússia instou os soldados da empresa militar privada do Grupo Wagner a cessar sua insurreição armada, instando-os a retornar às suas bases. Em comunicado no sábado, o ministério afirmou que membros do PMC  “foram levados a participar da jogada criminosa de [chefe do grupo Wagner, Evgeny] Prigozhin”, acrescentando que alguns combatentes de Wagner “já entenderam seu erro” e pediram às autoridades para ajudar a retornar com segurança para suas áreas de implantação permanente.
  • 06:03 GMT – O Comitê Nacional Antiterrorismo da Rússia (NAK) anunciou um “regime de operação antiterrorista” em Moscou e na região de Moscou para evitar possíveis ataques terroristas.
  • 03:23 GMT – O prefeito de Moscou, Sergey Sobyanin, anunciou no Telegram que as autoridades locais estão implementando “medidas antiterroristas” para maximizar a segurança pública. Ele acrescentou que as medidas podem envolver bloqueios adicionais e restrições temporárias a eventos públicos.
  • 03:11 GMT – Vasily Golubev, governador da região de Rostov, pediu aos moradores que evitem o centro de Rostov-on-Don e, se possível, não deixem suas casas. A declaração ocorre em meio a vídeos que circulam nas redes sociais mostrando tanques e veículos blindados em movimento no centro da cidade.
  • 02:28 GMT – Uma coluna militar está em movimento na rodovia M-4 que conecta Voronezh e Rostov-on-Don, anunciaram as autoridades locais no Telegram, pedindo aos residentes locais que se abstenham temporariamente de usar a estrada. A declaração acrescenta que as agências de aplicação da lei na região estão “tomando todas as medidas necessárias para garantir a segurança”.
  • 02:01 GMT – Um vídeo supostamente filmado em Rostov-on-Don mostra um tanque e um veículo blindado (APC) passando por um grupo de policiais que guardam um posto de combustível. Mais equipamento militar, incluindo outro tanque, outro APC, dois carros blindados e um caminhão, seguem logo em seguida. As imagens que circulam online não puderam ser verificadas imediatamente.
  • 01:56 GMT – A estrada que liga a cidade de Rostov-on-Don ao porto marítimo de Azov de Taganrog, cerca de 60 km a oeste, foi totalmente fechada para o tráfego, informou um correspondente da TASS. Restrições semelhantes também foram relatadas em relação ao tráfego no sentido norte na rodovia M4, que leva a Moscou. Outras saídas de Rostov-on-Don permanecem disponíveis, de acordo com o relatório.
  • 01:36 GMT – Igor Artamonov, governador da região de Lipetsk, anunciou o aumento das medidas de segurança, com foco particular na proteção de infraestrutura crítica. Ele pediu aos residentes que evitem viajar para o sul da Rússia, incluindo a vizinha região de Voronezh. “Os últimos acontecimentos perturbaram a todos nós. Mas peço a todos que mantenham a calma”, disse ele em sua conta no Telegram. Lipetsk está localizada a cerca de 370 km ao sul de Moscou e 590 km ao norte de Rostov-on-Don.
  • 01:35 GMT – A filial da região de Rostov do Ministério de Emergências alertou sobre uma postagem falsa publicada em seu nome nas redes sociais. A mensagem afirma falsamente que um toque de recolher foi imposto na região, acrescentando que aqueles que espalham a mensagem estão aparentemente tentando causar pânico.
  • 01:25 GMT – A rede social russa VK bloqueou uma das declarações divulgadas pela assessoria de imprensa de Prigozhin na plataforma. A postagem agora afirma que a mensagem não está disponível na Rússia, com base em uma decisão do gabinete do procurador-geral.Também há alegações de que algumas notícias sobre os últimos passos de Prigozhin estão sendo bloqueadas pela Yandex, a gigante tecnológica russa que administra um mecanismo de busca na web de mesmo nome.
  • 01:10 GMT – Um vídeo que supostamente mostra um confronto armado entre as forças Wagner PMC e o exército russo está circulando nas redes sociais. No entanto, não foi verificado de forma independente.
  • 01:09 GMT – O governador da região de Rostov, Vasily Golubev, pediu aos moradores por meio de seu canal no Telegram que “mantenham a calma e não saiam de casa sem necessidade”. Ele acrescentou que a aplicação da lei está fazendo todo o necessário para garantir a segurança dos civis.
  • 00:54 GMT – Nenhuma atividade incomum foi observada perto da sede da Wagner PMC em São Petersburgo, de acordo com um correspondente da TASS no local. A agência de notícias acrescentou que os seguranças também negaram relatos de que uma busca estava em andamento no prédio.
  • 00:47 GMT – O feed de vídeo da câmera de trânsito de Rostov-on-Don, que poderia ter mostrado as supostas colunas de equipamento militar Wagner se movendo pelas ruas, não está disponível no momento. Ao tentar acessar o feed, os usuários são recebidos com uma mensagem dizendo ‘O acesso à transmissão está temporariamente limitado’.
  • 00:44 GMT – O Ministério da Defesa da Rússia alertou em seu canal Telegram que as forças ucranianas estavam se preparando para usar a “provocação de Prigozhin” para lançar um ataque nas proximidades de Artyomovsk. A cidade de Donbass, que a Ucrânia chama de Bakhmut, foi o ponto focal de uma intensa batalha de meses de duração, na qual PMC Wagner desempenhou um papel significativo. A cidade foi tomada pelas forças russas no mês passado.
