browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Os Sete Chakras: Portais para o Despertar da ‘Consciência Cósmica’

Posted by on 29/10/2021

Os sete chakras do corpo humano são o nosso projeto energético de ascenção. O conhecimento dos chakras é um componente crítico para compreender genuinamente o corpo energético não físico. Para entender quem realmente somos, precisamos investigar esse componente do nosso ser que normalmente é invisível a olho nu – conheça a si mesmo [e conhecerás o Cosmos]. A própria palavra chakra significa roda em sânscrito. Isso se deve ao fato de que os chakras têm formato circular. Os chakras, entretanto, não giram. Os nadis e os raios ou pétalas, como às vezes são chamados, são fixos.

Os Sete Chakras: Portais (únicos e verdadeiros) para o Despertar da Consciência Cósmica

Fonte: New Dawn Magazine

 É a energia ou prana que gira ou se move através dos chakras quando abertos e desobstruídos. Uma excelente comparação são os pontos de acupuntura da medicina chinesa. Esses pontos específicos são fixos, mas é o chi ou a força vital que se move através dos meridianos atuando.

Os chakras são muito mais do que apenas centros de energia. Os 7 chakras são de natureza complexa. Eles são responsáveis ​​por manter o bem-estar físico, emocional, mental e espiritual do ser humano. Na verdade, o estado da aura e dos chakras terá uma correspondência direta com a saúde física, mental e emocional de uma pessoa, bem como com seu estado emocional e psicológico. Embora existam sete chakras principais, vários chakras secundários têm funções específicas e diferentes.

Eles representam o espectro completo da consciência humana. Esses estados podem flutuar dependendo das várias situações que vivenciamos e de como integramos nossa consciência à nossa experiência de vida diária. Eles são nossa interface com o universo e nosso potencial de evolução e transformação interior.

Muladhara Chakra [VERMELHO] – suporte raiz em sânscrito

Este chakra está relacionado com o elemento Terra e consiste em 4 raios [pétalas].  Muladhara é essencialmente a “bateria” do ser e é responsável pela vitalidade.  Muitas pessoas que sofrem de baixos níveis de energia geralmente estão desconectadas de sua fonte inerente de vitalidade, a Terra. As pessoas que trabalham nas grandes cidades, em edifícios altos, com ar-condicionado, são fundamentalmente privadas de prana, a força vital básica. Ao se conectar com a Terra, até o simples ato de caminhar na praia (descalço) irá energizar este chakra.

Chakra Muladhara

Como esse chakra é a raiz, ele influenciará diretamente o ‘brilho’ dos outros chakras e da aura em geral. É a base e o nível básico de nosso ser energético. É também o lar da [energia da] kundalini shakti [de Kundala, serpente], a energia primordial que, embora adormecida na maioria das pessoas, uma vez desperta sobe através da coluna energética conhecida como sushumna nadi, criando transformação ao abrir os demais chakras, num movimento ascendente e despertar espiritual ao se fundir com o chakra da coroa. Este despertar é a união de energia e consciência, que é a fusão do feminino e masculino [Ida e Pingala] para produzir estados de samadhi ou consciência cósmica.

Psicologicamente, a energia do medo e da ganância está localizada aqui. Isso cria uma mentalidade de luta ou fuga. Muladhara também é responsável pela integração geral no plano físico. Este chakra é a localização de alguns dos instintos mais básicos, como sobrevivência, abrigo, comer e dormir. Em comparação com os chakras superiores, muladhara é uma forma de consciência mais primitiva, mas altamente significativa para a manutenção da vida. Fisicamente, este chacra controla os ossos e os dentes, os aspectos densos do nosso ser e também está relacionado com o sentido do olfato.

Svadhisthana chakra (LARANJA)- a própria morada em sânscrito

Este chakra está relacionado com o elemento água e consiste em 6 raios. Svadhisthana é um chakra altamente significativo, pois aproximadamente 80% da humanidade é dominante nesta forma de consciência. Da mesma forma, aproximadamente 75% deste planeta é água. Este chakra está relacionado à consciência coletiva e incorpora muitas de nossas normas sociais, (a limitação) ‘a coisa feita’.

Svadhisthana chakra – a própria morada em sânscrito

Como Svadhisthana está relacionado com o elemento água, ele assumirá a forma de qualquer recipiente em que seja derramado. Se você despejar água em um copo, ela toma a forma de um copo. Se você despejar água em uma panela, ela toma a forma de uma panela etc. Isso é notável, pois reflete a falta de valores e crenças individuais distintos que definem Svadhisthana. 

Este chakra é, portanto, a multidão, as massas ou a “norma percebida” (aceita e praticada).  Opiniões e crenças são maleáveis ​​para ‘se encaixar na multidão’. Se todo mundo está falando sobre futebol, a pessoa que pensa no nível de Svadhisthana vai querer se encaixar e mostrar interesse pelo futebol. Essa consciência também reflete a necessidade de ‘acompanhar os outros’, ser “respeitável” e se “conformar”.

Este modo de ser deu origem ao termo depreciativo ‘sheeple’ (ovelha) por aqueles na comunidade do despertar. A elite global explora essa forma de consciência de massa como pessoas que percebem a realidade através dessa lente e apenas ‘vão, seguem (são “conduzidos”) com o fluxo’ e, na verdade, têm medo de ser diferentes ou adotam uma atitude que vai contra as crenças convencionais. Este é o cerne da manipulação e controle mental e emocional porque essa consciência simplesmente não é capaz de avaliar os sistemas de controle e métodos de manipulação. O julgamento é improdutivo, pois quando essa consciência é dominante, simplesmente não é possível decifrar os métodos orquestrados de controle mental e emocional (MEDO) e o engano global de quem esta preso ao “conformismo” da Consciência de Massa.

A frase romana “dê-lhes pão e circo” [em abundância] resume a distração e a consciência de entretenimento-fofoca de [pseudo]celebridades de hoje, que é precisamente projetada para manter a humanidade presa nas frequências mais baixas da existência. Além disso, o sentido do paladar é o sentido governado por svadhisthana, que é tipificado pela cultura “foodie” da moda e reforça ainda mais o ponto. Isso reflete a natureza de busca de prazer de svadhisthana.

Romper com esses sistemas de controle requer um aumento da consciência [elevação da energia kundalini] para começar a entender a poderosa doutrinação que a humanidade atualmente suporta e ter ‘olhos para ver e ouvidos para ouvir’ [ter DISCERNIMENTO].

Svadhisthana também está relacionado com a lua, sexualidade e reprodução da espécie, daí a relação com os órgãos genitais e a língua. Uma pessoa sexy, carismática ou charmosa é uma característica definitiva do chakra svadhisthana. Mesmo as formas de dança que envolvem movimentos sensuais da região pélvica são um reflexo da consciência neste nível.

Quando a maioria das pessoas considera seus problemas pessoais e emocionais, elas estão predominantemente neste chakra. O elemento água [o EMOCIONAL] é bastante pesado e, portanto, depressão, sentimento de abatimento, autopiedade e tristeza estão todos relacionados a impurezas ou desequilíbrios neste chakra.

Manipura chakra (AMARELO)- cidade das joias em sânscrito

Esta é uma referência ao aspecto deslumbrante de Manipura, pois está relacionado ao elemento fogo e consiste em 10 raios (pétalas).

Símbolo do chakra Manipura

Manipura é a antítese de svadhisthana, pois está relacionada ao Sol e às qualidades associadas à liderança, autoridade, poder e autoconfiança. Svadhisthana é a multidão. Manipura são os líderes da multidão. Essa consciência assume o papel de liderança, a conexão emocional e psicológica para o sucesso e ‘fazer’, bem como posições de influência e poder.

Em essência, todos os ensinamentos de desenvolvimento pessoal para ser mais motivado, produtivo, dinâmico, confiante e acreditar em si mesmo estão relacionados a este chakra. Esta é uma expressão do elemento fogo que incorpora essas qualidades.

No entanto, as emoções inferiores de manipura incluem raiva, frustração, arrogância e comportamento egocêntrico. Esta é uma expressão da desarmonia do fogo em um estado impuro. A precisão e o controle das artes marciais também estão relacionados a esse chakra, que é um reflexo das pernas conectadas a essa esfera de força. O sentido da visão também está relacionado ao chakra manipura.

É importante ressaltar que os três chakras inferiores não são “ruins”, pois só haverá um problema se houver impurezas, bloqueios ou se os chakras estiverem desequilibrados. Caso contrário, haverá uma experiência harmoniosa contínua.  No entanto, todos os estados negativos de consciência e emoções podem ser atribuídos a esses 3 primeiros centros de energia inferiores.

Chakra Anahata (VERDE) – intacto em sânscrito

Isso se refere à qualidade da alma humana que é indestrutível ou eterna. Anahata chakra tem 12 raios e está relacionado ao elemento ar. O número de raios (pétalas) dos chakras é significativo, pois há uma relação entre o número de raios do chakra e a consciência que está incorporada [NESSE CASO A SEDE DA PRÓPRIA ALMA]. 

Por exemplo, em relação à simbologia do chakra Anahata, as 12 horas do dia e da noite, os 12 meses do ano, os 12 discípulos de Jesus, AS DOZE CONSTELAÇÕES DO ZODÍACO, os 12 nomes diferentes do deus Sol Surya (e há muitos outros exemplos), todos têm um relacionamento com o chakra do coração, o Anahata.

O símbolo do ANAHATA, com o Selo de VISHNU os dois triângulos entrelaçados, o masculino e o feminino divinos em equilíbrio, um símbolo apropriado pelos atuais judeus, que não o COMPREENDEM, e conhecido erroneamente como selo de Salomão

A consciência do coração também é considerada um aspecto-chave da Mudança de Paradigma planetário em andamento. Muitos místicos e esotéricos afirmam que este é o plano cósmico para a humanidade e que o futuro da Terra será caracterizado pelo amor e pela compaixão.

No entanto, a questão prevalente das doenças cardíacas na sociedade de hoje, embora possa estar relacionada às escolhas alimentares e de estilo de vida, ainda é uma desarmonia no nível do Anahata se refletindo no coração físico.

Significativamente, o corpo etérico e os chakras controlam o corpo físico. Se houver uma perturbação, fraqueza ou bloqueio nos corpos sutis, isso acabará se refletindo no corpo físico. Geralmente, a maneira mais profunda e completa de curar um problema emocional é trabalhar diretamente no aspecto não físico do nosso ser. 

Embora isso não seja verdade em todas as situações, uma vez que um problema de saúde se manifesta no corpo físico, a saúde do corpo físico também precisa ser tratada. A causa do problema em si pode ser devido a um desequilíbrio emocional, que se originará no corpo astral no nível emocional e então se filtrará para o corpo físico. Esta é definitivamente a conexão corpo-mente.

A consciência do coração é sempre bela e é sentimento. Essas qualidades de ternura, suavidade, humildade, abnegação, compaixão, perdão, empatia, afetividade, auto aceitação, amor puro e incondicional e paz interior profunda são todos aspectos maravilhosos do Anahata chakra.

Existe também uma forma de refinamento profundo, uma certa graciosidade e uma harmonia profunda que reflete um indivíduo com essa ressonância. A conexão com o elemento ar também dá uma leveza energética a quem é dominante neste nível.  Os braços e as mãos estão relacionados ao coração e isso se correlaciona com o sentido do tato e a prática de várias formas de cura pelas mãos, todas correspondendo ao chakra Anahata chakra.

O Anahata também é significativo, pois existem 3 chakras acima e 3 chakras abaixo. Este é o “caminho do meio” {conforme dito por Buddha} ou a “porta estreita” {pregado por Cristo} do coração que deve ser aberto [elevando a kundalini] e une e equilibra os aspectos inferiores e superiores do nosso ser.

Os chakras também compreendem a polaridade do universo – o positivo e o negativo, o masculino e o feminino, o solar e o lunar, o yin e o yang. Assim, no caso do coração, a capacidade de sentir amor, compreender e receber amor é yin. A capacidade de emitir amor, de produzi-lo e de manifestar amor é yang. Isso significa que os chakras precisam estar equilibrados e centralizados entre os 2 polos primários do universo para uma harmonia profunda.

Vishuddha (AZUL)- especialmente puro em sânscrito

Este chakra está relacionado com o éter, que é o quinto elemento [de onde os quatro elementos básicos, fogo, ar, água e terra provém] e possui 16 raios. O número de raios ou pétalas é significativo, pois é um indicador da complexidade da consciência. À medida que a energia kundalini se move para cima abrindo os chakras no corpo, eles também se tornam mais complexos em seu âmbito de consciência.

O chakra Vishuddha está relacionado ao tempo e ao espaço [ao Verbo e ao Poder da VONTADE, da Criação]. Esta é a verdadeira natureza da realidade que transcende a experiência do tempo da perspectiva limitada de passado, presente e futuro. Nesse nível, o tempo é experimentado como uma única duração – o eterno agora. O chakra Visuddha encapsula a vastidão do espaço, o cosmos e a expansão do universo. Esta elevada esfera de consciência também inclui estética, geometria sagrada – e uma forma mais profunda de inspiração que pode desvendar os mistérios do universo e descobrir as verdadeiras leis da realidade. Algumas músicas clássicas também têm a frequência do Visuddha, que tem uma ressonância pura e sublime.

Este nível de consciência é raro neste planeta neste momento, mas ainda há vestígios aparentes, como as excepcionais qualidades estéticas e precisão da Geometria Sagrada na Grande Pirâmide de Gizé.

Símbolo do chakra Vishuddha

Como esse chacra governa as glândulas tireoide e paratireoide e os problemas de saúde da tireoide são comuns atualmente em mulheres com mais de 40 anos, é importante estar ciente da importância desse centro de energia para a manutenção da boa saúde nessa área do corpo.

A pureza do chakra Visuddha é filtrado pelas ações de um indivíduo e pelo tipo de ambiente que frequenta e pelo estilo de vida que adota. Clariaudiência é outro aspecto de visuddha, pois ouvir é o sentido conectado a este centro de energia.  Outros poderes paranormais também incluem a habilidade de acessar os registros Akáshicos. O chakra da garganta também governa o poder da fala de uma perspectiva muitíssimo elevada. E do ponto de vista da criação é o chakra em que o poder do “verbo” [da fala, da criação por decreto, vontade, poder] se manifesta.

Ajna (AZUL INDIGO)- comando em sânscrito

Este chakra está relacionado com a mente e tem 96 raios (pétalas), embora seja frequentemente representado com apenas 2 pétalas grandes. Isso está relacionado ao fato de que é o nível final de equilíbrio ENTRE as polaridades (yin e yang, masculino e feminino) antes de se conectar à consciência unitária TOTAL, sem polaridades.

Ajna chakra é uma esfera de consciência verdadeiramente elevada que poucos podem verdadeiramente incorporar na permissiva e corrupta sociedade de hoje. O poder de Ajna é oferecer uma forma de acessar a MENTE superior que seja consistente com a de um iluminado. Os exemplos incluem aquelas pessoas que podem folhear uma lista telefônica e lembrar os números de cada pessoa, um jogador de xadrez que pode jogar vários jogos de xadrez simultaneamente e vencer, bem como aqueles que podem aprender e reter conhecimento rapidamente, todos ressoam com o poder do “terceiro olho” [a visão espiritual].

Ajna chakra também contém o poder da clarividência, telepatia e uma forma de ‘conhecimento’ profundo, obtido diretamente da “FONTE”. Alguns dos grandes profetas da história, como Nostradamus, receberam o dom da abertura do Ajna chakra. O terceiro olho doa a capacidade de ser um vidente E um visionário – a habilidade de ver com o olho da mente superior, TRANCENDENTAL.

A suposição de que, como o chakra Ajna nos conecta com à mente superior, todos os problemas de saúde mental estão relacionados a este chakra está incorreta. Cada chakra tem um aspecto que está conectado tanto ao corpo emocional quanto ao corpo mental. Portanto, é melhor harmonizar o chakra que é relevante para o problema emocional ou mental específico. Embora, por causa de sua natureza superior, o chakra Ajna controle os chakras abaixo dele.

Sahasrara (VIOLETA)- mil pétalas em sânscrito

Embora o chakra Sahasrara não seja tecnicamente estruturado da mesma forma que os outros 6 chakras anteriores, ainda é classificado como um dos 7 chakras. Isso ocorre porque Sahasrara não é uma roda, mas cobre o topo da cabeça e tem a forma de uma torre apontando para cima, semelhante à ‘coroa’ de Buda.

Chakra Sahasrara

Sahasrara é o ápice da evolução humana. Sua ativação produz estados de samadhi ou FUSÃO COM a consciência cósmica na tradição iogue. Essa abertura cria o que é conhecido como iluminação, moksha, mukti, sartori, nirvana, auto realização e é a “porta” para a transcendência para experimentar a verdadeira natureza da realidade do MUNDO DAS CAUSAS.

A consciência de Sahasrara é caracterizada por lucidez, desapego, sacralidade, visão e um estado superior de consciência. Sahasrara é a soma total de todos os chakras abaixo dele, é o Sabbath hebreu, o dia do descanso, o sábado. O símbolo duradouro do feixe de luz que se funde com o prisma e, em seguida, se dispersa em todas as cores do arco-íris, representando de forma sucinta a energia deste chakra.  Isso ocorre porque Sahasrara não tem polaridade, é unidade e é a consciência de unidade. Sahasrara incorpora a unidade final da criação e elimina o papel do ego que cria a ilusão de separação.

A característica fundamental deste chakra é que ele se abre espontaneamente quando o buscador, através de vidas sucessivas e de árduo esforço consegue elevar a energia da kundalini, alojada no chakra básico, o Muladhara, abrindo todos os chakras anteriores elevando a energia da kundalini até o centro da testa, abrindo todos os chakras sucessivamente, até o Ajna, e como prêmio e CONSEQUÊNCIA, ele vive o dia de “descanso” porque o chakra Sahasrara então se abre sozinho, através da abertura da glândula Pineal, o “Olho de Hórus” ….

O assunto dos chakras é vasto. Os seres humanos são uma cópia direta do Universo material construído com base em carbono e silício. A compreensão da física quântica de que a parte está inserida no todo e o todo na parte reflete essa sabedoria. Em última análise, incorporar e conhecer totalmente os 7 chakras é conhecer o universo e experimentar o espectro completo de consciência que é o potencial da humanidade.

Este artigo foi publicado na New Dawn Special Issue Vol 12 No 4 .


“Precisamos do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Merkabah, o “Corpo de Luz”

Parece duvidoso se, de fato, a política de “Botas no rosto” pode continuar indefinidamente. Minha própria convicção é que a oligarquia governante encontrará maneiras menos árduas e perdulárias de governar e de satisfazer sua ânsia de poder, e essas formas serão semelhantes às que descrevi em Admirável Mundo Novo [uma verdadeira profecia publicada em 1932]. Na próxima geração, acredito que os governantes do mundo descobrirão que o condicionamento INFANTIL e a narco-hipnose são mais eficientes, como instrumentos de governo, do que prisões e campos de concentração, e que o desejo de poder pode ser completamente satisfeito “SUGERINDO” às pessoas para que “AMEM A SUA SERVIDÃO” ao invés de açoita-los e chuta-los até obter sua obediência“. – Carta de Aldous Huxley  EM 1949 para George Orwell autor do livro “1984”


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.