Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Brasil, mais um membro do BRICS se juntará à OPEP+

O Brasil passará a fazer parte da aliança dos principais produtores e exportadores de petróleo do mundo (a OPEP) em janeiro, revelou o ministro da Energia do país.  O Brasil deve se juntar ao grupo OPEP+ dos maiores países produtores de petróleo do mundo a partir de janeiro de 2024, anunciou o ministro da Energia, Alexandre Silveira, nessa quinta-feira. O anúncio da adesão do Brasil foi feito durante uma reunião da OPEP+ para discutir a estratégia de produção de petróleo para o próximo ano.   

Brasil, mais um membro do BRICS se juntará à OPEP+

Fonte: Rússia Today

Liderada pela Arábia Saudita e pela Rússia, a OPEP+ compreende a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e os seus aliados e, em conjunto, bombeia cerca de 40% do petróleo bruto mundial.   

O anúncio da adesão do Brasil foi feito durante uma reunião da OPEP+ para discutir a estratégia de produção de petróleo para o próximo ano.   

“O presidente Lula [da Silva] confirmou nossa entrada na carta de cooperação da OPEP+ a partir de janeiro de 2024”, disse Silveira ao grupo, de acordo com um vídeo divulgado pelos delegados.  

A mudança ocorre depois de os membros da OPEP+, Arábia Saudita, Irã e Emirados Árabes Unidos, terem sido convidados a juntar-se ao grupo BRICS de grandes economias emergentes, que atualmente consiste no Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.   

O Brasil extraiu volumes recordes de petróleo e gás no verão passado. Prevê-se que aumente a sua produção de energia em 75% em 2030 e impulsionou o desenvolvimento da sua reserva offshore rica em petróleo, presa abaixo de uma camada de sal com 2.000 metros de espessura, na qual tem a liderança tecnológica para extração.  

O Brasil exportou em média 1,8 milhão de barris de petróleo por dia (bpd) no terceiro trimestre de 2023, marcando um aumento de 40% em relação ao ano anterior, segundo dados oficiais.   

LEIA MAIS: OPEP+ prolongará cortes na produção de petróleo

Ainda não está claro se o país latino-americano será obrigado a realizar cortes de produção a partir do próximo ano como resultado da sua adesão.  O grupo OPEP+ concordou esta semana em aprofundar as reduções de produção para cerca de 2,2 milhões de bpd em 2024.


AVISO PARA OS ASSINANTES DO BLOG: Para os leitores assinantes do Blog, que recebiam link para acessar as postagens em seus endereços de E-Mail, solicitamos, por favor, que refaçam a sua inscrição aqui neste LINK: https://linktr.ee/thoth3126, devido à problemas técnicos e perda de dados que tivemos com a migração de servidor. Também avisamos aos nossos leitores que estamos preparando uma NOVA VERSÃO do Blog que em breve será disponibilizada para todos.

Convidamos também a conhecerem e seguirem nossas redes sociais:
Instagram: https://www.instagram.com/th.oth3126/
Facebook: https://www.facebook.com/thoth3126.blog
X (antigo Twitter): https://twitter.com/thoth3126_blog
Youtube: https://www.youtube.com/@

“Precisamos do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na CEF, Agência: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.305 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

NOSSOS PRODUTOS

Indicações Thoth

Seja um Anunciante

Divulge seu produto ou serviço em nosso portal!
Converse com a equipe comercial no WhatsApp