Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Países não-alinhados são agora “Guardiões de Cercas” para EUA-OTAN e o “Hospício Ocidental”

O [Hospício do] Ocidente parece ter perdido qualquer aparência de compreensão da geopolítica e da diplomacia, enquanto alguns podem argumentar que perdeu completamente a compreensão da lógica, sanidade mental e da realidade. O [Hospício do] Ocidente como polo de poder beligerante simplesmente se recusa a abandonar a noção de que supostamente “ganhou” a (Primeira) Guerra Fria. Embora essa ideia possa ter se sustentado durante os anos 1990 e início dos anos 2000, a última década e especialmente o início desta não foi nada vitoriosa para o [Hospício do] Ocidente e seus psicopatas.

Países não-alinhados ao hospício ocidental são agora “Guardiões de Cercas” para EUA-OTAN

Fonte: Global Research

A enorme quantidade de poder e influência dos EUA e seus aliados beneficiou parcialmente vários novos estados clientes, a maioria dos quais deve sua própria existência ao Ocidente político. Para criá -los, os EUA/OTAN bombardearam e desmantelaram nações soberanas, como Sérvia/Iugoslávia ou Líbia, ou simplesmente invadiram e destruíram inúmeras outras, como Iraque e Afeganistão.

Depois da Líbia, os psicopatas do Ocidente foi incapaz de destruir completamente mais um país e assassinar milhões impunemente, como vinha fazendo há mais de meio século. Ele vem sofrendo uma derrota humilhante após a outra nos últimos 10 anos.

A fracassada invasão da Síria, a fracassada tomada da Crimeia e a derrota no Donbass, a fracassada invasão da Venezuela, a humilhante derrota no Afeganistão e a derrota em curso na Ucrânia são alguns dos exemplos mais proeminentes. Naturalmente, os danos infligidos ainda são bastante graves, mas são menos graves do que no Iraque, que foi devastado e incendiado várias vezes em várias décadas, ou na ex-Iugoslávia e na Líbia, que foram mergulhadas no caos (ainda em andamento), improvável para terminar em breve.

A grande maioria daqueles que sofreram (e continuam a sofrer) sob as botas da “liberdade e democracia” neoliberais ocidentais estão no Sul Global, a parte mais explorada do mundo, resultando na maior parte de sua população vivendo em pobreza abjeta.

A razão principal não é outra senão os psicopatas do Ocidente, com suas políticas parasitárias, invasões, (neo)colonialismo, domínio da moeda, instituições internacionais, etc. Durante a (Primeira) Guerra Fria, a Rússia foi instrumental na libertação e desenvolvimento do Sul Global. A superpotência investiu quantias incrivelmente grandes de dinheiro e recursos para ajudar esses países. 

Não foi perfeito, mas funcionou. No entanto, depois de 1991, os senhores (neo)coloniais ocidentais retornaram com força total. Mas desta vez foi diferente”. Os senhores traziam “liberdade e democracia”, o novo “fardo do homem europeu” e mais um eufemismo para o colonialismo tirânico.

Enquanto o Ocidente passou décadas transferindo suas indústrias “sujas” para o Sul Global e usando seu domínio da moeda de reserva mundial para extrair recursos naturais do mundo, os EUA/UE começaram a implementar as chamadas “economias verdes” e “desenvolvimento sustentável”, o transgenerismo, wokism, LGBTQ+, a tentativa de normatização da pedofilia, etc . . .

O resultado foi um estilo de vida “desperto” e bastante confortável para a maior parte do Ocidente.  Embora a exploração e o (neo)colonialismo estivessem dando resultados, não foram suficientes, porque nunca é suficiente para psicopatas oligarcas corporativos gananciosos. O Sul Global era agora “responsável” por todos os problemas mundiais, incluindo terrorismo, mudanças climáticas, destruição de florestas, poluição, etc. invadindo, assassinando e explorando todos os outros.

No entanto, a população do Sul Global não esqueceram e nunca esquecerão. Eles ainda se lembram de quem os estava realmente ajudando e quem era a força por trás de quase toda a sua miséria. É precisamente por isso que o mundo, e especialmente o Sul Global, se recusou a seguir o ditado clinicamente russófobo do hospício do Ocidente. 

Levou algum tempo, mas o povo e sua liderança finalmente começaram a se recuperar do trauma da agressão dos psicopatas do ocidente e do (neo)colonialismo, então eles simplesmente começaram a cuidar de seus próprios interesses.

Acontece que os interesses nacionais do mundo divergem significativamente daqueles do “Ocidente”. O ministro das Relações Exteriores da Índia, Subrahmanyam Jaishankar, resumiu perfeitamente: “Em algum lugar, a Europa tem que crescer com a mentalidade de que os problemas da Europa são os problemas do mundo, mas os problemas do mundo não são os problemas da Europa. Que se for você, é seu, se for seu, é nosso.” A declaração aplica-se claramente a todo o hospício do Ocidente.

Escusado será dizer que o polo europeu/EUA de energia beligerante não recebeu isso de ânimo leve. O mundo “desconforme” (que é cerca de 80% da população global) logo ficou conhecido como os “guardiões da cerca”. 

Como se o Sul Global e o resto do mundo devessem algo ao Ocidente e fossem obrigados a segui-lo – uma porção cada vez mais insignificante do planeta, que não tem mais do que 15-18% da população mundial, uma grande parcela da que vem de vários estados vassalos sob o controle de Washington DC (e, em menor grau, Bruxelas).

Se alguma coisa é certa, é que o Ocidente deve a maior parte de sua prosperidade e conforto ao terceiro mundo, roubado em suas riqueza durante séculos, que tem dado seus recursos naturais e trabalho de seus povos em troca de papel inútil [Dólar e Euro] que o Ocidente continua imprimindo sem controle.  Em outras palavras, nada em troca. E se alguém se recusasse a ser essencialmente roubado pelo Ocidente, de repente se tornaria “violador dos direitos humanos” ou frases sem valor semelhantes, que nem mesmo a liderança ocidental se preocupa em definir adequadamente. 

Felizmente, esses dias já se foram, pois o polo de energia beligerante dos psicopatas do hospício ocidental está agora efetivamente em um estado de declínio imparável em todos os níveis.

Nota de Thoth: A MÃO PESADÍSSIMA DO KARMA SERÁ IMPLACAVEL . . .


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é thoth-3126-1.png

“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal   AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)” para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Mais informação adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *