Entre ou
Cadastre-se

Compartilhe
Receba nosso conteúdo

Mercenários da Group Wagner PMC aceitam cessar rebelião contra forças armadas da Rússia para ‘Evitar um Banho de Sangue’

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Logo_grupo_wagner.png

Evgeny Prigozhin concordou em interromper sua marcha de Mercenários da Wagner Group PMC para Moscou e evitar “um banho de sangue”, disse o presidente bielorrusso. O presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, anunciou no sábado que conseguiu um acordo pelo qual o líder do Grupo Wagner, Evgeny Prigozhin, abandonará seu motim em troca de “garantias de segurança” para os seus combatentes.

Mercenários da Wagner Group PMC aceitam cessar rebelião contra forças armadas da Rússia para ‘Evitar um Banho de Sangue’

Fonte: Rússia TodayZero Hedge

Evgeny Prigozhin aceitou a proposta do presidente Alexander Lukashenko de parar o movimento de homens armados de Wagner na Rússia e tomar novas medidas para diminuir a tensão”, dizia  um comunicado do gabinete de Lukashenko.

Segundo o comunicado, Lukashenko e Prigozhin conversaram “o dia inteiro” e “chegaram a um acordo sobre a inadmissibilidade de desencadear um banho de sangue no território da Rússia”.

O gabinete de Lukashenko disse que as negociações foram realizadas em coordenação com o presidente russo, Vladimir Putin, acrescentando que Prigozhin recebeu “uma opção vantajosa e aceitável de resolver a situação, com garantias de segurança para os combatentes mercenários da Wagner Group PMC”.

A notícia chegou quando um comboio de Wagner seguia rumo à Moscou, várias horas depois que membros do grupo militar privado passaram pela cidade de Rostov-on-Don, no sul. Em uma série de declarações em vídeo divulgadas desde sexta-feira, Prigozhin declarou que estava avançando sobre Moscou para confrontar oficiais militares russos que considerava corruptos.

Prigozhin não obteve apoio do establishment russo. Em vez disso, Putin acusou o chefe de Wagner de “esfaquear nosso país e nosso povo pelas costas”, enquanto o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) abriu uma investigação criminal contra Prigozhin por “convocar uma rebelião armada”.

ESCRITÓRIO DO PRESIDENTE DA BIELORRÚSSIA DIZ QUE O LÍDER MERCENÁRIO RUSSO PRIGOZHIN CONCORDOU EM PARAR A MOVIMENTAÇÃO DOS COMBATENTES DA WAGNER PELA RÚSSIA. BIELORÚSSIA DIZ QUE PRIGOZHIN CONCORDOU EM DESESCALAR A SITUAÇÃO (Prigozhin já negou isso)

Figuras políticas e militares russas importantes denunciaram o motim de Prigozhin e conclamaram os combatentes de Wagner a deporem as armas.

Pouco depois do anúncio de Lukashenko, Prigozhin confirmou que suas tropas estavam abandonando o avanço para Moscou e voltando para seus acampamentos.

manchete emergente da mídia estatal russa:  Prigozhin concorda em interromper o PMC Wagner March e iniciar a desescalada após a mediação de Lukashenko …

O presidente bielorrusso conversou hoje com Prigozhin. Lukashenko diz que Prigozhin concordou em “interromper o movimento de pessoas armadas no território da Rússia e tomar novas medidas para desescalar ” .

Prigozhin teria aceitado a proposta de Lukashenka para parar o movimento de PMC Wagner, de acordo com a mídia estatal russa TASS. A Reuters também está relatando as declarações apoiadas pelo Kremlin.  Acabamos de testemunhar uma tentativa de golpe de 22 horas? Tudo acabado agora?

Lavrov: Rússia mantém controle sobre armas nucleares táticas na Bielo-Rússia – TASS

De acordo com a reportagem da RT:

O presidente da Bielo-Rússia, Alexander Lukashenko, anunciou no sábado que conseguiu um acordo pelo qual o líder do Grupo Wagner, Evgeny Prigozhin, abandonará seu motim em troca de  “garantias de segurança”  para seus combatentes.

“Evgeny Prigozhin aceitou a proposta do presidente Alexander Lukashenko de parar o movimento de homens armados de Wagner na Rússia e tomar novas medidas para diminuir a tensão”, dizia  um comunicado do gabinete de Lukashenko.

Prigozhin receberá um porto seguro após a acusação de traição?

Quanto ao acordo de cessar-fogo relacionado à Bielo-Rússia, não houve confirmação inicial do Wagner Telegram ou dos canais de mídia sobre um “acordo fechado” . Há relatos conflitantes de que as negociações de paz podem não ter sucesso. 

Mas a Reuters está relatando, Prigozhin em mensagem de áudio declarou: “Para evitar derramamento de sangue, estamos retornando nossos comboios às bases“.


“Precisamos URGENTEMENTE do seu apoio para continuar nosso trabalho baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado [Deep State] Profundo, et caterva, que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Considere apoiar o nosso trabalho. Disponibilizamos o mecanismo Pay Pal, nossa conta na Caixa Econômica Federal  AGENCIA: 1803 – CONTA: 000780744759-2, Operação 1288, pelo PIX-CPF 211.365.990-53 (Caixa)”. para remessas do exterior via IBAN código: BR23 0036 0305 0180 3780 7447 592P 1


Você não é deste mundo. Você não é este corpo que habita. Você não é essas emoções, esses pensamentos, esse EGO com o qual se identifica. Você nem mesmo é sua vida ou a morte. Quando você é capaz de se distanciar dessas coisas, então o verdadeiro você, o você gnóstico, entra no foco de sua cognição. Mais puro que o éter, mais radiante que o sol, mais puro que a neve acumulada, cheio de vida e retirado do contexto da morte, este é o eu que você é. Para ajudá-lo a saber disso, Krishna, Buddha, Jesus e todos os outros grandes Mensageiros da Luz vieram a este mundo, fazendo o sacrifício de vir da plenitude para o caos para trazer isso [esse CONHECIMENTO] a você. Você deve saber disso, e deve fazer isso, porque sem ele você não está realmente vivo, não está realmente consciente, mas com ele, você é todas as coisas, você tem todas as coisas, e o Tudo se tornou você. Esta é a mensagem da GNOSE!  Richard, Duc de Palatine (1916–1977)


Saiba mais, leitura adicional:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *