Zelensky Mente sobre uma ‘Nova Contra-Ofensiva, desesperado para receber mais ajuda

[O ator palhaço judeu khazar] Zelensky disse à imprensa alemã numa entrevista no início desta semana que a Ucrânia está planejando outra contra-ofensiva  contra a Rússia, razão pela qual exige licenças de produção dos seus parceiros, a fim de construir a sua capacidade militar-industrial doméstica antes desse evento. Ele também instou os EUA a quebrar o impasse do Congresso sobre a ajuda à Ucrânia, a fim de ajudar o seu país a preparar-se para esta próxima campanha.

Zelensky Mente sobre uma ‘Nova Contra-Ofensiva, desesperado para receber mais ajuda

Fonte: Andrew Korybko via Substack

No entanto, nenhuma contraofensiva está realmente sendo planejada, uma vez que a Ucrânia carece completamente de mão-de-obra [soldados] e armas e esta praticamente com a infraestrutura do pais em frangalhos, destruída por mísseis da Rússia.

A Ucrânia não pode, de forma realista, reduzir o enorme fosso entre ela e a Rússia, que só se alargou desde o fracasso dramático da contra-ofensiva do Verão passado. A Rússia já venceu de longe a “corrida da logística ”/“ guerra de atrito” com a OTAN, o que ocorreu a muitos no Ocidente nos últimos nove meses, daí o interesse renovado entre alguns desse bloco em congelar o conflito.

No entanto, os ‘decisores políticos’ [políticos marionetes] ainda querem perpetuar a guerra por procuração entre a OTAN/G-7 e a Rússia, razão pela qual as conversações de paz ainda não foram retomadas.

Essa abordagem de guerra sem fim é cada vez mais impopular entre as massas europeias, que se tornaram cansadas e frustradas com este conflito, especialmente depois da fracassada contra-ofensiva do Verão passado ter exposto a falácia das suas esperanças de infligir uma derrota estratégica à Rússia.

Este é particularmente o caso dos próprios ucranianos, muitos dos quais conhecem alguém que foi morto ou mutilado num dos moedores de carne no leste. Se não forem abordadas, estas tendências da opinião pública poderão complicar enormemente os planos dos decisores [políticos marionetes] políticos para perpetuar o conflito.

É aí que reside o significado da mentira do ator palhaço judeu khazar Zelensky sobre uma contra-ofensiva que se aproxima, que visa promover vários objetivos, antes de mais nada, enganando o seu próprio povo, fazendo-o pensar que o seu regime tem um plano para acabar com o conflito nos seus termos [e oportunamente roubar mais alguns milhões doados pelos idiotas do ocidente].

É pouco provável que os psicopatas dos EUA/OTAN/G-7 caiam mais nessa, depois de verem com os seus próprios olhos e ouvirem de fontes confiáveis ​​como tudo está correndo mal para a Ucrânia. Mesmo assim, o ator palhaço judeu khazar Zelensky está tão fora de contato com o seu próprio povo que ainda pensa que pode enganá-los sobre isto.

O segundo objetivo é enganar o público estrangeiro, a fim de ajudar a aliviar alguma pressão sobre os decisores [políticos marionetes] políticos dos seus patronos ocidentais, cujo povo exige hoje que os seus políticos corruptos elaborem um plano de saída para libertar os seus países daquilo que eles passaram a acreditar ser um impasse. Eles consideram Zelensky muito ingrato por toda a assistência que até agora recebeu às custas dos contribuintes ocidentais e não conseguem imaginar que ceder algum novo armamento possa fazer uma diferença militar-estratégica neste momento.

Estes dois objetivos de gestão de percepção levam ao terceiro, relativo à necessidade desesperada de Zelensky de receber tanta ajuda quanto possível, o mais rapidamente possível, enganando toda a gente sobre os planos do seu lado antes que a Rússia consiga um avanço militar definitivo através das linhas da frente.

O  Comité de Inteligência Ucraniano  alertou no final de Fevereiro que isto poderia acontecer já no próximo Verão, iniciando em junho, o que também previu que poderia coincidir com protestos a nível nacional que poriam fim ao “governo” do ator palhaço judeu khazar Zelensky.

Não há nenhuma chance de que a Ucrânia consiga reunir os homens e as armas necessárias para levar a cabo outra contra-ofensiva antes disso, muito menos depois que a suposta ofensiva da Rússia termine (isto é, se o seu regime não for derrubado até lá), mas há uma chance de que possa sobreviver ao ataque. A única maneira de melhorar as suas probabilidades é enganar os ucranianos com falsas esperanças sobre uma contra-ofensiva iminente, para que não protestem enquanto enganam os estrangeiros para que apoiem mais ajuda.

Por outras palavras, a sobrevivência do regime de Zelensky está em risco pela primeira vez desde o gesto de “boa vontade” da Rússia de retirar as suas forças de Kiev durante as conversações de paz da Primavera de 2022, o que fez com base na crença ingênua de que isso era necessário para  selar o acordo  para encerrar rapidamente a operação especial.

O ator palhaço judeu khazar Zelensky está assustado, mas não consegue demonstrar isso, esta paralisado pelo pânico e, portanto, está aproveitando todas as suas “habilidades de atuação” para apresentar uma falsa aparência de confiança. 

Se as linhas da frente ucranianas, que estão sendo sistematicamente derrotadas e empurradas para à margem do rio Dnieper, não aguentarem e não houver mais ajuda disponível do ocidente, então ele [o ator palhaço judeu khazar] poderá ser “sacado” do poder até ao final do ano.


2 respostas

  1. Zelensky, que sacrificou a vida de tantos dos seus soldados, deve agora sacrificar a sua própria vida, morrendo como morrem os soldados. Zelensky deve tombar de fuzil na mão no campo de batalha, lutando contra o inimigo russo e pela sua honra de homem, soldado e patriota. Eis como ele pode sair da vida para entrar na história, gloriosamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba nosso conteúdo

Junte-se a 4.326 outros assinantes

compartilhe

Últimas Publicações

Indicações Thoth