Samhain: Feliz ano novo Celta (03/11)

Os Celtas é a designação dada a um conjunto de povos, organizados em múltiplas tribos e pertencentes à família linguística indo-europeia  que se espalhou pela maior parte do Oeste da Europa a partir do II milênio a.C.. A primeira referência literária aos celtas foi feita pelo historiador grego Hecateu de Mileto no século VI a.C.. Boa parte da população da Europa ocidental pertencia às etnias celtas até à conquista daqueles territórios pelo Império Romano. Os celtas organizavam-se em tribos, que ocupavam o território europeu desde a Península Ibérica até à Anatólia (hoje a Turquia). 

Por Thoth3126@protonmail.ch

A maioria dos povos celtas foi conquistada, e mais tarde integrada, pelos Romanos, embora o modo de vida celta tenha, sob muitas formas e com muitas alterações resultantes da aculturação devida aos invasores e à posterior  cristianização, sobrevivido em grande parte do território por eles ocupado.

O Samhain (em irlandês Samhain, gaélico escocês Samhuinn e em gaulês  Samonios) era o  festival em que se comemora o final de um ano e o início de outro na antiga cultura  Celta. O Samhain inicia o inverno (em 03/11), uma das duas estações do ano dos celtas. O início da outra estação, o verão, é celebrado no festival de Beltane. Este festival, Samhain, é chamado de Samonios na Gália.

Segundo alguns autores, grande parte da tradição do Halloweenn – Dia das Bruxas (31/10), do dia de Todos-os-Santos (01/11) e do Dia dos mortos (02/11)  pode ser associada ao festival celta de ano novo de Samhain. O Samhaim era comemorado na época em que acreditava-se que as almas dos mortos retornavam a suas casas para visitar os familiares, para buscar alimento e se aquecerem no fogo da lareira e marcava o final do período da colheita e a preparação para a chegada do inverno no hemisfério norte. 

Alguns autores históricos acham que não existe nenhuma evidência que relacione o Samhaim com o culto dos mortos (dia 02 de novembro, dia dos mortos) e que esta crença se popularizou no século XIX. Segundo o relato das antigas sagas o Samhain era a época em que as tribos pagavam tributo se tivessem sido conquistadas por outro povo. Era também a época em que os Sídhes deixavam antever o outro mundo. 

Sídhesìth ou sidh é uma palavra irlandesa  e escocesa que se referia inicialmente a pequenas colinas ou montes de terra, os quais se imaginava como o lar de um povo sobrenatural vinculado às fadas e elfos de outras tradições, e posteriormente, a estes próprios habitantes. Dos Sídhe acreditava-se serem os ancestrais, os espíritos da natureza ou as próprias divindades.

A origem dessa palavra pode remontar ao oriente, pois Siddhi em (sânscrito: ???????; siddhi?) é uma palavra sânscrita que literalmente significa “realização”, “consecução” ou “sucesso”. Também é usada como um termo para poder espiritual (ou habilidade física). O termo é usado neste sentido no Hinduísmo e no Budismo Tântrico.

Posteriormente, muitos passaram a encarar os Sídhe como uma versão literária dos Tuatha Dé Danann (os deuses e heróis divinizados da mitologia irlandesa). Na crença e prática popular, os Sídhe são freqüentemente reverenciados com oferendas e toma-se cuidado para que eles não fiquem irados.

Típica casa celta
Uma antiga e típica casa celta

O nevoeiro mágico, o que deixava as pessoas invisíveis, se dispersava no Samhain e os elfos e as fadas podiam ser vistos pelos humanos. A fronteira entre o Outro Mundo e o mundo real desaparecia. 

Uma das datas do calendário lunar celta de Coligny pode ser associada ao Samhain. No 17º dia do mês lunar Samon, a referência *trinox Samoni sindiu é interpretada como a data da celebração do Samhain ou do solstício de Verão entre os Gauleses.

Mesmo estando no Brasil e sendo brasileiro (a), se voce tem interesse em magia, mundo dos espíritos, o reino da natureza, elementais, os quatro elementos, se voce tem curiosidade sobre quem voce realmente é, de onde viemos e para onde vamos após a morte de nosso corpo.

Então celebre esta data especial da cultura Celta, o festival de Samhain, a festa de fim de verão (hemisfério norte) e o início de um ano novo em 03 de novembro, que se inicia logo após o dia dos mortos.

Aproveite, medite, acenda uma vela, se puder faça uma fogueira, e peça orientação às forças espirituais para que voce seja orientado no melhor caminho para sua evolução e libertação, pois o momento é muito propício.    

Então desejamos a voce um feliz ano novo CELTA para voce e para todos a quem voce ama e que seus pedidos se realizem, com muita proteção, Luz e Paz.

Fonte: Wikipédia e internet, inspirado pelos Sídhes, sìths ou sidhs celtas.


Permitida a reprodução desde que respeite a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

0 resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.309 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth