Zelensky alerta “Bandeira Falsa’ contra usina nuclear de Zaporizhzhia enquanto contra-ofensiva da Ucrânia falha

Não é pela primeira vez até agora no conflito, que as acusações de eventos de bandeira falsa envolvendo material radioativo na usina nuclear de Zaporizhzhia estão “voando”, depois que o presidente da Ucrânia, Zelensky, acusou a Rússia de planejar um “ataque terrorista” na usina de Zaporizhzhia {SOB SEU CONTROLE], que resultará em um vazamento intencional de radiação, de acordo com uma declaração em vídeo na quinta-feira.

Zelensky emitiu alerta de ataque de “Bandeira Falsa’ contra usina nuclear de Zaporizhzhia quando a sua contra-ofensiva falha

Fontes: Zero HedgeRússia Today

“A inteligência ucraniana recebeu informações de que a Rússia está considerando o cenário de um ato terrorista na usina nuclear de Zaporizhzhia – um ato terrorista com vazamento de radiação, afirmou. 

“A radiação não tem fronteiras estatais. Quem quer que ela atinja é dissuadido apenas pela direção do vento”, acrescentou Zelensky.

O líder [palhaço presidente] ucraniano afirmou ainda ter evidências para apoiar suas afirmações sobre o complô, mas o Kremlin criticou tudo isso como “outra mentira”. A Rússia também enfatizou que uma equipe internacional de especialistas nucleares apoiados pela ONU esteve no local observando o protocolo de segurança e as operações adequadas da usina.

Zelensky está, em essência, alegando que Moscou está planejando um ataque de bandeira falsa nas próprias instalações que suas próprias forças há muito ocupam e controlam. As forças russas supervisionaram a equipe local que mantém a usina nuclear, a maior usina nuclear da Europa, em operação. Durante o último ano e meio, o local foi alvo de bombardeios esporádicos, com ambos os lados frequentemente culpando o outro por colocar toda a Europa em risco.

Zelensky disse que recebeu informações sobre o grande incidente de segurança nuclear iminente e as repassou a outros países, incluindo Estados Unidos, Europa e até China, Brasil e Índia.

“Desta vez não deve ser como Kakhovka”, disse Zelensky também no vídeo, uma referência à represa hidrelétrica que explodiu e resultou em inundações devastadoras e mortais na região sul no início deste mês. Kiev afirmou que as forças russas causaram a explosão da barragem, enquanto os céticos observaram que o ato seria equivalente a Moscou dar um tiro no próprio pé, já que a destruição da barragem criou um enorme risco para o abastecimento de água da Crimeia, como até mesmo o NY Times destacou.

Embora Zelensky não tenha oferecido nenhuma evidência ou detalhes concretos para apoiar seus novos e alarmantes avisos sobre a usina de Zaporizhzhia, ele concluiu sua mensagem de vídeo dizendo: “o mundo foi avisado, então o mundo pode e deve agir”.

É claro que ele também colocou vários departamentos do governo em alerta máximo, incluindo monitores locais e regionais, de acordo com o The Independent :  

“Sabemos que os russos podem fazer isso, sabíamos que eles poderiam explodir a represa de Kakhovka e sabemos que poderiam atingir a usina [de Zaporizhzhia]”, disse Taras Tyshchenko, chefe do centro de controle e prevenção de doenças na cidade de Zaporizhzhia, ao The Independente.

Nas instalações do Ministério da Saúde, as equipes de Tyshchenko já estão testando o ar e a água em busca de radiação e doenças após a explosão da barragem.

Enquanto isso, vários observadores de guerra independentes apontaram que a Ucrânia recorrerá a táticas cada vez mais extremas [e desesperadas] à medida que sua contra-ofensiva esta sendo repelida pelos militares da Rússia, tornando este um momento verdadeiramente perigoso.

“Acabamos de receber um relatório de nossa inteligência e do Serviço de Segurança da Ucrânia. A inteligência recebeu informações de que a Rússia está considerando um cenário de ataque terrorista à usina nuclear de Zaporizhzhia. Um ataque terrorista com vazamento de radiação. Eles prepararam tudo para isso. Infelizmente, tive que lembrar repetidamente que a radiação não tem fronteiras estaduais e quem ela atingirá é determinada apenas pela direção do vento. Compartilhamos todas as informações disponíveis com nossos parceiros – todos no mundo. Todas as evidências. Europa, América, China, Brasil, Índia, mundo árabe, África – todos os países, absolutamente todos deveriam saber disso. Organizações internacionais. Todos. Nunca deve haver nenhum ataque terrorista em usinas nucleares em qualquer lugar. Desta vez não deve ser como com Kakhovka – o mundo foi avisado, então o mundo pode e deve agir.

Estamos testemunhando Zelensky preparando o mundo para o que pode, na verdade, ser uma bandeira falsa ucraniana em andamento? [num ato de desespero e vingança pela iminente derrota na guerra com a Rússia]

O timing deste relatório, baseado em declarações do FSB [serviço de inteligência] da Rússia, é certamente interessante…

O FSB disse que cinco indivíduos não identificados foram pegos comprando ilegalmente Césio-137 por US$ 3,5 milhões “no interesse de um cliente estrangeiro”.

Até agora, vários eventos importantes levantaram a possibilidade de que os eventos de bandeira falsa já se tornaram uma característica fundamental do conflito, principalmente as explosões do oleoduto Nord Stream 1 e 2 da Rússia [pelos militares dos EUA] em setembro passado.

Enquanto Kiev e a imprensa ocidental correram para culpar a Rússia por supostamente bombardear seu próprio gasoduto vital nos meses que se seguiram, um novo consenso na mídia surgiu recentemente apontando para uma operação de sabotagem ucraniana. Durante todo o tempo, Seymour Hersh também sustentou que era uma operação de inteligência americana. 

Detidos pelo Serviço de Segurança da Rússia {FSB} contrabandistas de isótopos radioativos Césio-137

Um grupo supostamente ofereceu US$ 3,5 milhões por um quilo de césio-137, que os compradores queriam usar para culpar a Rússia na Ucrânia.

O Serviço de Segurança Russo (FSB) relatou a prisão de um grupo de supostos contrabandistas do isótopo radioativo Césio-137. Alegou que, se a operação tivesse sido bem-sucedida, o material perigoso teria sido usado em uma provocação contra a Rússia na zona de conflito da Ucrânia.

Cinco indivíduos foram capturados por agentes do FSB, com apoio de funcionários do Ministério do Interior, informou o comunicado. O grupo agia “com a coordenação de um cidadão ucraniano” e estava disposto a pagar US$ 3,5 milhões por um quilo do produto, disseram.

Imagens divulgadas pelo serviço mostraram a cena da suposta troca. Os compradores receberam um contêiner pesado que exigia quatro homens para carregá-lo e colocá-lo no porta-malas de um carro. Posteriormente, os policiais entraram para fazer as prisões. Partes do vídeo foram desfocadas para esconder os rostos dos envolvidos.

A parte estrangeira que procurou obter Césio-137 na Rússia pretendia usá-lo “para conduzir uma campanha de propaganda de informação para desacreditar o país internacionalmente, encenando cenas do uso de armas de destruição em massa [num ataque estilo “Falsa Bandeira”]”, afirmou o comunicado.

O césio-137 é produzido apenas em reações de fissão nuclear, inclusive em reatores e explosões nucleares. Sua natureza antropogênica combinada com sua capacidade de se espalhar facilmente por grandes distâncias é usada por cientistas para datar com precisão objetos da era pré-atômica, verificando se há vestígios do elemento e produtos de seu decaimento radioativo. Também é usado para radioterapia e para calibrar sensores de radiação gama.

O isótopo tem uma meia-vida relativamente longa, de 30 anos, e seus sais são facilmente solúveis em água, o que o torna um sério risco de contaminação radioativa.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Você não é deste mundo. Você não é este corpo que habita. Você não é essas emoções, esses pensamentos, esse EGO com o qual se identifica. Você nem mesmo é sua vida ou a morte. Quando você é capaz de se distanciar dessas coisas, então o verdadeiro você, o você gnóstico, entra no foco de sua cognição. Mais puro que o éter, mais radiante que o sol, mais puro que a neve acumulada, cheio de vida e retirado do contexto da morte, este é o eu que você é. Para ajudá-lo a saber disso, Krishna, Buddha, Jesus e todos os outros grandes Mensageiros da Luz vieram a este mundo, fazendo o sacrifício de vir da plenitude para o caos para trazer isso [esse CONHECIMENTO] a você. Você deve saber disso, e deve fazer isso, porque sem ele você não está realmente vivo, não está realmente consciente, mas com ele, você é todas as coisas, você tem todas as coisas, e o Tudo se tornou você. Esta é a mensagem da GNOSE!  Richard, Duc de Palatine (1916–1977)


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.325 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth