browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Governo alemão previu cenário semelhante a pandemia do Covid-19 ainda em 2012 !

Posted by on 08/04/2020

Há oito anos, governo alemão previu cenário semelhante ao da covid-19: Relatório de 2012 sobre fictícia pandemia de coronavírus publicado pelo Parlamento alemão chama a atenção da opinião pública. Documento analisou efeitos de vírus que surgiu  [coincidentemente] em mercado na Ásia e transmitido por gotículas.  O relatório alemão engloba duas análises de risco para dois cenários hipotéticos: “Inundação extrema provocada pelo derretimento de neve das montanhas baixas” e uma “Pandemia causada pelo vírus [fictício] Modi-Sars”. 

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Há oito anos, governo alemão previu cenário semelhante ao da pandemia do Covid-19

Fonte:  https://p.dw.com/p/3aavv

Publicado em janeiro de 2013 pelo Bundestag (Parlamento alemão), o “Relatório sobre Análise de Risco na Defesa Civil 2012” está sendo motivo de burburinho nas redes sociais da Alemanha, gerando até teorias da conspiração de que o governo em Berlim já sabia há muito da atual pandemia do coronavírus Covid-19.

O relatório engloba duas análises de risco para dois cenários hipotéticos: “Inundação extrema provocada pelo derretimento de neve das montanhas baixas” e “Pandemia causada pelo [fictício] vírus Modi-Sars”. As análises de risco servem para dar uma visão geral sobre quais eventos podem ocorrer e com que probabilidade, como também sobre a dimensão dos danos esperados no caso dos cenários fictícios.

No cenário fictício de 2012, taxa de mortalidade do coronavírus era muito maior que da atual pandemia. Na foto funcionários de hospital em Nova York transportam corpos de vítimas da covid-19

Na análise de risco “Pandemia causada pelo vírus Modi-Sars”, o Instituto Robert Koch (RKI), agência do governo federal alemão responsável pelo controle e prevenção de doenças e pandemias, e outras autoridades desenvolveram uma análise teórica baseada em surtos anteriores.

Como o Sars-Cov-2, causador da doença respiratória Covid-19, o hipotético vírus Modi-Sars é um coronavírus. Segundo o relatório, a justificativa para “a escolha de um vírus do tipo Sars ocorreu, entre outros, no contexto de que a variante de 2003 levou vários sistemas de saúde de rapidamente aos seus limites”.

Em 2002/2003, a disseminação da doença respiratória Sars fez com que mais de 8 mil pessoas adoecessem e quase 800 morressem em 25 países. Partindo desse fato, o relatório do governo alemão previu cenários fictícios, cuja semelhança com a atual pandemia está chamando atenção da opinião pública do país.

No relatório, os pesquisadores do Instituto Robert Koch imaginaram um cenário em que um coronavírus se espalha de um animal silvestre para o homem, “num mercado no Sudeste Asiático”, disseminando-se então para o resto do mundo.

O fictício vírus Modi-Sars é transmitido através de gotículas, podendo sobreviver alguns dias sobre superfícies. Os doentes apresentam tosse seca e febre. Um infectado pode transmitir o vírus para cerca de três outras pessoas. E, a princípio, não existem medicamentos ou vacinas contra o patógeno.

Na Alemanha, esse fictício vírus teria chegado por meio de várias pessoas, escreve a análise de risco de 2013, entre elas, um estudante universitário do sul do país que havia feito um semestre de intercâmbio na Ásia e um convidado de uma feira numa metrópole no norte da Alemanha.

No pico da primeira onda da doença, após cerca de 300 dias, por volta de 6 milhões de pessoas teriam sido infectadas pelo Modi-Sars no país, supõe o relatório, apontando que “cerca de 10% dos doentes morrem”.

Silêncio na capital da Alemanha: Desde domingo, quando a chanceler federal Angela Merkel anunciou mais restrições à circulação de pessoas na Alemanha, as ruas de Berlim e outras cidades alemãs estão mais vazias. O plano de nove pontos anunciado pelo governo proíbe encontros públicos de mais de duas pessoas, a não ser familiares. Todos devem manter uma distância de 1,5 metro dos outros e ir para a rua somente se necessário.

A análise também prevê que, no caso de nenhuma medida de proteção civil ser tomada, o número de infectados deva aumentar para 19 milhões de pessoas na primeira onda da doença, com cada uma infectando outras três, em vez de 1,6 indivíduo numa situação de contra medidas oficiais no setor de saúde, que incluem “isolamento e quarentena”, escreve o relatório.

A atual pandemia do Covid-19, no entanto, difere significativamente do cenário de 2012. Na atual crise do coronavírus, muito menos pessoas morrem dos que os supostos 10% do surto do fictício Modi-Sars. Embora a taxa de mortalidade ainda não seja clara, supõe-se que menos de 1% das pessoas infectadas pela atual pandemia morram em decorrência da infecção pelo Covid-19.

No cenário hipotético do Instituto Robert Koch de 2012, uma vacina só é encontrada três anos depois da eclosão da pandemia, ou seja, bem depois do que o previsto para o atual coronavírus: especialistas calculam que um agente imunizador contra o Covid-19 poderá estar disponível já no meio ou fim do próximo ano.

Os bávaros devem ficar em casa: Na Baviera, estado mais ao sul da Alemanha, as pessoas estão proibidas de sair às ruas para evitar a propagação do novo coronavírus. Sob as medidas que estarão em vigor por pelo menos duas semanas, as pessoas não podem se reunir no exterior em grupos e os restaurantes e bares foram fechados. As ruas de Munique ficaram vazias.

Independentemente da análise de risco hipotética de 2012, surge a questão em retrospecto se as autoridades alemãs subestimaram por muito tempo o novo coronavírus, diz reportagem da revista alemã Der Spiegel publicada nesta terça-feira (07/04). “Porque, o mais tardar desde o surto de Sars, em 2002, e na verdade ainda mais cedo devido ao vírus HIV, conhece-se o potencial de patógenos que podem passar de animais para humanos.” [CA/dpa/ots]

Estamos vendo o uso do surto global do coronavírus COVID-19 [fabricado em laboratório]  sendo usado em todo o mundo para colapsar mercados e criar instabilidade financeira maciça. George Soros entrou em colapso de todo o sistema financeiro britânico sozinho, com certeza ficou quieto ultimamente, eu me pergunto o que ele tem feito nisso tudo. 

Aqui na América, acredito que a mídia MSM Pre$$titute e os democratas que eles amam tanto estão trabalhando incansavelmente o tempo todo para armar o COVID-19 para impedir a releição de Trump em novembro. Há anos que estamos avisando que esse dia chegará, já chegou? Fique ligado pois os próximos dias serão eletrizantes.


Você quer mesmo saber como esse coronavírus “surgiu na China” e se espalhou pelo mundo em pouco tempo? Ao pesquisar os arquivos de registros de patentes nos EUA on-line, foi descoberto o registro de uma patente de Coronavírus concedida para o C.D.C. –  Centers for Disease Control and Prevention [se trata do principal instituto nacional de saúde pública dos EUA. O C.D.C. é uma agência federal dos EUA sob o United States Department of Health & Human Services (HHS)]que tem sua sede em Atlanta, Geórgia. Assim emerge um fato indiscutível, o de que o “DONO” DESSE VÍRUS MORTAL E SEU CRIADOR é o PRÓPRIO C.D.C. (Centro de Controle e Prevenção de Doenças)

O coronavírus do surto atual não teve origem na China, mas FOI IMPLANTADO neste país asiático com a clara intenção de causar o maior dano possível aos chineses. A consequência natural, quando  [se já não descobriu] a China perceber que a eclosão do surto pode ter sido um ataque de BIOWEAPON ao seu território e contra seu povo, qual será o tipo de resposta a ser dada pela China aos [ir]responsáveis pela contaminação. Começamos a ano de 2020 com muitos que operam nas sombras desejando aumentar o caos no planeta.

PATENTE de criação de um CORONAVÍRUS fornecida ao CDC (Centers for Disease Control and Prevention)  US7220852B1 –SOBRE A CRIAÇÃO DE CORONAVÍRUS [SARS] ….

Na patente acima, do registro de um CORONAVÍRUS [uma BIOWEAPON], você encontrará 72 páginas de conteúdo para poder julgar esse letal “surto repentino e desconhecido de coronavírus” na ChinaLeia a patente nesse link primeiro, faça o download e compartilhe este artigo amplamente antes que osAGENTES do DEEP STATE a excluam. Mantenha-se sábio, com discernimento e saudável!


“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.  Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá FOMES, PESTES e TERREMOTOS, em vários lugares. Mas todas estas coisas são [APENAS] o princípio de dores.

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarãoE surgirão muitos FALSOS PROFETAS, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo”.Mateus 24:6-13

 

 

 

One Response to Governo alemão previu cenário semelhante a pandemia do Covid-19 ainda em 2012 !

  1. Manuel

    Não admira,
    A Alemanha é governada pela filha mais querida de Adolfo Hitler, a Angela.
    Pode ser vista uma fotografia dela com o pai possivelmente na Argentina ou no rancho dele no Paraguai que agora pertence aos Bush, em:
    https://rayviolet2.blogspot.com/2020/04/colapso-do-sistema-global-e-prisoes-em.html
    O Adolfo era neto do barão Salomon Rothschild de Viena. A avó dele, de apelido Hitler foi abusada pelo barão quando trabalhava na mansão e a mulher do barão despediu-a quando notou que ela estava grávida, suspeitando do marido. Ela recebeu uma pensão, sem remetente, para criar e educar o pai do Adolfo.
    Tudo indica que os Rothschild são a cúpula da cabala que o Trump chama de “deep government” e que planeiam um Armagedom para eliminar 90% da população e escravizar o resto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.