  • 00:33 GMT – A TASS relatou aumento da segurança na rodovia que liga Rostov-on-Don ao centro da Rússia, incluindo Moscou. A presença da polícia foi aumentada e o tráfego de entrada é controlado e sujeito a inspeções. Os veículos não estão autorizados a trafegar da cidade para a capital de forma alguma, segundo a agência de notícias.
  • 01:56 GMT – A estrada que liga a cidade de Rostov-on-Don ao porto marítimo de Azov de Taganrog, cerca de 60 km a oeste, foi totalmente fechada para o tráfego, informou um correspondente da TASS. Restrições semelhantes também foram relatadas em relação ao tráfego no sentido norte na rodovia M4, que leva a Moscou. Outras saídas de Rostov-on-Don permanecem disponíveis, de acordo com o relatório.
  • 01:36 GMT – Igor Artamonov, governador da região de Lipetsk, anunciou o aumento das medidas de segurança, com foco particular na proteção de infraestrutura crítica. Ele pediu aos residentes que evitem viajar para o sul da Rússia, incluindo a vizinha região de Voronezh.“Os últimos acontecimentos perturbaram a todos nós. Mas peço a todos que mantenham a calma”, disse ele em sua conta no Telegram.Lipetsk está localizada a cerca de 370 km ao sul de Moscou e 590 km ao norte de Rostov-on-Don.
  • 01:35 GMT – A filial da região de Rostov do Ministério de Emergências alertou sobre uma postagem falsa publicada em seu nome nas redes sociais. A mensagem afirma falsamente que um toque de recolher foi imposto na região, acrescentando que aqueles que espalham a mensagem estão aparentemente tentando causar pânico.
  • 01:25 GMT – A rede social russa VK bloqueou uma das declarações divulgadas pela assessoria de imprensa de Prigozhin na plataforma. A postagem agora afirma que a mensagem não está disponível na Rússia, com base em uma decisão do gabinete do procurador-geral.Também há alegações de que algumas notícias sobre os últimos passos de Prigozhin estão sendo bloqueadas pela Yandex, a gigante tecnológica russa que administra um mecanismo de busca na web de mesmo nome.
  • 01:10 GMT– Um vídeo que supostamente mostra um confronto armado entre as forças Wagner PMC e o exército russo está circulando nas redes sociais. No entanto, não foi verificado de forma independente.
  • 01:09 GMT – O governador da região de Rostov, Vasily Golubev, pediu aos moradores por meio de seu canal no Telegram que “mantenham a calma e não saiam de casa sem necessidade”. Ele acrescentou que a aplicação da lei está fazendo todo o necessário para garantir a segurança dos civis.
  • 00:54 GMT– Nenhuma atividade incomum foi observada perto da sede da Wagner PMC em São Petersburgo, de acordo com um correspondente da TASS no local. A agência de notícias acrescentou que os seguranças também negaram relatos de que uma busca estava em andamento no prédio.
  • 00:47 GMT – O feed de vídeo da câmera de trânsito de Rostov-on-Don, que poderia ter mostrado as supostas colunas de equipamento militar Wagner se movendo pelas ruas, não está disponível no momento. Ao tentar acessar o feed, os usuários são recebidos com uma mensagem dizendo ‘O acesso à transmissão está temporariamente limitado’.
  • 00:44 GMT – O Ministério da Defesa da Rússia alertou em seu canal Telegram que as forças ucranianas estavam se preparando para usar a “provocação de Prigozhin” para lançar um ataque nas proximidades de Artyomovsk. A cidade de Donbass, que a Ucrânia chama de Bakhmut, foi o ponto focal de uma intensa batalha de meses de duração, na qual PMC Wagner desempenhou um papel significativo. A cidade foi tomada pelas forças russas no mês passado.
  • 00:33 GMT – A TASS relatou aumento da segurança na rodovia que liga Rostov-on-Don ao centro da Rússia, incluindo Moscou. A presença da polícia foi aumentada e o tráfego de entrada é controlado e sujeito a inspeções. Os veículos não estão autorizados a trafegar da cidade para a capital de forma alguma, segundo a agência de notícias.

EM DESENVOLVIMENTO . . .


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Você não é deste mundo. Você não é este corpo que habita. Você não é essas emoções, esses pensamentos, esse EGO com o qual se identifica. Você nem mesmo é sua vida ou a morte. Quando você é capaz de se distanciar dessas coisas, então o verdadeiro você, o você gnóstico, entra no foco de sua cognição. Mais puro que o éter, mais radiante que o sol, mais puro que a neve acumulada, cheio de vida e retirado do contexto da morte, este é o eu que você é. Para ajudá-lo a saber disso, Krishna, Buddha, Jesus e todos os outros grandes Mensageiros da Luz vieram a este mundo, fazendo o sacrifício de vir da plenitude para o caos para trazer isso [esse CONHECIMENTO] a você. Você deve saber disso, e deve fazer isso, porque sem ele você não está realmente vivo, não está realmente consciente, mas com ele, você é todas as coisas, você tem todas as coisas, e o Tudo se tornou você. Esta é a mensagem da GNOSE!  Richard, Duc de Palatine (1916–1977)


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *