Brasil registra Produção Recorde de Petróleo e Gás   

A produção de petróleo e gás no Brasil atingiu um nível recorde para um único mês em julho, batendo o recorde anterior estabelecido em junho, revelou esta semana a agência reguladora do petróleo ANP. A produção brasileira totalizou 4,48 milhões de barris de petróleo equivalente por dia no mês passado, mostraram os dados. Só a produção bruta aumentou 18,6% numa base anual, para 3,51 milhões de barris por dia (bpd). 

A produção de petróleo e gás no mês de julho atingiu o nível mais alto de todos os tempos em um único mês, segundo dados recentes.

Fonte: Rússia Today

A produção de gás natural aumentou 13,6%, para 154,08 milhões de metros cúbicos por dia, acrescentou o regulador. As empresas petrolíferas privadas aumentarão a produção de petróleo bruto do Brasil em até 75%, de 1,221 milhão de bpd este ano para 2,123 milhões de bpd até 2030, previu anteriormente o grupo de pesquisa e consultoria Wood Mackenzie.     

Espera-se que grandes empresas petrolíferas internacionais como Shell, Equinor, TotalEnergies, Repsol Sinopec Brasil SA e Petrogal estejam entre os principais produtores devido às suas parcerias com a estatal Petrobras em campos do pré-sal, de acordo com Wood Mackenzie.   

Explorada pela primeira vez em 2006 pela Petrobras, a região do Pré-Sal brasileiro é uma reserva offshore rica em petróleo, presa abaixo de uma camada de sal de 2.000 m de espessura. Atraiu investimentos significativos de grandes empresas petrolíferas nos últimos anos.     

A Petrobras deverá aumentar a produção em um ritmo acelerado, o que significa que a produção deverá saltar 61%, dos atuais 2,15 milhões de bpd para 3,46 milhões de bpd até o final da década.     

No ano passado, a gigante brasileira de petróleo e gás anunciou que aumentaria seu investimento para 2023-2027 em cerca de 15%, para US$ 78 bilhões. A empresa planeja gastar US$ 64 bilhões desse valor em atividades de exploração e produção.

No Brasil, o conjunto de campos petrolíferos do Pré-Sal situa-se a profundidades que variam de 1.000 a 2.000 metros de lâmina d’água e entre 4.000 e 6.000 metros de profundidade no subsolo abaixo do leito oceânico. A profundidade total, ou seja, a distância entre a superfície do mar e os reservatórios de petróleo abaixo da camada de sal, pode chegar a 8.000 metros.

O estrato do Pré-Sal ocupa uma faixa de aproximadamente 800 quilômetros de comprimento, ao longo do litoral brasileiro. A área, que tem recebido destaque desde a sua descoberta pela Petrobras em 2006, encontra-se no subsolo oceânico e estende-se do norte da Bacia de Campos ao sul da Bacia de Santos e desde o Alto de Vitória (Espírito Santo) até o Alto de Florianópolis (Santa Catarina).

Estima-se que nesta faixa litorânea estejam guardados cerca de 80 bilhões de barris de petróleo e gás, o que deixaria o Brasil na privilegiada posição de sexto maior detentor de reservas de petróleo e gás no mundo – atrás de Arábia SauditaIrãIraqueKuwait e Emirados Árabes Unidos.


Estamos executando o nosso blog com as doações de nossos leitores. Como a receita de anúncios foi  “cancelada” há bastante tempo, agora você não é apenas um leitor, mas uma parte integrante do processo que constrói este site. Obrigado pelo seu apoio, ele é muito importante. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (CEF)”.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.328 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth