Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Mais Um Novo Super Vírus Covid foi criado, agora num Laboratório de Londres

Uma nova cepa potencialmente mortal do vírus Covid foi criada em um laboratório da Universidade de Londres, de acordo com um relatório. O Daily Mail relata  que pesquisadores do Imperial College London hibridizaram a cepa original de Wuhan da doença com as variantes Omicron ou Delta separadamente. Os Cientistas britânicos criaram intencionalmente cepas híbridas de Covid em experimentos arriscados considerados como ‘brincando com fogo’,  pode revelar o MailOnline. Hamsters foram infectados com vírus mutantes, criados com misturas da cepa original de Wuhan e partes das cepas Omicron ou Delta. 

Cientistas do Reino Unido criaram cepas mutantes de Covid em experimentos de laboratório de “alto risco e baixo benefício”

Fontes: Summit NewsDaily Mail

Os críticos da pesquisa, realizada pelo Imperial College London , a chamaram de “insanidade” e alertaram que os testes de laboratório poderiam, em teoria, desencadear uma nova ameaça viral global. Vinte cientistas estiveram envolvidos no projeto, incluindo um que faz parte do painel consultivo SAGE do governo britânico.

Mas a universidade insiste que o estudo, parcialmente financiado pelo contribuinte, seguiu os regulamentos britânicos e foi totalmente seguro.  Nossa revelação ocorre em meio ao furor contínuo sobre experimentos semelhantes nos EUA, onde as autoridades propuseram uma repressão à pesquisa de manipulação de vírus. 

No início deste mês, o DailyMail.com, o equivalente nos EUA do MailOnline, revelou que acadêmicos da Universidade de Boston combinaram diferentes partes da variante Omicron e as cepas originais de Wuhan Covid criando um novo vírus com 80% de letalidade em ratos. 

O estudo de Imperial foi parcialmente financiado pelo governo, através de uma ramificação de uma agência chamada UK Research and Innovation
O estudo de Imperial College foi parcialmente financiado pelo governo, através de uma ramificação de uma agência chamada UK Research and Innovation 

O Imperial College ainda não revelou a eficácia da cepa que eles criaram e negou que o trabalho constitua “ganho de função”, o processo de engenharia genética agora amplamente considerado responsável pela criação em laboratório da cepa original em Wuhan.

O especialista em biologia molecular Dr. Richard Ebright alertou que a nova cepa mutante, que foi injetada em hamsters em Londres, “é insanidade, tanto em termos de redundância quanto de desperdício”, e que não tem “aplicações práticas previsíveis”.

Pelo menos quatro laboratórios em dois continentes agora construíram vírus não naturais gerados em laboratório que retêm o alto escape imunológico do Omicron e adquirem maior gravidade do que o Omicron e que, como tal, são razoavelmente esperados para aumentar a transmissão ou patogenicidade em humanos”.

“Este desenvolvimento deve ser um alerta”, instou o biólogo, acrescentando que “se o mundo deseja evitar novas ondas pandêmicas e pandemias causadas por patógenos pandêmicos potenciais aprimorados gerados em laboratório, é urgentemente necessário restringir o alto risco sem sentido, pesquisa de baixo benefício que cria patógenos pandêmicos potenciais aprimorados e para implementar uma supervisão nacional eficaz, com força de lei, em tais pesquisas”.

O Dr. Ebright alertou ainda que o desenvolvimento é enorme “especialmente em termos do risco de desencadear uma nova onda pandêmica após a liberação acidental ou deliberada dos vírus gerados em laboratório”.

A pesquisa de cientistas britânicos ocorre depois que  a Universidade de Boston criou uma nova cepa com 80% de KILL RATE  de maneira semelhante. Um ex-diretor do Instituto de Pesquisa Biológica do governo israelense, professor Shmuel Shapira, descreveu a pesquisa como os pesquisadores “brincando com fogo”

Isso deveria ser totalmente proibido, é brincar com fogo. Universidade de Boston cria nova cepa de Covid com taxa de mortalidade de 80%

Na semana passada, um novo  relatório provisório  divulgado pelo Comitê de Saúde, Educação, Trabalho e Pensões do Senado concluiu que as origens do Covid-19 provavelmente vieram de um “incidente relacionado à pesquisa”, em vez de “refluxo zoonótico natural”.

“Embora o precedente de surtos anteriores de infecções humanas por contato com animais favoreça a hipótese de que um transbordamento zoonótico natural seja responsável pela origem do SARS-CoV-2, o surgimento do SARS-CoV-2 que resultou na pandemia de COVID-19 foi provavelmente o resultado de um  incidente relacionado à pesquisa em laboratório”, afirma o relatório, embora admitindo que “esta conclusão não pretende ser dispositiva”.


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é fim-dominio-eua-otan-nabucodonosor-fim-roma.jpg

{Nota de Thoth: Em breve haverá um novo papa, será um francês, e será o ÚLTIMO  . . .  A estrondosa queda da “Estátua de Nabucodonosor“, com o fim do Hospício e os psicopatas da civilização ocidental e a própria destruição da região da cidade de Roma [incluso a cloaca do Vaticano] estão bem próximos de acontecer. O Hospício Ocidental, o circo do G-7 [do qual dois marionetes já caíram, Mario Draghi e Boris Johnson], os ditos “Países de Primeiro Mundo” vão fazer face ao seu carma “liberal“}


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1

Artigos Relacionados:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *