Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Governo Britânico enfrenta investigação policial sobre ‘Violações de Segurança’ da vacina

O Dr. Sam White e sua equipe jurídica estão buscando justiça contra o governo do Reino Unido, que acusam de estar ignorando os riscos de segurança conhecidos associados às “vacinas” do coronavírus Covid-19. White et al. visitou recentemente as delegacias de polícia de Charing Cross e Hammersmith em Londres para registrar uma queixa criminal alegando que as autoridades britânicas estão deliberadamente ocultando informações do público sobre as implicações negativas para a saúde ao se injetar com vacina experimental genética mRNA.

Governo Britânico enfrenta investigação policial sobre ‘Violações de Segurança’ da vacina

Fonte: The Epoch Times

A empresa de advocacia PJH Law diz que tem “evidências significativas e irrefutáveis” de irregularidades, e a Polícia Metropolitana teria aceitado essas evidências como parte da denúncia apresentada. Um número de referência de crime foi então emitido para “Má conduta em cargo público” e um oficial do departamento de investigação foi designado para lidar com o caso.

“De suma importância e por uma questão de segurança pública, nós, como um coletivo, exigimos que a distribuição da vacina fosse interrompida imediatamente e sugerimos que uma declaração à nação fosse feita pela Polícia Metropolitana para aconselhar a respeito”, afirmaram os advogados que agem em nome do Dr. Sam White. “Vários departamentos governamentais e, em particular, indivíduos em cargos públicos e do governo foram nomeados como infratores e temos evidências de seu apoio.”

A entrevista policial que levou à abertura das investigações durou seis horas e foi gravada. Não está sendo divulgado publicamente, no entanto, porque agora é considerado uma investigação em curso. Uma das coisas que a equipe de advogados do Dr. Sam White enfatizou para a polícia é que médicos, enfermeiras e profissionais de saúde do estado em todo o Reino Unido estão sendo “chantageados para tomarem a vacina ou perderem seus empregos”.

O prazo que o governo do Reino Unido definiu para que os profissionais de saúde sejam totalmente vacinados é  1º de abril de 2022 . Esta data é mais conhecida como o “Dia da Mentira” [apropriadamente], quando tradicionalmente brincam de piadas, mas White e seus colegas dizem que não há nada de engraçado em forçar as pessoas a tomar uma vacina experimental, com graves efeitos colaterais ,não totalmente testada ou perder seus empregos.

Vacinação secreta forçada é estupro médico

Os números mais recentes, entretanto, não parecem bons em termos do que as vacinas já estão fazendo às pessoas que decidiram tomá-los. Os países mais vacinados do mundo estão vendo os maiores surtos de novos “casos”, bem como hospitalizações e mortes. Isso é verdade não apenas no Reino Unido, mas também nos Estados Unidos, Cingapura, Israel e em outros lugares.

A Grã-Bretanha atualmente tem algumas das medidas mais rígidas em vigor para forçar o público a levar uma picada, mesmo que ele não queira. Muitos estão fazendo isso apenas para manter seus empregos ou para continuar a ter permissão para viajar.

Muito poucos, ao que parece, ainda estão sendo picados porque temem algum “vírus”. No início de tudo isso, aqueles que acreditavam na plandemia estavam ansiosos para serem injetados, mas agora são apenas os resistentes que dizem que devem tomar as vacinas ou então serão punidos.

“Infelizmente, não somos mais governados pelo império da lei, mas pela lei da opinião pública popular[pela ignorância, medo e conformidade bovina das massas], lamentou um comentarista do Epoch Times .

“A grande maioria apóia a vacinação obrigatória. Portanto, é aceitável intimidar, ameaçar, coagir, impor e ignorar completamente a convenção de Nuremberg. A raça humana perdeu sua bússola moral”.

Outro questionou por que as pessoas no Reino Unido (e em outros lugares) ainda estão sendo informadas de que precisam usar as “focinheiras”, já que a ciência mais recente mostra que a máscara não faz absolutamente nada para impedir a propagação (e provavelmente contribui para a propagação).

“Espero que esses psicopatas sejam levados à justiça por seus crimes contra a humanidade”, escreveu outro.

“Eu tomei minha primeira injeção em março, tive fortes dores no peito e fui hospitalizada, minha mãe teve coágulos de sangue depois das injeções. Conheço pessoas na minha rua que tiveram falência de órgãos e outra desenvolveu um coágulo sanguíneo no pulmão”.

As últimas notícias sobre vacinas contra a gripe Wuhan podem ser encontradas em ChemicalViolence.com .

As fontes deste artigo incluem: TheEpochTimes.comNaturalNews.com


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


“Você não é deste mundo. Você não é este corpo que habita. Você não é essas emoções, esses pensamentos, esse ego com o qual se identifica. Você nem mesmo é sua vida ou morte. Quando você é capaz de se distanciar dessas coisas, então o verdadeiro você, o você gnóstico, entra no foco de sua cognição. Mais puro que o éter, mais radiante que o sol, mais puro que a neve acumulada, cheio de vida e retirado do contexto da morte, este é o eu que você é. Para ajudá-lo a saber disso, Jesus e Buddha e todos os outros grandes mensageiros de luz vieram a este mundo, fazendo o sacrifício de vir da plenitude para o vazio para trazer isso a você. Você deve saber disso, e deve fazer isso, porque sem ele você não está realmente vivo, não está realmente consciente, mas com ele, você é todas as coisas, você tem todas as coisas, e o Tudo se tornou você. Esta é a mensagem da Gnose! ”  – Richard, Duc de Palatine (1916–1977)


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *