Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Arábia Saudita se junta à Organização de Cooperação de Xangai [SCO] à medida que os laços com a China crescem

RIAD (Reuters) – O gabinete de governo da Arábia Saudita aprovou na quarta-feira [29] a decisão de ingressar na [SCO] Organização de Cooperação de Xangai, enquanto Riad constrói uma parceria de longo prazo com a China, apesar das preocupações de segurança dos Estados Unidos, que esta sendo descartado depois de longa associação com os sauditas.

Arábia Saudita se junta à Organização de Cooperação de Xangai [SCO] à medida que os laços com a China crescem e diminui a relação com os EUA

Fonte: Reuters – Reportagem de Aziz El Yaakoubi; Edição por Clarence Fernandez

A adesão à SCO foi discutida durante uma visita do presidente chinês Xi Jinping à Arábia Saudita em dezembro passado, disseram fontes à Reuters , acrescentando que o status de parceiro de diálogo será um primeiro passo dentro da organização antes de conceder ao reino a adesão plena no meio do mandato.

A decisão seguiu um anúncio da Saudi Aramco, que aumentou seu investimento multibilionário na China na terça-feira, finalizando uma joint venture planejada no nordeste da China e adquirindo uma participação em um grupo petroquímico de controle privado além da assinatura de acordo para abandonar o dólar nas vendas de petróleo para a China, passando a negociar em Yuans.

A Arábia Saudita aprovou um memorando para conceder ao reino o status de parceiro de diálogo na Organização de Cooperação de Xangai (SCO), informou a agência de notícias estatal SPA. A SCO é uma união política e de segurança de países que abrangem grande parte da Eurásia, incluindo China, Índia e Rússia, que são integrantes de outro importante grupo de países, o BRICS.

A SCO foi formada em 2001 por Rússia, China e ex-estados soviéticos na Ásia Central, o órgão mais tarde foi expandido para incluir Índia e Paquistão, com o objetivo de desempenhar um papel maior como contrapeso à influência ocidental na região. O Irã também assinou documentos para adesão plena no ano passado.

Cimeira da Organização de Cooperação de Xangai em Samarkand
Participantes da cúpula da Organização de Cooperação de Xangai participam de uma reunião de formato estendido de chefes de estados membros da SCO em Samarcanda, Uzbequistão, 16 de setembro de 2022. Sputnik/Sergey Bobylev/Pool via REUTERS

Os crescentes laços de Riad com Pequim levantaram sobrancelhas de preocupações de segurança em Washington, seu [ex] aliado tradicional, mas cada vez menos aliado, especialmente após as tentativas catastróficas de Biden de forçar a OPEP + a aumentar a produção de petróleo, uma imposição [mais uma] que saiu pela culatra espetacularmente e levou à humilhação global do senil e demente marionete presidente Biden.

Enquanto isso, Washington diz que as tentativas chinesas de exercer influência em todo o mundo não mudarão a política dos EUA em relação ao Oriente Médio, o que obviamente é uma mentira enorme de burocratas ressentidos com os últimos acontecimentos geopolíticos.

A Arábia Saudita e outros países do Golfo Pérsico expressaram preocupação com o que consideram uma retirada da região por parte do principal garantidor da segurança, os Estados Unidos, e passaram a diversificar os parceiros, transferindo sua aliança para o maior adversário dos EUA na arena global, a China.  Washington diz que continuará sendo um parceiro ativo na região.

Os países pertencentes à organização SCO planejam realizar um “exercício antiterrorista” conjunto na região russa de Chelyabinsk em agosto deste ano. O status de parceiro de diálogo será um primeiro passo dentro da organização antes de conceder ao reino saudita a adesão plena no meio do mandato, disseram eles.

A decisão seguiu um anúncio da Saudi Aramco (2222.SE), que aumentou seu investimento multibilionário na China na terça-feira, fechando o negócio de uma joint venture planejada no nordeste da China e adquirindo uma participação em um grupo petroquímico de controle privado.


E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não receberam o reino, mas receberão poder como reis por uma hora, juntamente com a BESTA (Inteligência Artificial). Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à BESTA (Inteligência Artificial). Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; Vencerão os que estão com Ele, Chamados, e Eleitos, e Fiéis. E disse-me: As águas que viste, onde se assenta a prostituta [VATICANO-ROMA], são povos, e multidões, e nações, e línguas“. – Apocalipse 17:12-15

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é nabucodonoor-estatua-daniel.png

A estátua do sonho de Nabucodonosor, um símbolo daquilo que a humanidade construiria na Terra. Os dias de insanidade da atualidade estão contados, muito em breve, a “Grande Prostituta”, a cidade de Roma será varrida da face da Terra, dando início a derrota completa dos servidores das trevas e o fim de seus planos nefastos para o controle do planeta. Em 2023 o Brasil terá um papel decisivo na Guerra entre a Luz e as trevas.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e a citação das fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *