browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Vulcão Cumbre Vieja força retirada de milhares de pessoas nas Ilhas Canárias

Posted by on 20/09/2021
Vulcão criado pela erupção pode conter entre 17 e 20 milhões de metros cúbicos de magma

Mais de 5.500 pessoas, incluindo centenas de turistas, tiveram de ser evacuadas após erupção vulcânica. Lava destruiu mais de uma centenas de casas. Premiê espanhol adia viagem a Nova York e se dirige para o arquipélago. O fluxo de lava do vulcão criado pela erupção emite entre 6 e 9 mil toneladas de dióxido de enxofre e pode conter entre 17 e 20 milhões de metros cúbicos de magma. A lava avança a 700 metros por hora. Não há previsão de quanto tempo deve durar a atividade vulcânica.

Fontes: Deustche WelleZero Hedge

A primeira erupção vulcânica nas Ilhas Canárias [do vulcão Cumbre Vieja, que pertence a uma série de vulcões] desde a década de 1970 já resultou na evacuação de 5.000 pessoas e em mais de 100 estruturas de edifícios [residências] destruídas.

O Instituto Vulcanológico das Ilhas Canárias (Involcan) disse que os fluxos de lava de uma área escassamente povoada de La Palma estão se movendo a 2.300 pés [690 metros] por hora. 

A lava está se movendo em direção à costa e os danos serão materiais. De acordo com especialistas, existem cerca de 17-20 milhões de metros cúbicos de lava”, disse o presidente regional, Angel Victor Torres, à rádio Cadena Ser. O vulcanologista Vicente Soler, do Conselho Superior da Espanha, disse que “o material parece ser muito fluido; os fluxos de lava chegarão ao mar mais cedo ou mais tarde.”

Os fluxos de lava saem de duas fissuras do Cumbre Vieja, que pertence a uma série de vulcões que tiveram uma grande erupção em 1971 por várias semanas. Especialistas disseram que a erupção atual pode durar semanas ou até meses. 

Depois que milhares de  pequenos terremotos foram relatados [mais de 22 mil tremores], La Palma ficou em alerta máximo por mais de uma semana. Então, no domingo, outro enxame de pequenos terremotos sacudiu parte da ilha antes da  erupção do Cumbre Vieja . 

Na manhã de segunda-feira, a Guarda Civil da Espanha disse que mais de 5.000 pessoas foram evacuadas. Existe a possibilidade de até 10.000 residentes saírem, e alguns turistas precisarão ser evacuados se as condições piorarem. 

Até agora, não houve problemas de visibilidade com o espaço aéreo circundante e os aviões estão operando normalmente em toda a cadeia de ilhas. A companhia aérea local Binter cancelou voos mais cedo, mas retomou o serviço mais tarde na segunda-feira. 

Aqui estão algumas imagens impressionantes do fluxo de lava do vulcão Cumbre Vieja . 

Até até a segunda-feira à noite não havia relatos de vítimas da erupção, iniciada no município de El Paso, apenas de prejuízos materiais. Até o caminho até o mar, a lava destruiu casas, vias e outras infraestruturas, de acordo com autoridades das Ilhas Canárias.

Segundo o presidente do conselho de La Palma, Mariano Hernandez, a lava destruiu cerca de cem casas até o momento. O prefeito Sergio Rodriguez contabilizou ao menos 20 construções destruídas. A erupção ocorre em duas fissuras, separadas a 200 metros de distância, com oito aberturas pelas quais emerge a lava, segundo informou o Plano de prevenção de Risco Vulcânico das Canárias.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, adiou sua viagem aos Estados Unidos, onde deve participar da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova York, Ele disse que “toda a Espanha está com La Palma assumiu um compromisso “total, absoluto e categórico” com a reconstrução de toda a região afetada pelos possíveis danos.

Desde o início dos registros históricos no século 15, La Palma foi palco de sete das 16 erupções vulcânicas ocorridas no arquipélago. Esta é a primeira erupção em La Palma em 50 anos. O Parque Nacional Cumbre Vieja é um dos complexos vulcânicos mais ativos das Ilhas Canárias. Duas das últimas três erupções registradas nas ilhas aconteceram nele: o vulcão San Juan, em 1949, e o Teneguía, em 1971.

O complexo vulcânico ganhou destaque no Brasil após ser noticiado que seria o único que, em caso de erupção explosiva — nível mais alto de atividade vulcânica —, poderia ser capaz de gerar deslizamentos massivos de terra e provocar um tsunami com força suficiente para chegar à costa brasileira. O risco desse cenário acontecer, entretanto, é muito baixo, “de acordo com especialistas”.


Precisamos do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 00001756-6 – TIPO: 013 [poupança] e pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa).


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é segundo-sol-abril-2018-tsunami-300x214.jpg

{Após sua EQM, Dougherty soube dessa ameaça representada pelo vulcão Cumbre Vieja e viajou para La Palma, nas Ilhas Canárias, para investigar a área por conta própria. Ele agora está convencido de que a profecia que testemunhou durante sua EQM está diretamente relacionada à ameaça representada pelo colapso do vulcão Cumbre Vieja nas Ilhas Canárias. Veja este artigo relacionado sobre um mega-tsunami que mostra como esse evento parece ser a “enorme montanha em chamas” sendo lançada ao mar, conforme descrito no livro do Apocalipse (Apocalipse 8: 8). }


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.